Atividade econômica acumula crescimento de 0,9% até novembro

Segundo o Indicador Serasa Experian de Atividade Econômica (PIB Mensal), houve avanço de 0,2% no ritmo dos negócios em novembro/17 na comparação com outubro/17, já efetuados os devidos ajustes sazonais. Na comparação com o mesmo mês do ano passado, o crescimento em novembro/17 foi de 2,1%. Com este resultado, a atividade econômica acumulou crescimento de 0,9% entre janeiro/17 e novembro/17 na comparação com o mesmo período de 2016.

De acordo com os economistas da Serasa Experian, a economia brasileira prosseguiu em novembro/17 em sua trajetória de recuperação do crescimento econômico, sinalizando para o fechamento do ano de 2017 uma expansão acumulada na casa de 1% sobre o ano de 2016.

Pelo lado da oferta agregada, todos os setores econômicos registraram crescimento em novembro/17. A agropecuária avançou 0,6%, a indústria 0,1% e o setor de serviços 0,4%. Isto é importante, pois começa a mostrar que a recuperação econômica está ficando mais disseminada entre os diversos setores da economia.

Pelo lado da demanda agregada, tivemos as altas de 0,8% no consumo das famílias e de 0,4% dos investimentos produtivos. Por outro lado o consumo do governo se retraiu em 0,2% e as exportações de 3,6%. Por fim, as importações cresceram 1,6% em novembro/17.

No acumulado do ano até novembro, a atividade agropecuária acumula taxa de crescimento bastante expressiva: 12,6% em relação ao mesmo período do ano passado. Já a indústria apresenta queda de 0,3% e o setor de serviços registra expansão de 0,3% no acumulado dos onze primeiros meses de 2017.

Ainda em relação ao acumulado do ano de 2017 até novembro, o consumo das famílias cresceu 0,7%, as exportações avançaram 5,1% e as importações subiram 4,9%. Por outro lado o consumo do governo recuou 0,7% e os investimentos se retraíram 2,8%.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *