You are here
Home > Marketing > Vivo, McDonald’s e Cervejaria Ambev saem na frente com estratégias de ativação para Copa no Twitter

Vivo, McDonald’s e Cervejaria Ambev saem na frente com estratégias de ativação para Copa no Twitter

A seis meses do evento mais esperado pelos fãs de esportes e futebol em 2018, a Copa do Mundo, as marcas começam a desenhar suas estratégias de campanha. E três delas saem na frente no Twitter. Vivo, McDonald’s e Cervejaria Ambev já estão com planejamento em campo para estarem bem posicionadas nas conversas com os consumidores antes mesmo de o campeonato começar.

Esporte é um dos temas mais comentados no Twitter no Brasil e no mundo durante o ano todo, e o futebol se destaca no país. Cerca de 80% dos brasileiros no Twitter se interessam por esportes, segundo levantamento da plataforma. Além disso, a Copa de 2014, realizada no Brasil, é o evento mais comentado no Twitter na história, com 672 milhões de Tweets globalmente. E o Brasileirão é o segundo campeonato nacional mais Tweetado do mundo.

“No Twitter, as marcas participam de forma mais efetiva das conversas dos consumidores sobre a Copa do Mundo antes, durante e depois desse grande evento, que mobiliza intensamente as paixões e a atenção das pessoas”, diz Cadu Aun, diretor comercial do Twitter no Brasil. “A plataforma permite uma conexão direta com os consumidores no momento em que eles estão buscando informações sobre um tema de interesse e, portanto, mais abertos a receber novas mensagens”, acrescenta.

Em suas iniciativas para a Copa, as três marcas contarão com o apoio das áreas e Estratégia de Marca e Pesquisa e Insights do Twitter para que aproveitem o conteúdo da plataforma em todo o seu potencial. A Vivo (@Vivoemrede), por exemplo, continuará utilizando o Twitter para ampliar o alcance e engajamento das campanhas de produto e marca, como aconteceu no lançamento da campanha da Copa do Mundo #joguejunto no último dia 1º de dezembro. O filme foi veiculado na TV aberta e outros meios, potencializando o efeito ‘second screen’ que o Twitter oferece. “É nesse sentido, gerando conversas e conexões, que trabalharemos para aproveitar o potencial máximo da complementaridade dos meios durante a Copa do Mundo”, explica Gustavo Croitor, responsável por mídia online, offline e planejamento estratégico.

O McDonald’s (@McDonalds_BR) usará o Twitter para engajar os consumidores com as principais ações da marca relacionadas à Copa, como o Player Escort Program, uma promoção para a escolha das crianças que entrarão de mãos dadas com os jogadores nas partidas, e a divulgação dos já tradicionais sanduíches inspirados nos países competidores. “Já somos parceiro do Twitter há anos e tivemos a oportunidade de utilizá-lo em outros grandes eventos esportivos. Como buscamos cada dia mais apresentar um conteúdo relevante ao nosso público, o Twitter é o canal ideal para ter uma interação valiosa com o consumidor ao proporcionar uma conversa praticamente em tempo real com ele”, afirma Roberto Gnypek, vice-presidente de Marketing do McDonald’s no Brasil.

E a Cervejaria Ambev (@BrahmaCerveja) vai utilizar a plataforma para mapear os momentos mais importantes da Copa e se conectar com os consumidores. As ações da marca no Twitter começaram no dia do sorteio que definiu os primeiros adversários do Brasil, quando o perfil @BrahmaCerveja publicou vídeos especiais sobre cada uma das seleções.

O Twitter elaborou pacotes especiais para que as marcas aproveitem o grande interesse gerado pela Copa na plataforma. As soluções oferecidas envolvem oportunidades de conteúdo (como conteúdo premium – de parceiros de mídia -, feito por criadores digitais ou já desenvolvido pela marca) e uma segmentação realizada e curada pelo Twitter que envolve perfis e palavras-chave que se aplicam às mais diversas estratégias de campanha relacionadas à Copa.

mirian
Sobre a Mirian Gasparin Mirian Gasparin, natural de Curitiba, é formada em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo pela Universidade Federal do Paraná e pós-graduada em Finanças Corporativas pela Universidade Federal do Paraná. Profissional com experiência de 44 anos na área de jornalismo, sendo 42 somente na área econômica, com trabalhos pela Rádio Cultura de Curitiba, Jornal Indústria & Comércio e Jornal Gazeta do Povo. Também foi assessora de imprensa das Secretarias de Estado da Fazenda, da Indústria, Comércio e Desenvolvimento Econômico e da Comunicação Social. Desde abril de 2006 é colunista de Negócios da Rádio BandNews Curitiba e escreveu para a revista Soluções do Sebrae/PR. Também é professora titular nos cursos de Jornalismo e Ciências Contábeis da Universidade Tuiuti do Paraná. Ministra cursos para empresários e executivos de empresas paranaenses, de São Paulo e Rio de Janeiro sobre Comunicação e Língua Portuguesa e faz palestras sobre Investimentos. Em julho de 2007 veio um novo desafio profissional, com o blog de Economia no Portal Jornale. Em abril de 2013 passou a ter um blog de Economia no portal Jornal e Notícias. E a partir de maio de 2014, quando completou 40 anos de jornalismo, lançou seu blog independente. Nestes 11 anos de blog, mais de 20 mil matérias foram postadas. Ao longo de sua carreira recebeu 18 prêmios, com destaque para Prêmio Fecomércio de Jornalismo (1º lugar Internet em 2017 e 2016);Prêmio Sistema Fiep de Jornalismo (1º lugar Internet – 2014 e 3º lugar Internet – 2015); Melhor Jornalista de Economia do Paraná concedido pelo Conselho Regional de Economia do Paraná (agosto de 2010); Prêmio Associação Comercial do Paraná de Jornalismo de Economia (outubro de 2010), Destaque do Jornalismo Econômico do Paraná -Shopping Novo Batel (março de 2011). Em dezembro de 2009 ganhou o prêmio Destaque em Radiodifusão nos Melhores do Ano do jornal Diário Popular. Demais prêmios: Prêmio Ceag de Jornalismo, Centro de Apoio à Pequena e Média Empresa do Paraná, atual Sebrae (1987), Prêmio Cidade de Curitiba na categoria Jornalismo Econômico da Câmara Municipal de Curitiba (1990), Prêmio Qualidade Paraná, da International, Exporters Services (1991), Prêmio Abril de Jornalismo, Editora Abril (1992), Prêmio destaque de Jornalismo Econômico, Fiat Allis (1993), Prêmio Mercosul e o Paraná, Federação das Indústrias do Estado do Paraná (1995), As mulheres pioneiras no jornalismo do Paraná, Conselho Estadual da Mulher do Paraná (1996), Mulher de Destaque, Câmara Municipal de Curitiba (1999), Reconhecimento profissional, Sindicato dos Engenheiros do Estado do Paraná (2005), Reconhecimento profissional, Rotary Club de Curitiba Gralha Azul (2005). Faz parte da publicação “Jornalistas Brasileiros – Quem é quem no Jornalismo de Economia”, livro organizado por Eduardo Ribeiro e Engel Paschoal que traz os maiores nomes do Jornalismo Econômico brasileiro.
http://www.miriangasparin.com.br

Deixe uma resposta

Top