Fast Channel lança conceito B2B Tech

Giulio Salomone, CEO da Fast Channel.

A Fast Channel, dos mesmos acionistas da Fast Shop, está há oito anos no mercado e é a primeira empresa brasileira a ter uma plataforma completa no ambiente B2B – Business to Business, além de possuir um Full Service Digital com solução DSAS – Digital Sales as a Service. Os executivos da Fast Channel perceberam que havia uma grande oportunidade em criar ferramentas para corporações que precisam efetuar suas próprias compras online entre empresas. Segundo uma pesquisa da Forrester 71% dos compradores corporativos utilizam o Google antes de fazer uma compra. Mas somente 2% efetuam essa mesma compra no ambiente online. Portanto, 98% das companhias estão fora desse mercado.

Foi neste segmento que a Fast Channel enxergou seu potencial e resolveu associar a lógica de mercado das Fintech ao segmento Business To Business – chegando, assim, ao novo conceito de B2B Tech. Criando uma nova forma das empresas se relacionarem com a compra e venda de produtos, através do uso intensivo de tecnologia, tornando esses processos mais simples, fáceis e intuitivos, disponíveis 24/7 e acessíveis através de celulares, tablets e computadores. “Somos a primeira empresa brasileira B2B Tech. Desenvolvemos soluções personalizadas, que rapidamente podem entrar em operação e apresentar grandes resultados,” afirma Giulio Salomone, CEO da Fast Channel.
O resultado das ferramentas da Fast Channel é o aumento exponencial nos negócios de seus clientes, tanto na venda quanto na compra digital dos produtos, com eficiência, tecnologia e publicidade. “No caso da Fast Shop Empresas, em apenas seis meses, a empresa apresentou um crescimento de 45% em suas vendas empresariais digitais. Outro grande diferencial nosso é a equipe de marketing B2B Digital – uma Task Force -, completamente experiente e focada no B2B”, diz Salomone. Para ele, ao aprimorar a experiência do usuário, potencializando a possibilidade de novas transações, o resultado imediato é o crescimento das receitas do cliente.

“Estamos investindo, propondo uma mudança no comportamento do mercado e queremos ser um unicórnio brasileiro em 2023”, relata Giulio Salomone. A primeira B2B Tech brasileira tem como clientes a Goodyear, Della Via, Fast Shop, Santanense Tecidos, Dickies, LDI, ArcelorMittal, entre outros, para quem desenvolveu a base digital para comercialização dos produtos e é responsável também pela gestão.

“A nossa solução é própria para o B2B e tem todos os meios de pagamentos para empresas, como por exemplo, o cartão BNDES e a faturar. Tenho o prazer de ter na Fast Channel como acionista majoritário e inspirador, Marcio Kakumoto, e também os fundadores, Maurício Bonifácio e Chris Vidigal, que continuam na companhia e são todos peças fundamentais para entender o mercado e as necessidades dos nossos clientes”, finaliza Salomone.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *