You are here
Home > Sem categoria > Adoção de simples ações agrega valor na experiência de compras dos consumidores e se reflete no faturamento das empresas

Adoção de simples ações agrega valor na experiência de compras dos consumidores e se reflete no faturamento das empresas

Uma boa parte dos empresários ainda acredita que investir milhares de reais em publicidade e marketing externo é suficiente para atrair e manter os clientes dentro de sua empresa. Entretanto, de nada adianta essa estratégia se o interior da empresa é falho e deficitário; se a equipe não é engajada e muito menos treinada para a solução dos problemas de seus clientes.

A verdade é que em tempos de aperto financeiro, a lealdade dos clientes se encontra cada vez mais enraizada em fatores como preço, ambiente de compra e, principalmente, no atendimento. Além disso, o custo para a manutenção de um cliente é muito menor do que o de conquistar um novo. Dessa forma, cabe às empresas agregar valor na experiência de compra dos consumidores, desde o momento de tomada de conhecimento do seu produto ou serviço, passando pela experiência no momento de efetuar a compra, até a comunicação e um efetivo pós-venda.

Simples ações para agregar valor aos clientes fazem uma boa diferença, mas poucos empresários põem em prática. Por exemplo: oferecer um café ou um copo d´água embora seja algo simples, deixará o cliente mais à vontade e confortável para analisar a proposta de venda, principalmente se o processo for longo e complexo. Além disso, pelo fato do cliente não esperar, principalmente em empresas de pequeno porte, tal ação se tornará uma surpresa positiva.

Outro ponto que não pode ser esquecido é atender bem antes de vender. A conexão emocional facilita o processo de venda, ou seja, uma conversa descontraída, demonstra interesse genuíno no cliente e na resolução do seu problema, fazendo com que ele não esqueça a boa experiência de compra e retorne sempre que precisar de produtos ou serviços da empresa.

Por fim, os empresários devem manter seus clientes sempre por perto. A comunicação com o consumidor é fundamental. Por isso, é bom ter registrado o telefone, preferências, data de nascimento e frequência de visitas à empresa, para que dessa forma possa ser feito o acompanhamento de pós-venda e ofertas segmentadas de acordo com as preferências e necessidades. Tal atitude surpreenderá positivamente o cliente, principalmente se a empresa for de pequeno porte, já que poucos estabelecimentos fazem esse tipo de acompanhamento.

mirian
Sobre a Mirian Gasparin Mirian Gasparin, natural de Curitiba, é formada em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo pela Universidade Federal do Paraná e pós-graduada em Finanças Corporativas pela Universidade Federal do Paraná. Profissional com experiência de 44 anos na área de jornalismo, sendo 42 somente na área econômica, com trabalhos pela Rádio Cultura de Curitiba, Jornal Indústria & Comércio e Jornal Gazeta do Povo. Também foi assessora de imprensa das Secretarias de Estado da Fazenda, da Indústria, Comércio e Desenvolvimento Econômico e da Comunicação Social. Desde abril de 2006 é colunista de Negócios da Rádio BandNews Curitiba e escreveu para a revista Soluções do Sebrae/PR. Também é professora titular nos cursos de Jornalismo e Ciências Contábeis da Universidade Tuiuti do Paraná. Ministra cursos para empresários e executivos de empresas paranaenses, de São Paulo e Rio de Janeiro sobre Comunicação e Língua Portuguesa e faz palestras sobre Investimentos. Em julho de 2007 veio um novo desafio profissional, com o blog de Economia no Portal Jornale. Em abril de 2013 passou a ter um blog de Economia no portal Jornal e Notícias. E a partir de maio de 2014, quando completou 40 anos de jornalismo, lançou seu blog independente. Nestes 11 anos de blog, mais de 20 mil matérias foram postadas. Ao longo de sua carreira recebeu 18 prêmios, com destaque para Prêmio Fecomércio de Jornalismo (1º lugar Internet em 2017 e 2016);Prêmio Sistema Fiep de Jornalismo (1º lugar Internet – 2014 e 3º lugar Internet – 2015); Melhor Jornalista de Economia do Paraná concedido pelo Conselho Regional de Economia do Paraná (agosto de 2010); Prêmio Associação Comercial do Paraná de Jornalismo de Economia (outubro de 2010), Destaque do Jornalismo Econômico do Paraná -Shopping Novo Batel (março de 2011). Em dezembro de 2009 ganhou o prêmio Destaque em Radiodifusão nos Melhores do Ano do jornal Diário Popular. Demais prêmios: Prêmio Ceag de Jornalismo, Centro de Apoio à Pequena e Média Empresa do Paraná, atual Sebrae (1987), Prêmio Cidade de Curitiba na categoria Jornalismo Econômico da Câmara Municipal de Curitiba (1990), Prêmio Qualidade Paraná, da International, Exporters Services (1991), Prêmio Abril de Jornalismo, Editora Abril (1992), Prêmio destaque de Jornalismo Econômico, Fiat Allis (1993), Prêmio Mercosul e o Paraná, Federação das Indústrias do Estado do Paraná (1995), As mulheres pioneiras no jornalismo do Paraná, Conselho Estadual da Mulher do Paraná (1996), Mulher de Destaque, Câmara Municipal de Curitiba (1999), Reconhecimento profissional, Sindicato dos Engenheiros do Estado do Paraná (2005), Reconhecimento profissional, Rotary Club de Curitiba Gralha Azul (2005). Faz parte da publicação “Jornalistas Brasileiros – Quem é quem no Jornalismo de Economia”, livro organizado por Eduardo Ribeiro e Engel Paschoal que traz os maiores nomes do Jornalismo Econômico brasileiro.
http://www.miriangasparin.com.br

Deixe uma resposta

Top