McDonald’s e Ministério Público do Trabalho unidos contra trabalho infantil

Paulo Camargo e Ronaldo Lira.

Em comemoração ao Dia Internacional Contra o Trabalho Infantil, celebrado no próximo dia 12, o McDonald’s anuncia – pelo segundo ano consecutivo o apoio à campanha ‘Chega de Trabalho Infantil’, liderada pelo Ministério Público do Trabalho (MPT). Reconhecida como uma das maiores geradoras do primeiro emprego para jovens, a empresa utilizará sua grande capilaridade nacional e força de comunicação para ampliar a campanha #Chegadetrabalhoinfantil, gerando maior conscientização e mobilização sobre a questão.

“Mais uma vez vamos reforçar o nosso compromisso por um Brasil mais solidário e justo. Faz parte do DNA da companhia lutar por causas tão importantes e genuínas. E nada melhor do aproveitar nosso relacionamento diário com cerca de 2 milhões de clientes em nossos restaurantes e outras dezenas de milhões de pessoas em nossos meios digitais para disseminar a discussão do tema na sociedade. Certamente fará uma grande diferença”, destaca Paulo Camargo, presidente da Divisão Brasil da Arcos Dorados, franquia que opera a marca McDonald’s no Brasil e em outros 19 países da América Latina.

O procurador Ronaldo Lira, representante do MPT e vice-coordenador nacional da Coordinfância (Coordenadoria Nacional de Combate à Exploração do Trabalho da Criança e do Adolescente), que trata especificamente da erradicação do trabalho infantil e da regularização do trabalhador adolescente, reforça a importância de ter a companhia novamente como parceira. “O McDonald´s é um parceiro valioso nessa causa, pois possui grande apelo junto aos jovens e suas famílias. Esperamos que, por meio do trabalho conjunto, a mensagem de combate ao trabalho infantil chegue nos quatro cantos do país e gere conscientização na sociedade”, conclui.

Trabalho infantil no Brasil

• 2,7 milhões de crianças e adolescentes de 5 a 17 anos trabalham no Brasil (32% em atividades agrícolas)

• 2 milhões entre 14 e 17 anos

• 854 mil crianças e adolescentes que trabalham estão concentradas na região Sudeste do Brasil

• 2 em cada 3 crianças em situação de trabalho infantil são do sexo masculino

• 94% do trabalho infantil doméstico é realizado por meninas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *