You are here
Home > Sem categoria > Avon Brasil sedia primeiro centro global de desenvolvimento de produtos da empresa na América Latina

Avon Brasil sedia primeiro centro global de desenvolvimento de produtos da empresa na América Latina

David Legher, presidente da Avon no Brasil.

A Avon inaugura nesta semana o Centro Global Avon de Desenvolvimento e Inovação – Brasil, com a missão de desenvolver fragrâncias e produtos para cabelo e cuidados diários para os mais de 50 mercados da empresa. Atuando como uma ramificação do principal centro, localizado em Sufernn, nos Estados Unidos, o novo polo de desenvolvimento de produtos conta inicialmente com 40 cientistas de diversas especialidades e prevê parcerias com universidades e centros de pesquisa locais.

Com isso, o Brasil passa a ser o primeiro país da América Latina a receber um centro de desenvolvimento de produtos da Avon. Além dele, a China conta com uma estrutura semelhante, desenvolvendo outras categorias de produtos. O novo centro está instalado no mesmo endereço em que funciona o escritório administrativo e a manufatura da empresa, no bairro de Interlagos, em São Paulo. “Somos o maior mercado da companhia, com a maior força de vendas e uma enorme influência na definição das características dos produtos”, comenta David Legher, presidente da Avon no Brasil. “Além disso, a empresa já teve várias mostras de nossa capacidade de atuação nesse campo, com o desenvolvimento local de sucessos como a linha Encanto de produtos de cuidados diários para o corpo”. David lembra, ainda, que desde 2013 a Avon Brasil conta com um programa formal de melhoria contínua e inovação, incentivando todos os funcionários a contribuírem.

O diretor do Centro Global Avon de Desenvolvimento e Inovação – Brasil, Cesar Tadashi, comanda inicialmente uma equipe de 45 pessoas, que deverá atuar em constante alinhamento com as diretrizes do Centro Global de Inovação em Suffern e interagindo constantemente com essa equipe. O modelo estabelecido pela Avon de hub de desenvolvimento possibilitará que os produtos feitos aqui sejam produzidos e comercializados em outros países de acordo com estratégias de comercialização locais.

Em palestra durante o 7º Congresso Brasileiro de Inovação da Indústria, Lisa Gallo, vice-presidente global de desenvolvimento de produtos e processos da Avon, enfatizou que ao longo de 130 anos de história, a marca sempre demonstrou ser atrelada à inovação e qualidade de seus produtos. “A Avon Brasil tem se destacado no cenário da inovação já há muitos anos, contando inclusive com um projeto formal nesse sentido. A inauguração de um novo Centro de Inovação só reforça, ainda mais, a importância do País para o crescimento da companhia”, salienta Lisa.

A escolha do Brasil como sede do novo centro aconteceu após uma profunda avaliação da liderança global da empresa. Para isso, foram confeccionados fartos relatórios com informações estratégicas sobre o potencial do Brasil e do estado de São Paulo, organizadas pela Investe São Paulo, agência de promoção de investimentos e exportações ligada à Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação do estado. “Unimos muitas forças para provar à empresa que instalar esse centro no Brasil era uma excelente ideia”, comenta Tadashi. “E essa escolha significa também oportunidade para muitos cientistas locais, que ao trabalharem conosco estarão criando produtos para consumidores de várias partes do mundo”.

mirian
Sobre a Mirian Gasparin Mirian Gasparin, natural de Curitiba, é formada em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo pela Universidade Federal do Paraná e pós-graduada em Finanças Corporativas pela Universidade Federal do Paraná. Profissional com experiência de 44 anos na área de jornalismo, sendo 42 somente na área econômica, com trabalhos pela Rádio Cultura de Curitiba, Jornal Indústria & Comércio e Jornal Gazeta do Povo. Também foi assessora de imprensa das Secretarias de Estado da Fazenda, da Indústria, Comércio e Desenvolvimento Econômico e da Comunicação Social. Desde abril de 2006 é colunista de Negócios da Rádio BandNews Curitiba e escreveu para a revista Soluções do Sebrae/PR. Também é professora titular nos cursos de Jornalismo e Ciências Contábeis da Universidade Tuiuti do Paraná. Ministra cursos para empresários e executivos de empresas paranaenses, de São Paulo e Rio de Janeiro sobre Comunicação e Língua Portuguesa e faz palestras sobre Investimentos. Em julho de 2007 veio um novo desafio profissional, com o blog de Economia no Portal Jornale. Em abril de 2013 passou a ter um blog de Economia no portal Jornal e Notícias. E a partir de maio de 2014, quando completou 40 anos de jornalismo, lançou seu blog independente. Nestes 11 anos de blog, mais de 20 mil matérias foram postadas. Ao longo de sua carreira recebeu 18 prêmios, com destaque para Prêmio Fecomércio de Jornalismo (1º lugar Internet em 2017 e 2016);Prêmio Sistema Fiep de Jornalismo (1º lugar Internet – 2014 e 3º lugar Internet – 2015); Melhor Jornalista de Economia do Paraná concedido pelo Conselho Regional de Economia do Paraná (agosto de 2010); Prêmio Associação Comercial do Paraná de Jornalismo de Economia (outubro de 2010), Destaque do Jornalismo Econômico do Paraná -Shopping Novo Batel (março de 2011). Em dezembro de 2009 ganhou o prêmio Destaque em Radiodifusão nos Melhores do Ano do jornal Diário Popular. Demais prêmios: Prêmio Ceag de Jornalismo, Centro de Apoio à Pequena e Média Empresa do Paraná, atual Sebrae (1987), Prêmio Cidade de Curitiba na categoria Jornalismo Econômico da Câmara Municipal de Curitiba (1990), Prêmio Qualidade Paraná, da International, Exporters Services (1991), Prêmio Abril de Jornalismo, Editora Abril (1992), Prêmio destaque de Jornalismo Econômico, Fiat Allis (1993), Prêmio Mercosul e o Paraná, Federação das Indústrias do Estado do Paraná (1995), As mulheres pioneiras no jornalismo do Paraná, Conselho Estadual da Mulher do Paraná (1996), Mulher de Destaque, Câmara Municipal de Curitiba (1999), Reconhecimento profissional, Sindicato dos Engenheiros do Estado do Paraná (2005), Reconhecimento profissional, Rotary Club de Curitiba Gralha Azul (2005). Faz parte da publicação “Jornalistas Brasileiros – Quem é quem no Jornalismo de Economia”, livro organizado por Eduardo Ribeiro e Engel Paschoal que traz os maiores nomes do Jornalismo Econômico brasileiro.
http://www.miriangasparin.com.br

Deixe uma resposta

Top