É possível aprender com os erros e se tornar um empreendedor de sucesso

Flavio Zaclis: O empreendedor que erra tende a se tornar um empresário melhor.

Empreender é, por definição, arriscar e estar sujeito ao fracasso. E o que diferencia o bom empreendedor é sua capacidade de aprender com os erros e, a partir disso, construir um negócio bem-sucedido. Sócio-fundador da Barn Investimentos, empresa nacional com atuação nos estágios de investimento semente e Série A, Flavio Zaclis valoriza empreendedores que já cometeram erros (e, portanto, podem ter mais bagagem e maturidade ao criar um novo negócio). E sabendo da necessidade dos empreendedores de aprenderem com todas as situações, Zaclis destaca três dicas fundamentais para reverter decisões equivocadas e fazer sucesso no mundo das startups.

Principais erros

Os novos empreendedores, na ânsia de entrar no mercado e fazer sucesso rapidamente, cometem erros básicos que colocam em risco todo o negócio. O mais comum deles é subestimar o tempo necessário para fazer uma startup funcionar. O processo é lento e exige estudo profundo do mercado em que se pretende atuar. Além disso, é preciso inovar de fato, ou seja, apresentar uma solução inédita para um problema da sociedade por meio de um produto fácil de usar, que se torne indispensável no dia a dia.

Errar pode ser benéfico

O empreendedor que erra tende a se tornar um empresário melhor. Isso porque evitará cometer os mesmos erros, aperfeiçoando o que não funcionou e chegando a uma solução mais eficaz para determinado problema. Existem erros que são fatais para a implantação e desenvolvimento de um negócio, mas todos os outros devem ser vistos como oportunidade de “acertar o alvo” com ainda mais precisão. Vale lembrar que algumas das maiores descobertas da humanidade nasceram de tentativa e erro.

O que fazer em caso de erro

Constatado algum erro, o empreendedor deve refletir de forma crítica sobre as razões desse equívoco, avaliar suas implicações na operação e no crescimento da empresa, e pensar como solucioná-lo o mais rápido possível. O mais importante é não desistir, encarando a experiência como uma chance de fazer bem-feito. Muitos empreendedores de sucesso, além de protagonistas de várias outras áreas (esportes, artes etc) foram considerados fracassados no início de suas trajetórias. Resiliência, portanto, é fundamental.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *