Empresas devem estar bem preparadas e com políticas definidas para enfrentar o maior volume de trocas de mercadorias neste final de ano

Os dois últimos meses do ano, por serem o período de maior volume de vendas nos comércios tradicional e eletrônico por conta da Black Friday e do Natal, tornam-se uma boa oportunidade para a aproximação entre o cliente e o lojista a fim de promover a fidelização. Este também é o período onde ocorre o maior volume de trocas de produtos. Neste sentido, os empresários devem desmistificar a ideia de que as políticas de troca e retorno são um entrave para o crescimento do seu negócio. Pelo contrário, mais do que cumprir as leis, as trocas abrem possibilidades de novas vendas, fortalecem a imagem de marca responsável, confiável e segura, melhorando o posicionamento frente à concorrência.

No caso específico do comércio eletrônico, com os consumidores cada vez mais exigentes, que buscam serviços de qualidade e prazos curtos, a agilidade e a eficiência nas entregas é hoje um dos maiores desafios. Por isso, para oferecer segurança aos clientes, é fundamental ter uma política de trocas e retornos bem definida, levando em consideração os três tipos de problemas mais comuns no que diz respeito às trocas, que se dão em primeiro lugar pela insatisfação do consumidor com o produto; em segundo lugar por defeito da mercadoria e em terceiro lugar pelo arrependimento da compra.

Continue lendo “Empresas devem estar bem preparadas e com políticas definidas para enfrentar o maior volume de trocas de mercadorias neste final de ano”

Como preparar a loja virtual para alavancar vendas no Natal

O Natal é uma das datas que mais movimentam o comércio eletrônico. Segundo estimativas da ABComm, a data deverá movimentar, este ano, cerca de R$8,4 bilhões – crescimento de 12% em relação ao mesmo período do ano anterior. De acordo com Breno Nogueira, Head da Loja Integrada (www.lojaintegrada.com.br), plataforma para criação de lojas virtuais mais popular do país com mais de 500 mil lojas criadas, a data é uma ótima oportunidade para aumentar o volume de vendas, assim como fidelizar clientes.

“Para pequenos e médios lojistas, oferecer condições especiais e produtos exclusivos são exemplos de ações que podem chamar a atenção dos consumidores”, explica. O especialista listou cinco passos para preparar as lojas virtuais para vender mais na data.

Continue lendo “Como preparar a loja virtual para alavancar vendas no Natal”

Como evitar dívidas com as compras de Natal

O final do ano é uma época muito esperada: férias, décimo terceiro, festas, reencontros com familiares distantes, mas é preciso ficar atento para que o orçamento não estoure e que janeiro não venha repleto de dores de cabeça. Segundo o especialista em gestão de risco e blindagem de ativos, Tiago Melo, presidente da MDRT no Brasil, é fundamental ter um planejamento para os gastos desta época e não abusar de crediário e cartão de crédito.

Confira algumas dicas:

1) Anote tudo: o primeiro passo é listar ganhos e despesas do período. Além de gastos recorrentes, como água, luz, impostos, é preciso deixar uma reserva para a matrícula escolas, uniformes e material.

2) Economia no dia a dia: tente economizar em coisas corriqueiras do dia a dia, como levar seu almoço para o trabalho, reduzir o uso do automóvel particular, dando preferência às alternativas oferecidas em aplicativos ou o transporte público.

Continue lendo “Como evitar dívidas com as compras de Natal”

Empréstimo pessoal é a principal modalidade contratada via web

Para 69% dos entrevistados em uma pesquisa inédita da Boa Vista SCPC, feita com mais de 1.100 pessoas em todo o Brasil, o empréstimo pessoal é a principal modalidade contratada via aplicativos de bancos, financeiras e fintechs. Em segundo lugar ficou o consignado em folha de pagamento (14%), seguido do consignado dos servidores públicos (5%), financiamento de automóveis (5%), consignado atrelado ao INSS (3%), financiamento de imóvel/terreno e estudantil (2% cada) e empréstimo com garantia de veículo (1%).

Com a intenção de conhecer como os brasileiros se relacionam com as instituições financeiras e com as fintechs – empresas que oferecem serviços financeiros aliados à inovação e à tecnologia pela Internet –, a pesquisa também identificou os motivos que levam a contratação de determinados produtos pela Internet. Para 42%, pela conveniência de se fazer tudo online. Para 25%, por ser muito mais rápido. Para 13% por não precisar pedir diretamente ao gerente. Para 9% pela transparência (sabe o que irá pagar). Para 7% por apresentarem taxas menores e para 4% por evitar filas.

Continue lendo “Empréstimo pessoal é a principal modalidade contratada via web”

Criptomoeda já compra imóveis do Minha Casa Minha Vida

As criptomoedas já podem comprar imóveis populares do programa Minha Casa Minha Vida. A Valor Real Empreendimentos Imobiliários, incorporadora e construtora localizada em São José dos Pinhais (Região Metropolitana de Curitiba), está aceitando o pagamento de suas unidades em moedas digitais.

“As pessoas estão investindo nos ativos digitais e, por isso, o mercado está mudando. As empresas passaram a considerar pagamentos em bitcoins e outras moedas desse tipo, como o ethereum. O mercado imobiliário não fica fora dessa novidade, em linha com a tendência que já predomina em países como o Japão, onde o governo regulamentou e oficializou o uso desses ativos como meio de pagamento”, comenta Antonio Lage, sócio-diretor da Valor Real.

Continue lendo “Criptomoeda já compra imóveis do Minha Casa Minha Vida”