Computação em nuvem a favor das transações financeiras

Para o Grupo Nexxera, líder nacional em transações eletrônicas e tecnologia para o mercado financeiro, a computação em nuvem já era pauta no final da década de 80, momento no qual a empresa encontrou a oportunidade de aplicá-la em suas primeiras soluções. Hoje, a holding colhe os frutos da aposta: tem como clientes as maiores empresas do país, privadas e públicas, e já conta com projetos que unem cloud computing com as mais recentes evoluções digitais.

O mercado de tecnologia e inovação para o mercado financeiro recebeu grandes investimentos nos últimos dois anos, só no Brasil as cifras chegam a R$ 515 milhões, o que rendeu a oitava posição no ranking de países que mais investem no setor. Para os próximos anos, especialistas do setor anunciam tendências que são possíveis graças à hospedagem em nuvem, um ótimo exemplo são os meios pagamentos invisíveis – aqueles serviços que não usam cartões ou dinheiro para o pagamento e viabilizam a completa desmaterialização do capital.

Para o Edson Silva, Presidente do Grupo Nexxera, a computação em nuvem foi a melhor escolha desde o início “Mesmo com a tecnologia de computação em nuvem longe dos holofotes no país, consideramos esta a melhor opção desde começo, principalmente pela segurança de dados que a nuvem pode oferecer, e também pela rapidez na troca de dados que a tecnologia de pagamentos exige. Hoje em dia, a necessidade da computação em nuvem é ainda mais latente, as novas tecnologias para o mercado financeiro demandam ainda mais as funcionalidades que a nuvem oferece.”

Sobre os produtos do Grupo Nexxera que mais demandam as funções da computação em nuvem estão: as verticais digitais de transações financeiras para pagamentos digitais, como plataformas e-commerce; e as tecnologias de gateway, que funcionam como facilitadores de pagamento.

Com a expansão deste mercado no Brasil, a tendência é que as empresas comecem a rodar suas operações exclusivamente em nuvem para melhorar o monitoramento, diagnóstico e correção do desempenho dos produtos e serviços de transações financeiras, sejam eles para clientes corporativos ou consumidor final.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *