You are here
Home > Negócios > Estudo  aponta o crescimento de mulheres que pretendem alugar imóveis no Brasil

Estudo  aponta o crescimento de mulheres que pretendem alugar imóveis no Brasil

O perfil das pessoas interessadas em alugar um imóvel no Brasil é o foco de um estudo do Porto Seguro Aluguel, produto da companhia ideal para quem deseja locar um imóvel em segurança. O levantamento, que contempla análises cadastradas de janeiro de 2013 até o primeiro semestre de 2018, mostrou que o maior crescimento de busca pelo Porto Seguro Fiança neste período é de mulheres, de 36 a 45 anos, casadas e com renda acima de R$ 5 mil. “Esse crescimento se deve ao novo perfil da mulher brasileira, que é responsável, cada vez mais, pela decisão de compra da família e ganha, diariamente, maior representatividade no mercado de trabalho e na sociedade como um todo”, comenta Luiz Henrique, superintendente de Riscos Financeiros e Capitalização da Porto Seguro.

Por outro lado, mesmo com o crescimento de 6% de mulheres pretendentes a locação de um imóvel, elas ainda representam 45,3% de toda a base cadastral da Porto Seguro neste segmento. Os números de casadas e solteiras que pretendem alugar imóveis subiram 7% e 4%, respectivamente. Já o interesse dos homens na busca pelo Seguro Fiança caiu 4% nos últimos anos, mas eles ainda representam 54,7%. Os casados tiveram uma queda na procura pelo seguro de 1,2%, enquanto o número de solteiros cresceu 7%.
Quando analisado as faixas etárias, o maior número de interessados em locação é de pessoas entre 26 e 45 anos, que representa 54,4% de todos os cadastros, um aumento de 3,3% nos últimos cinco anos. O maior crescimento se deve a mulheres e homens entre 36 e 45 anos. Elas tiverem um interesse 15% e eles 14% maior no seguro fiança no período analisado.

O estudo do Porto Seguro Aluguel ainda analisou a renda declarada das pessoas interessadas em ter um contrato de aluguel que conceda maior segurança para o proprietário do imóvel e o inquilino. Os rendimentos mensais com maior representatividade são de R$ 2 mil a R$ 3 mil (12,6%) e acima de R$ 5 mil (51%). “O que observamos nos últimos anos foi uma migração de pessoas entre as faixas de renda. 8,7% do público pretendente à locação migrou da faixa de R$ 0 a R$ 3 mil para R$ 3.001 a acima de R$ 5 mil”, comenta o executivo. Esse número se torna ainda maior se isolarmos as informações pelos rendimentos acima de R$ 5 mil por gênero. O número de mulheres com renda acima desse valor cresceu 28% e entre os homens 18% de 2013 a 2018.

Para Luiz Henrique, há uma mudança de comportamento do consumidor neste setor, uma vez que o seguro fiança tem sido modificado, consideravelmente, para atender as novas demandas da população. “Muito mais rápido, com poucas burocracias e com grande acessibilidade a qualquer bolso, o seguro fiança da Porto Seguro disponível no mercado hoje é aprovado em até três horas úteis. Além disso, concede coberturas e benefícios especiais ao usuário desde o pagamento de aluguel, encargos mensais da locação (IPTU, condomínio, água, luz, gás), danos ao imóvel, pintura e até serviços emergenciais de reparos ao imóvel e descontos para você aproveitar”, acrescenta Luiz.

Mirian Gasparin
Mirian Gasparin, natural de Curitiba, é formada em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo pela Universidade Federal do Paraná e pós-graduada em Finanças Corporativas pela Universidade Federal do Paraná. Profissional com experiência de 44 anos na área de jornalismo, sendo 42 somente na área econômica, com trabalhos pela Rádio Cultura de Curitiba, Jornal Indústria & Comércio e Jornal Gazeta do Povo. Também foi assessora de imprensa das Secretarias de Estado da Fazenda, da Indústria, Comércio e Desenvolvimento Econômico e da Comunicação Social. Desde abril de 2006 é colunista de Negócios da Rádio BandNews Curitiba e escreveu para a revista Soluções do Sebrae/PR. Também é professora titular nos cursos de Jornalismo e Ciências Contábeis da Universidade Tuiuti do Paraná. Ministra cursos para empresários e executivos de empresas paranaenses, de São Paulo e Rio de Janeiro sobre Comunicação e Língua Portuguesa e faz palestras sobre Investimentos. Em julho de 2007 veio um novo desafio profissional, com o blog de Economia no Portal Jornale. Em abril de 2013 passou a ter um blog de Economia no portal Jornal e Notícias. E a partir de maio de 2014, quando completou 40 anos de jornalismo, lançou seu blog independente. Nestes 11 anos de blog, mais de 20 mil matérias foram postadas. Ao longo de sua carreira recebeu 18 prêmios, com destaque para Prêmio Fecomércio de Jornalismo (1º lugar Internet em 2017 e 2016);Prêmio Sistema Fiep de Jornalismo (1º lugar Internet – 2014 e 3º lugar Internet – 2015); Melhor Jornalista de Economia do Paraná concedido pelo Conselho Regional de Economia do Paraná (agosto de 2010); Prêmio Associação Comercial do Paraná de Jornalismo de Economia (outubro de 2010), Destaque do Jornalismo Econômico do Paraná -Shopping Novo Batel (março de 2011). Em dezembro de 2009 ganhou o prêmio Destaque em Radiodifusão nos Melhores do Ano do jornal Diário Popular. Demais prêmios: Prêmio Ceag de Jornalismo, Centro de Apoio à Pequena e Média Empresa do Paraná, atual Sebrae (1987), Prêmio Cidade de Curitiba na categoria Jornalismo Econômico da Câmara Municipal de Curitiba (1990), Prêmio Qualidade Paraná, da International, Exporters Services (1991), Prêmio Abril de Jornalismo, Editora Abril (1992), Prêmio destaque de Jornalismo Econômico, Fiat Allis (1993), Prêmio Mercosul e o Paraná, Federação das Indústrias do Estado do Paraná (1995), As mulheres pioneiras no jornalismo do Paraná, Conselho Estadual da Mulher do Paraná (1996), Mulher de Destaque, Câmara Municipal de Curitiba (1999), Reconhecimento profissional, Sindicato dos Engenheiros do Estado do Paraná (2005), Reconhecimento profissional, Rotary Club de Curitiba Gralha Azul (2005). Faz parte da publicação “Jornalistas Brasileiros – Quem é quem no Jornalismo de Economia”, livro organizado por Eduardo Ribeiro e Engel Paschoal que traz os maiores nomes do Jornalismo Econômico brasileiro.
http://www.miriangasparin.com.br

Deixe uma resposta

Top