You are here
Home > Consumo > Campanha publicitária incentiva consumidor a substituir TV “zicada” da Copa do 7 a 1 por um aparelho novo

Campanha publicitária incentiva consumidor a substituir TV “zicada” da Copa do 7 a 1 por um aparelho novo

O Magazine Luiza, uma das maiores plataformas de varejo do país, lança a maior promoção de venda de TVs de sua história. Às vésperas da Copa do Mundo da Rússia, o Magalu dobrou seu estoque do produto em relação ao mesmo período do ano passado. Numa ação inédita para incentivar a troca de aparelhos, as 860 lojas físicas da rede aceitarão os modelos usados como parte do pagamento da TV nova. Os preços pagos aos consumidores que optarem pela troca vão variar entre 100 e 1 000 reais, conforme o tempo de uso, condições dos produtos e modelo adquirido.

Numa ação também inédita, as TVs antigas compradas pela rede Magalu terão uma destinação ambientalmente correta. A Trocafone, que já é parceira do Magazine Luiza no serviço de troca de smartphones, ficará responsável pelo processo de logística reversa. O Magalu estima que pelo menos 50 mil aparelhos sejam trocados durante a promoção. Trata-se da maior ação de logística reversa envolvendo TVs do varejo brasileiro.

A Copa do Mundo da Rússia coincide com o momento de recuperação da economia, após três anos de recessão e de retração do consumo das famílias. Em 2017 foram comercializadas 10,4 milhões de unidades de televisores no Brasil. A GFK, consultoria de pesquisa, estima um aumento de 22% em 2018. Quase todo volume deve ser vendido no primeiro semestre – um comportamento de consumo típico em anos de Mundial de futebol.

“Estamos muito otimistas. Vivemos um momento de crescimento econômico e de ampliação da oferta de crédito ao consumidor”, diz Frederico Trajano, CEO do Magalu. “Por isso, acreditamos que as vendas de TV devem ser maiores que as projeções feitas pelos fabricantes. A meta é dobrar nosso faturamento nessa categoria e aumentar nossa participação de mercado.”

Além da Copa, um estímulo tradicional à venda de TVs, uma série de outros fatores deve impulsionar esse movimento. Atualmente, quase 40% da base instalada no Brasil ainda são de TVs de tubo, que precisam ser adaptados para receber o sinal digital. Estima-se que menos de 30% dos aparelhos instalados no país hoje sejam smart – ou seja, têm conexão com a internet. “Há uma enorme demanda reprimida”, diz Trajano.

Para divulgar a promoção e incentivar a troca de aparelhos antigos por modelos novos, o Magalu lançou uma campanha publicitária baseada no humor, composta por várias fases e com um cronograma que vai até o início da Copa, em junho. A campanha de TV estréia no sábado, 14, com uma inserção no Caldeirão do Huck, na rede Globo. Rodrigo Faro e Fausto Silva também anunciarão a promoção no domingo seguinte.

O mote da campanha do Magazine Luiza é “Sai Zica”, uma referência aos aparelhos que transmitiram o malfadado jogo entre Brasil e Alemanha – o 7X1 – na Copa de 2014. Com um fictício guru húngaro como brand persona, a campanha estimulará os torcedores brasileiros a trocar suas TVs antigas. De acordo com a narrativa de László Gábor, o guru criado pela agência Ogilvy, aparelhos que transmitiram a partida estariam “zicados”, comprometendo a sorte da seleção brasileira na Copa da Rússia. Nos primeiros dias, a campanha teve 5,4 milhões de interações de usuários das redes sociais. Influenciadores digitais, como Lucas Lucco e Arthur Aguiar, participaram da ação.

A campanha publicitária do Magazine Luiza, que começa neste final de semana e vai até as vésperas da Copa, será veiculada em emissoras abertas de TV, mídia impressa, sites e redes sociais.

Mirian Gasparin
Mirian Gasparin, natural de Curitiba, é formada em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo pela Universidade Federal do Paraná e pós-graduada em Finanças Corporativas pela Universidade Federal do Paraná. Profissional com experiência de 44 anos na área de jornalismo, sendo 42 somente na área econômica, com trabalhos pela Rádio Cultura de Curitiba, Jornal Indústria & Comércio e Jornal Gazeta do Povo. Também foi assessora de imprensa das Secretarias de Estado da Fazenda, da Indústria, Comércio e Desenvolvimento Econômico e da Comunicação Social. Desde abril de 2006 é colunista de Negócios da Rádio BandNews Curitiba e escreveu para a revista Soluções do Sebrae/PR. Também é professora titular nos cursos de Jornalismo e Ciências Contábeis da Universidade Tuiuti do Paraná. Ministra cursos para empresários e executivos de empresas paranaenses, de São Paulo e Rio de Janeiro sobre Comunicação e Língua Portuguesa e faz palestras sobre Investimentos. Em julho de 2007 veio um novo desafio profissional, com o blog de Economia no Portal Jornale. Em abril de 2013 passou a ter um blog de Economia no portal Jornal e Notícias. E a partir de maio de 2014, quando completou 40 anos de jornalismo, lançou seu blog independente. Nestes 11 anos de blog, mais de 20 mil matérias foram postadas. Ao longo de sua carreira recebeu 18 prêmios, com destaque para Prêmio Fecomércio de Jornalismo (1º lugar Internet em 2017 e 2016);Prêmio Sistema Fiep de Jornalismo (1º lugar Internet – 2014 e 3º lugar Internet – 2015); Melhor Jornalista de Economia do Paraná concedido pelo Conselho Regional de Economia do Paraná (agosto de 2010); Prêmio Associação Comercial do Paraná de Jornalismo de Economia (outubro de 2010), Destaque do Jornalismo Econômico do Paraná -Shopping Novo Batel (março de 2011). Em dezembro de 2009 ganhou o prêmio Destaque em Radiodifusão nos Melhores do Ano do jornal Diário Popular. Demais prêmios: Prêmio Ceag de Jornalismo, Centro de Apoio à Pequena e Média Empresa do Paraná, atual Sebrae (1987), Prêmio Cidade de Curitiba na categoria Jornalismo Econômico da Câmara Municipal de Curitiba (1990), Prêmio Qualidade Paraná, da International, Exporters Services (1991), Prêmio Abril de Jornalismo, Editora Abril (1992), Prêmio destaque de Jornalismo Econômico, Fiat Allis (1993), Prêmio Mercosul e o Paraná, Federação das Indústrias do Estado do Paraná (1995), As mulheres pioneiras no jornalismo do Paraná, Conselho Estadual da Mulher do Paraná (1996), Mulher de Destaque, Câmara Municipal de Curitiba (1999), Reconhecimento profissional, Sindicato dos Engenheiros do Estado do Paraná (2005), Reconhecimento profissional, Rotary Club de Curitiba Gralha Azul (2005). Faz parte da publicação “Jornalistas Brasileiros – Quem é quem no Jornalismo de Economia”, livro organizado por Eduardo Ribeiro e Engel Paschoal que traz os maiores nomes do Jornalismo Econômico brasileiro.
http://www.miriangasparin.com.br

Deixe uma resposta

Top