Bancos oferecem crédito para pagar impostos

Ao se dirigir para um caixa eletrônico, ou mesmo acessando a internet para pagar os tradicionais impostos de início de ano como IPTU e IPVA, o consumidor tem como opção pagar á  vista, parcelar ou mesmo financiar a fatura, com linhas de crédito pré-aprovadas, com taxas que variam entre 2% e 5% ao mês, dependendo do banco. Também o material escolar poderá ser parcelado nas papelarias no cartões com  a mesma taxa de juros válida para o crédito pessoal.

O Banco do Brasil, por exemplo, oferece a linha BB Crediário, para pagamento de impostos e aquisição de serviços, com juros de 2,32% ao mês, que podem ser dividido entre duas e 48 parcelas, com limite entre R$ 70 e R$ 20 mil. A novidade para este ano é o financiamento dos boletos direto nos caixas eletrônicos, com menos burocracia.
 O consumidor deve estar consciente que pagar juros não é o melhor negócio. Portanto, antes de adquirir o financiamento, o consumidor deve pesquisar e ficar atento á  taxa cobrada para liberação do crédito, que costuma surpreender. Também é fundamental fazer contas, inclusive para saber o que as taxas cobradas representam no valor de cada parcela.

Sem categoria

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *