You are here
Home > Tecnologia > Sistemas corporativos sempre atualizados são fundamentais contra os ataques virtuais

Sistemas corporativos sempre atualizados são fundamentais contra os ataques virtuais

ataques virtuaisUm dos maiores erros das empresas é demorar para atualizar suas aplicações de software na rede corporativa. Quase 30% das empresas em todo o mundo tiveram prejuízos financeiros nos últimos anos devido a ataques cibernéticos. Um dos motivos para isso é que as falhas de segurança de software são frequentemente subestimadas e usadas como gateways para ataques cibernéticos ou espionagem industrial. Boa parte das empresas levam muito tempo para atualizar seus sistemas e isso é usado pelos criminosos como porta de entrada de seus ataques.

Visando oferecer uma solução para as empresas para este problema, a G Data, fornecedora de soluções de segurança e representada no Brasil pela FirstSecurity, criou o G Data PatchManagement, solução que oferece aos administradores de rede uma ferramenta de controle e atualização em patch de todas as aplicações e sistemas existentes na rede corporativa, possibilitando que todos os recursos de software estejam em condições de evitar qualquer possibilidade de ataque externo. A aplicação integra a suíte G Data Managed Endpoint  Security, que tem foco na proteção de empresas de pequeno e médio porte.

A recente remodelação do G Data PatchManagement aumentou esta capacidade da ferramenta e os departamentos de TI podem ter uma visão permanentemente sobre o status das atualizações de cada aplicação em todas as estações clientes e servidores. “Para isso, a ferramenta também teve seu painel de controle melhorado, o que contribui para reduzir o tempo de acompanhamento das aplicações e garantir que toda a rede esteja atualizada, o que torna possível reduzir os custos e o tempo gasto na administração”, comenta Emanoel Souza, diretor da FirstSecurity, distribuidora da G Data.

O mais recente relatório da G Data revela que a cada 8.6 segundos um novo vírus de computador é identificado em todo o mundo e destaca os 25 principais alvos dos ataques dos criminosos cibernéticos, entre eles o principal é roubo de dados financeiros dos usuários. Uma das principais causas das fragilidades é a desatualização dos sistemas, tanto por parte dos usuários domésticos, como das empresas.
“Os cyber criminosos são especialistas em explorar as falhas de segurança das empresas. Por isso é necessário garantir que todas as aplicações de negócios da rede corporativa estejam sempre atualizadas. O G Data PatchManagement é uma importante ferramenta para esta tarefa”, destaca o executivo.

Entre as principais funcionalidades do G Data PatchManagement estão a capacidade de atualização rápida das aplicações, definição de prioridades de update, inventário de software para gestão da segurança, integração com as demais soluções G Data, inúmeras opções de configuração e compatibilidade com mais de 15 mil atualizações conhecidas.

Mirian Gasparin
Mirian Gasparin, natural de Curitiba, é formada em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo pela Universidade Federal do Paraná e pós-graduada em Finanças Corporativas pela Universidade Federal do Paraná. Profissional com experiência de 44 anos na área de jornalismo, sendo 42 somente na área econômica, com trabalhos pela Rádio Cultura de Curitiba, Jornal Indústria & Comércio e Jornal Gazeta do Povo. Também foi assessora de imprensa das Secretarias de Estado da Fazenda, da Indústria, Comércio e Desenvolvimento Econômico e da Comunicação Social. Desde abril de 2006 é colunista de Negócios da Rádio BandNews Curitiba e escreveu para a revista Soluções do Sebrae/PR. Também é professora titular nos cursos de Jornalismo e Ciências Contábeis da Universidade Tuiuti do Paraná. Ministra cursos para empresários e executivos de empresas paranaenses, de São Paulo e Rio de Janeiro sobre Comunicação e Língua Portuguesa e faz palestras sobre Investimentos. Em julho de 2007 veio um novo desafio profissional, com o blog de Economia no Portal Jornale. Em abril de 2013 passou a ter um blog de Economia no portal Jornal e Notícias. E a partir de maio de 2014, quando completou 40 anos de jornalismo, lançou seu blog independente. Nestes 11 anos de blog, mais de 20 mil matérias foram postadas. Ao longo de sua carreira recebeu 18 prêmios, com destaque para Prêmio Fecomércio de Jornalismo (1º lugar Internet em 2017 e 2016);Prêmio Sistema Fiep de Jornalismo (1º lugar Internet – 2014 e 3º lugar Internet – 2015); Melhor Jornalista de Economia do Paraná concedido pelo Conselho Regional de Economia do Paraná (agosto de 2010); Prêmio Associação Comercial do Paraná de Jornalismo de Economia (outubro de 2010), Destaque do Jornalismo Econômico do Paraná -Shopping Novo Batel (março de 2011). Em dezembro de 2009 ganhou o prêmio Destaque em Radiodifusão nos Melhores do Ano do jornal Diário Popular. Demais prêmios: Prêmio Ceag de Jornalismo, Centro de Apoio à Pequena e Média Empresa do Paraná, atual Sebrae (1987), Prêmio Cidade de Curitiba na categoria Jornalismo Econômico da Câmara Municipal de Curitiba (1990), Prêmio Qualidade Paraná, da International, Exporters Services (1991), Prêmio Abril de Jornalismo, Editora Abril (1992), Prêmio destaque de Jornalismo Econômico, Fiat Allis (1993), Prêmio Mercosul e o Paraná, Federação das Indústrias do Estado do Paraná (1995), As mulheres pioneiras no jornalismo do Paraná, Conselho Estadual da Mulher do Paraná (1996), Mulher de Destaque, Câmara Municipal de Curitiba (1999), Reconhecimento profissional, Sindicato dos Engenheiros do Estado do Paraná (2005), Reconhecimento profissional, Rotary Club de Curitiba Gralha Azul (2005). Faz parte da publicação “Jornalistas Brasileiros – Quem é quem no Jornalismo de Economia”, livro organizado por Eduardo Ribeiro e Engel Paschoal que traz os maiores nomes do Jornalismo Econômico brasileiro.
http://www.miriangasparin.com.br

Deixe uma resposta

Top