You are here
Home > Sem categoria > Ceo´s brasileiros veem na Austrália boas oportunidades para investir

Ceo´s brasileiros veem na Austrália boas oportunidades para investir

O NAIF (Northern Australia Investment Forum) ocorrido em Cairns, na Austrália, foi uma oportunidade para investidores brasileiros se aproximarem de australianos para estabelecerem parcerias de negócios entre os dois países. Os CEO’s das empresas brasileiras Millenium Bioenergia, BSBIOS e ECB Group estiveram entre os convidados do seleto grupo que acompanhou o evento.

O empresário Eduardo Lima, da Millenium Bioenergia, já começa a colher os frutos de sua participação no encontro. “Foi uma oportunidade muito importante para melhorar o fluxo de avanço de negócios. Duas conversas com desenvolvedores de projetos que começamos na Austrália durante o Fórum já estão caminhando para possíveis parcerias e quem sabe uma joint venture.” A Millenium já atua há 20 meses na Austrália e em setembro de 2017 abriu seu primeiro escritório em Brisbane, capital do estado de Queensland.

Já a BSBIOS e a ECB Group ainda não efetivaram negócios no país, porém, os contatos feitos durante o NAIF são promissores. “Estamos conhecendo ainda mais a Austrália e as oportunidades, entendendo quais seriam os melhores segmentos e investimentos. Temos um dever de casa que consiste em aprofundar estudos, pois já estamos com algumas conversas em andamento. No segundo semestre desejamos colocar em prática algumas oportunidades que estão sendo discutidas neste momento”, aponta Erasmo Carlos Battistella, presidente das empresas.

Vantagens australianas

Para Battistella, a Austrália se destaca entre os interesses dos grupos que comanda por três motivos: segurança jurídica do país, que apresenta um crescimento contínuo por mais de 25 anos, o que reforça a credibilidade da Austrália para investimentos; ser um país que quer desenvolver mais o mercado da agroenergia e da agricultura, segmentos em que atuam BSBIOS e ECB Group; e posicionamento logístico da Austrália, ideal para o fornecimento de alimentos e de energia limpa no futuro para a Ásia.

Para o CEO da Millenium Bioenergia, a Austrália também é uma boa escolha por ser um exemplo de oportunidade de investimentos com garantia de sucesso. “Existem muitas empresas gigantes que já se instalaram lá e que comprovam os resultados positivos dos investimentos no país. É uma nação com mercado aberto, com muito espaço para novos negócios, possibilidade de expansão e crescimento, além de ser logisticamente favorecida devido à proximidade com a Ásia”, aponta Lima.

O Northern Australia Investment Forum teve como objetivo apresentar aos participantes as oportunidades de investimentos disponíveis na indústria de recursos e energia, de alimentos, de turismo e na agricultura no Norte da Austrália.

Para mais informações sobre oportunidades de investimento no agronegócio na Austrália, entrar em contato com a Austrade em São Paulo: www.austrade.gov.au/local-sites/brazil/invest-in-australia

mirian
Sobre a Mirian Gasparin Mirian Gasparin, natural de Curitiba, é formada em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo pela Universidade Federal do Paraná e pós-graduada em Finanças Corporativas pela Universidade Federal do Paraná. Profissional com experiência de 44 anos na área de jornalismo, sendo 42 somente na área econômica, com trabalhos pela Rádio Cultura de Curitiba, Jornal Indústria & Comércio e Jornal Gazeta do Povo. Também foi assessora de imprensa das Secretarias de Estado da Fazenda, da Indústria, Comércio e Desenvolvimento Econômico e da Comunicação Social. Desde abril de 2006 é colunista de Negócios da Rádio BandNews Curitiba e escreveu para a revista Soluções do Sebrae/PR. Também é professora titular nos cursos de Jornalismo e Ciências Contábeis da Universidade Tuiuti do Paraná. Ministra cursos para empresários e executivos de empresas paranaenses, de São Paulo e Rio de Janeiro sobre Comunicação e Língua Portuguesa e faz palestras sobre Investimentos. Em julho de 2007 veio um novo desafio profissional, com o blog de Economia no Portal Jornale. Em abril de 2013 passou a ter um blog de Economia no portal Jornal e Notícias. E a partir de maio de 2014, quando completou 40 anos de jornalismo, lançou seu blog independente. Nestes 11 anos de blog, mais de 20 mil matérias foram postadas. Ao longo de sua carreira recebeu 18 prêmios, com destaque para Prêmio Fecomércio de Jornalismo (1º lugar Internet em 2017 e 2016);Prêmio Sistema Fiep de Jornalismo (1º lugar Internet – 2014 e 3º lugar Internet – 2015); Melhor Jornalista de Economia do Paraná concedido pelo Conselho Regional de Economia do Paraná (agosto de 2010); Prêmio Associação Comercial do Paraná de Jornalismo de Economia (outubro de 2010), Destaque do Jornalismo Econômico do Paraná -Shopping Novo Batel (março de 2011). Em dezembro de 2009 ganhou o prêmio Destaque em Radiodifusão nos Melhores do Ano do jornal Diário Popular. Demais prêmios: Prêmio Ceag de Jornalismo, Centro de Apoio à Pequena e Média Empresa do Paraná, atual Sebrae (1987), Prêmio Cidade de Curitiba na categoria Jornalismo Econômico da Câmara Municipal de Curitiba (1990), Prêmio Qualidade Paraná, da International, Exporters Services (1991), Prêmio Abril de Jornalismo, Editora Abril (1992), Prêmio destaque de Jornalismo Econômico, Fiat Allis (1993), Prêmio Mercosul e o Paraná, Federação das Indústrias do Estado do Paraná (1995), As mulheres pioneiras no jornalismo do Paraná, Conselho Estadual da Mulher do Paraná (1996), Mulher de Destaque, Câmara Municipal de Curitiba (1999), Reconhecimento profissional, Sindicato dos Engenheiros do Estado do Paraná (2005), Reconhecimento profissional, Rotary Club de Curitiba Gralha Azul (2005). Faz parte da publicação “Jornalistas Brasileiros – Quem é quem no Jornalismo de Economia”, livro organizado por Eduardo Ribeiro e Engel Paschoal que traz os maiores nomes do Jornalismo Econômico brasileiro.
http://www.miriangasparin.com.br

Deixe uma resposta

Top