You are here
Home > Sem categoria > Em tempos de crise é fundamental que os empresários analisem mais a fundo como anda o seu negócio

Em tempos de crise é fundamental que os empresários analisem mais a fundo como anda o seu negócio

negócios - análiseCom o corre-corre do dia a dia, muitos empresários não têm encontrado tempo para analisar mais a fundo o seu negócio e identificar o que é preciso melhorar. E aí vem a dúvida: o que realmente é preciso acompanhar? Ou como avaliar e medir o desempenho da empresa para que ela continue rentável e crescendo?

Não existe uma fórmula mágica para gerenciar uma empresa, pois cada negócio tem as suas diferenciações. Apesar das diferenças, existem algumas características que são comuns à maioria das empresas e que são de vital importância para avaliar sua saúde e garantir a sua continuidade no mercado. Neste sentido é fundamental definir alguns indicadores, como a lucratividade e a margem de lucro. No caso da  lucratividade ideal, ela depende de diversos fatores, entre eles o retorno desejado pelos sócios, o setor que atua e quanto o mercado está disposto a pagar. Por exemplo, a média de lucratividade esperada do comércio gira em torno de 4%. Já no setor de serviços pode chegar a 20%. Estes porcentuais são apenas parâmetros gerais, cada negócio deve ser avaliado individualmente. O que o empresário deve dar mais atenção é  para a diferença entre o lucro e a disponibilidade de caixa. Ou seja, o que uma empresa tem no saldo de caixa no final do mês, na maioria das vezes, é muito diferente do lucro obtido.

Outro indicador importante é o crescimento do faturamento, comparando mês a mês com o do ano anterior. Uma empresa, para ser considerada estável, precisa crescer na mesma proporção da inflação acumulada no mesmo período. Já um aumento acima da média do setor onde atua, é um forte indicador de que o negócio conquistou espaço, pois teve um crescimento maior que a média da concorrência.

A satisfação dos clientes e dos colaboradores é outro indicador que deve ser medido periodicamente através de uma pesquisa curta e objetiva. Uma gestão baseada apenas na análise de números financeiros e organização interna não terá resultado nenhum se o cliente não estiver satisfeito. Já uma equipe de trabalho motivada garantirá qualidade nas vendas.

Por último, de nada adianta estar com a organização financeira em dia, com as vendas em alta se o índice de produtividade estiver baixo. Índices fora dos padrões significarão aumento de custos e, consequentemente, perda da margem de lucro.

mirian
Sobre a Mirian Gasparin Mirian Gasparin, natural de Curitiba, é formada em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo pela Universidade Federal do Paraná e pós-graduada em Finanças Corporativas pela Universidade Federal do Paraná. Profissional com experiência de 44 anos na área de jornalismo, sendo 42 somente na área econômica, com trabalhos pela Rádio Cultura de Curitiba, Jornal Indústria & Comércio e Jornal Gazeta do Povo. Também foi assessora de imprensa das Secretarias de Estado da Fazenda, da Indústria, Comércio e Desenvolvimento Econômico e da Comunicação Social. Desde abril de 2006 é colunista de Negócios da Rádio BandNews Curitiba e escreveu para a revista Soluções do Sebrae/PR. Também é professora titular nos cursos de Jornalismo e Ciências Contábeis da Universidade Tuiuti do Paraná. Ministra cursos para empresários e executivos de empresas paranaenses, de São Paulo e Rio de Janeiro sobre Comunicação e Língua Portuguesa e faz palestras sobre Investimentos. Em julho de 2007 veio um novo desafio profissional, com o blog de Economia no Portal Jornale. Em abril de 2013 passou a ter um blog de Economia no portal Jornal e Notícias. E a partir de maio de 2014, quando completou 40 anos de jornalismo, lançou seu blog independente. Nestes 11 anos de blog, mais de 20 mil matérias foram postadas. Ao longo de sua carreira recebeu 18 prêmios, com destaque para Prêmio Fecomércio de Jornalismo (1º lugar Internet em 2017 e 2016);Prêmio Sistema Fiep de Jornalismo (1º lugar Internet – 2014 e 3º lugar Internet – 2015); Melhor Jornalista de Economia do Paraná concedido pelo Conselho Regional de Economia do Paraná (agosto de 2010); Prêmio Associação Comercial do Paraná de Jornalismo de Economia (outubro de 2010), Destaque do Jornalismo Econômico do Paraná -Shopping Novo Batel (março de 2011). Em dezembro de 2009 ganhou o prêmio Destaque em Radiodifusão nos Melhores do Ano do jornal Diário Popular. Demais prêmios: Prêmio Ceag de Jornalismo, Centro de Apoio à Pequena e Média Empresa do Paraná, atual Sebrae (1987), Prêmio Cidade de Curitiba na categoria Jornalismo Econômico da Câmara Municipal de Curitiba (1990), Prêmio Qualidade Paraná, da International, Exporters Services (1991), Prêmio Abril de Jornalismo, Editora Abril (1992), Prêmio destaque de Jornalismo Econômico, Fiat Allis (1993), Prêmio Mercosul e o Paraná, Federação das Indústrias do Estado do Paraná (1995), As mulheres pioneiras no jornalismo do Paraná, Conselho Estadual da Mulher do Paraná (1996), Mulher de Destaque, Câmara Municipal de Curitiba (1999), Reconhecimento profissional, Sindicato dos Engenheiros do Estado do Paraná (2005), Reconhecimento profissional, Rotary Club de Curitiba Gralha Azul (2005). Faz parte da publicação “Jornalistas Brasileiros – Quem é quem no Jornalismo de Economia”, livro organizado por Eduardo Ribeiro e Engel Paschoal que traz os maiores nomes do Jornalismo Econômico brasileiro.
http://www.miriangasparin.com.br

Deixe uma resposta

Top