Na crise, o negócio é treinar

Treinamento de pessoal é uma das estratégias usadas por boa parte das empresas brasileiras para enfrentar a atual crise econômica e o impacto dela no consumo. Pesquisa realizada em julho pela Associação Brasileira da Indústria, Equipamentos e Serviços para o Varejo (Abiesv), com 386 grandes varejistas, revelou que 43% das empresas estão investindo em gestão para compensar as quedas nas vendas. Desse universo, 27,7% estão investindo na melhoria de processos internos e 12,3% em treinamento de pessoal.

Segundo Vânia Batista, diretora da Gemba Training, maior escola de Lean & Six Sigma do Brasil, com sede em Curitiba, os profissionais estão procurando formação que os ajudem a reduzir os custos das empresas. “No cenário atual de demissões, as empresas estão retendo os colaboradores que tenham conhecimentos teóricos e saibam aplicar conceitos de produtividade, gestão e controle de projetos e redução de custos. Nesse contexto, os cursos de Lean & SixSigma estão sendo os mais procurados”, afirma.

Além desses, as empresas estão investindo em cursos que agregam novos conhecimentos e gerem novas receitas. Nessa linha, os cursos mais procurados na Gemba têm sido os de Planejamento Estratégico e Gestão de Indicadores, Indicadores de Qualidade e Produtividade, Balanced Scorecard e Networking como Ferramenta de Negócios. “O importante é que, de fato, estamos registrando esse movimento das empresas, que estão aproveitando esse período de queda na produção para transformar o tempo ocioso da equipe em formação e treinamento. Com certeza, essas empresas estarão melhores preparadas para a retomada do crescimento”, destaca Vânia, que é especializada em Educação Corporativa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *