Para o aumento das vendas e crescimento da marca é fundamental que as lojas virtuais tenham segurança e demonstrem confiança aos consumidores

O comércio eletrônico vem computando resultados positivos nos últimos anos e muito acima do verificado nas lojas físicas. No ano passado, por exemplo, as vendas pela internet cresceram 12% e a expectativa para 2018 é de um aumento de 15%. Embora as expectativas sejam positivas, os empresários do comércio eletrônico devem se preocupar mais com a segurança dos seus sites. Só para se ter uma ideia, pesquisas de mercado apontam que 60% dos consumidores consideram a segurança como item principal para comprar algo na internet. Por isso, é necessário que a loja cumpra esse requisito, e garanta a seguridade ao consumidor.

Para que não haja incidentes e aborrecimentos em relação à segurança do site é fundamental o cumprimento de alguns fatores, como certificados de segurança e contratação de uma boa plataforma. De acordo com o Centro de Estudos, Resposta e Tratamento de Incidentes de Segurança no Brasil (CERT.br), o número de violações de dados na internet só tende a aumentar, e isso é um cenário preocupante. Por isso, é importante reduzir riscos de malwares ou qualquer outro tipo de invasão.

Mas, não adianta ter toda uma infraestrutura de segurança e não passar confiança ao consumidor. Neste sentido, os Certificados digitais são a melhor forma de mostrar ao consumidor que a empresa obedece normas e regras de segurança. Selos e certificados evitam qualquer invasão, deixando o cliente mais seguro para continuar comprando. Desta forma, a loja mantém boa reputação e transmite credibilidade.

Já as ferramentas de pagamento garantem o armazenamento seguro dos dados e conquistam a preferência de muitos clientes que querem comprar online.

Outro ponto forte de uma loja virtual é manter os contatos visíveis. Os dados de contato permitem que o cliente fale com a empresa caso tenha algum problema durante o pagamento e a entrega, garantindo sensação de segurança. Porém, de nada adianta divulgar bem os contatos e não responder o cliente nos canais de comunicação. Uma ligação não atendida, por exemplo, pode ser motivo de desconfiança para o cliente e, provavelmente, não resultará em uma compra. Por isso, a equipe deve estar bem preparada para atender o usuário da maneira mais ágil possível.

Também muito cuidado com as fotos e textos. Um site com erros de português demonstra amadorismo. Além disso, as fotos devem ter boa qualidade. Afinal, elas são responsáveis, junto com o layout do site, pela primeira impressão que o cliente terá da loja. Fotografias bem produzidas são um excelente passo para uma loja que quer passar confiança ao seu consumidor.

Adotando essas medidas, certamente a empresa conseguirá passar mais confiança e, por consequência, aumentará a taxa de conversão em vendas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *