Lucro líquido da TIM aumenta 53,2% no segundo trimestre

Ao divulgar os resultados do segundo trimestre, a TIM reforça a consistência do seu desempenho financeiro e operacional. O lucro líquido reportado mantém trajetória ascendente, com crescimento de 53,2% na comparação do ano, totalizando R$ 335 milhões. A melhoria contínua do mix da base é outro destaque do período. O segmento pós-pago atinge 33,7% do total de usuários e soma 19,1 milhões de clientes, um aumento de 20,5% em relação ao 2T17.

O EBITDA normalizado mantém crescimento na casa de dois dígitos, totalizando R$ 1.567 milhões, incremento de 12,7% ano a ano. A margem EBITDA normalizada(1) alcança 37,6% no período. Contribuem para estes resultados a receita de serviços móveis, que aumenta 5,7% ano a ano, e a receita de ultra banda larga, com evolução de 41% na comparação com o trimestre anterior.

No segmento residencial, a TIM registra 423 mil usuários de ultra banda larga, alta de 21,5% na comparação anual. O ARPU de TIM Live avança 12,7%. A empresa começa a acelerar a transição da tecnologia FTTC (Fiber to the Curd) para FTTH (Fiber to the Home), que já está disponível em três cidades, com 569 mil domicílios endereçáveis.   A boa performance da companhia também é fruto dos sólidos investimentos em infraestrutura. A TIM segue líder em cobertura 4G, alcançando 3.138 cidades e 92% da população urbana do país. Mais de um terço destes municípios já conta com ativação da tecnologia na frequência de 700 MHz garantindo uma melhor experiência de navegação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *