You are here
Home > Negócios > Com algumas estratégias de venda é possível aumentar o ticket médio e melhorar o faturamento do negócio

Com algumas estratégias de venda é possível aumentar o ticket médio e melhorar o faturamento do negócio

Conquistar novos clientes ou consumidores custa entre cinco a sete vezes mais do que manter os já existentes. Portanto, cuidar melhor dos clientes que têm se mostrado fiéis e aumentar o ticket médio de compra desses consumidores, sem dúvida alguma, é uma boa estratégia.

Para aqueles que ainda têm dúvidas sobre o que realmente representa a métrica de venda do ticket médio, eu vou dar uma explicação bem simples: Para se obter o ticket médio basta pegar o total do faturamento e dividir pelo número de clientes que comprou em um determinado período. Por exemplo: uma loja que faturou no mês passado R$ 50 mil em vendas para 500 clientes, teve um ticket médio de R$ 100. A partir do momento que se descobre o quanto cada cliente gasta em média é possível criar estratégias que visem aumentar o valor do ticket médio e, consequentemente, elevar o faturamento do negócio. No exemplo que eu acabei de dar, um aumento de apenas R$ 5 no ticket médio é suficiente para elevar o faturamento em R$2.500,00 no mês, ou seja, 5% a mais.

Pois bem, que medidas são essas que podem aumentar o ticket médio? Em primeiro lugar é necessário cadastrar os clientes, anotar preferências e manter contato com eles, seja por meio de Facebook, Instagram, Whatsapp, e-mail ou mesmo pessoalmente, dependendo do perfil de cada um. Em segundo lugar ter programas de fidelidade, que a medida que o cliente for gastando, mais benefícios ele ganhará. Outra boa estratégia é oferecer diferentes versões do mesmo produto ou serviço, porém a diferença de preço de cada versão deve sempre deixar claro que vale mais a pena comprar a mais cara, seja pelo preço em si ou pela agregação de valor.

É importante também oferecer produtos ou serviços complementares ao que o cliente está comprando. Quem vende calçados pode oferecer meias ou limpa calçados a seco; quem vende comida congelada deve oferecer molhos e/ou temperos. Caso comercializa maquiagem é bom complementar as vendas com pinceis e outros acessórios.

Outra medida simples e que funciona para aumentar o ticket médio é incentivar o cliente a levar mais por menos, ou seja, à medida que o cliente compra mais do mesmo produto ou serviço, o velho conhecido “pague 2 e leve 3” passa a funcionar.

Deve-se oferecer um mix de produtos adequado aos diferentes perfis de clientes que são atendidos no estabelecimento. Isso ajudará o cliente a comprar tudo em um único local. Um bom exemplo é a expansão de minimercados em grandes bairros.

Outra medida é montar combos e pacotes de produtos/serviços de forma que o preço unitário seja menor do que se cada produto ou serviço fosse vendido separadamente. Aliás é isso que as redes de fast food e agências de viagem fazem com excelência.

Por fim, disponibilizar frete grátis acima de determinado valor atrai a atenção do público, pois ao condicionar essa vantagem a um valor mínimo de compras, os clientes preferem gastar na adição de um produto/serviço do que pagar pelo frete.

mirian
Sobre a Mirian Gasparin Mirian Gasparin, natural de Curitiba, é formada em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo pela Universidade Federal do Paraná e pós-graduada em Finanças Corporativas pela Universidade Federal do Paraná. Profissional com experiência de 44 anos na área de jornalismo, sendo 42 somente na área econômica, com trabalhos pela Rádio Cultura de Curitiba, Jornal Indústria & Comércio e Jornal Gazeta do Povo. Também foi assessora de imprensa das Secretarias de Estado da Fazenda, da Indústria, Comércio e Desenvolvimento Econômico e da Comunicação Social. Desde abril de 2006 é colunista de Negócios da Rádio BandNews Curitiba e escreveu para a revista Soluções do Sebrae/PR. Também é professora titular nos cursos de Jornalismo e Ciências Contábeis da Universidade Tuiuti do Paraná. Ministra cursos para empresários e executivos de empresas paranaenses, de São Paulo e Rio de Janeiro sobre Comunicação e Língua Portuguesa e faz palestras sobre Investimentos. Em julho de 2007 veio um novo desafio profissional, com o blog de Economia no Portal Jornale. Em abril de 2013 passou a ter um blog de Economia no portal Jornal e Notícias. E a partir de maio de 2014, quando completou 40 anos de jornalismo, lançou seu blog independente. Nestes 11 anos de blog, mais de 20 mil matérias foram postadas. Ao longo de sua carreira recebeu 18 prêmios, com destaque para Prêmio Fecomércio de Jornalismo (1º lugar Internet em 2017 e 2016);Prêmio Sistema Fiep de Jornalismo (1º lugar Internet – 2014 e 3º lugar Internet – 2015); Melhor Jornalista de Economia do Paraná concedido pelo Conselho Regional de Economia do Paraná (agosto de 2010); Prêmio Associação Comercial do Paraná de Jornalismo de Economia (outubro de 2010), Destaque do Jornalismo Econômico do Paraná -Shopping Novo Batel (março de 2011). Em dezembro de 2009 ganhou o prêmio Destaque em Radiodifusão nos Melhores do Ano do jornal Diário Popular. Demais prêmios: Prêmio Ceag de Jornalismo, Centro de Apoio à Pequena e Média Empresa do Paraná, atual Sebrae (1987), Prêmio Cidade de Curitiba na categoria Jornalismo Econômico da Câmara Municipal de Curitiba (1990), Prêmio Qualidade Paraná, da International, Exporters Services (1991), Prêmio Abril de Jornalismo, Editora Abril (1992), Prêmio destaque de Jornalismo Econômico, Fiat Allis (1993), Prêmio Mercosul e o Paraná, Federação das Indústrias do Estado do Paraná (1995), As mulheres pioneiras no jornalismo do Paraná, Conselho Estadual da Mulher do Paraná (1996), Mulher de Destaque, Câmara Municipal de Curitiba (1999), Reconhecimento profissional, Sindicato dos Engenheiros do Estado do Paraná (2005), Reconhecimento profissional, Rotary Club de Curitiba Gralha Azul (2005). Faz parte da publicação “Jornalistas Brasileiros – Quem é quem no Jornalismo de Economia”, livro organizado por Eduardo Ribeiro e Engel Paschoal que traz os maiores nomes do Jornalismo Econômico brasileiro.
http://www.miriangasparin.com.br

Deixe uma resposta

Top