You are here
Home > Trabalho/Emprego > Mais de 30 empresas disputam profissionais em evento

Mais de 30 empresas disputam profissionais em evento

Na próxima semana, o campus da Digital House, hub de educação para a formação de profissionais de alta performance para o mercado digital, será palco de um dia diferente de recrutamento. Mais de 30 empresas terão seu espaço no Recruiting Day, um dia que tem como objetivo fazer o match entre os formandos da escola e as companhias que buscam os melhores profissionais.

Nesse dia, serão ofertadas mais de 500 vagas para os formandos nos cursos de Marketing Digital, Desenvolvimento Mobile Android e Desenvolvimento Web Full Stack. O curioso é que o modelo será diferente: não serão os candidatos que disputarão as vagas, mas sim, as empresas que irão brigar pelos melhores profissionais. Gigantes da tecnologia como Movile, Revelo, GE, Guia Bolso e Youse farão uma apresentação para fisgar os formandos para suas equipes. Cada uma das empresas presentes terá uma mesa para receber e conversar com os candidatos.

De acordo com a consultoria americana IDC, existem cerca de 250 mil postos de trabalho para profissionais de tecnologia no Brasil, um setor que movimentou US$ 38 bilhões só em 2017. Ou seja: muitas empresas procurando e poucos profissionais qualificados. Andrea Tedesco, mentora de carreiras da Digital House, aponta que esse foi o motivo que inspirou a fundação da escola no país. “Vivemos em um mundo onde não só consultorias e fábricas de software contratam profissionais de tecnologia; agora todos, literalmente, buscam esses perfis para que seus negócios façam parte da chamada Transformação Digital”, aponta Tedesco.

A especialista esclarece, ainda, que essa inversão de papéis é um modelo que surge da necessidade das empresas em encontrarem pessoas alinhadas à cultura da organização e grande potencial de desenvolvimento. “Os impactos causados pela velocidade exponencial de mudanças no mercado de trabalho são, ao meu ver, um dos importantes pilares dessa inversão de papéis”, analisa.

O Recruiting Day acontecerá com frequência na Digital House, o que significa que ainda há chances para quem ainda está em busca de uma oportunidade para trabalhar no emprego dos sonhos. Todos os meses abrem novas turmas na Digital House, e os cursos duram cerca de cinco meses – prazo suficiente para formar analistas nas áreas de Desenvolvimento Web Full Stack, Desenvolvimento Mobile Android, Marketing Digital, Experiência do Usuário (UX), Gestão de Negócios Digitais, Data Science e Data Analytics.

Além disso, a escola promove eventos, workshops e encontros gratuitos para ajudar a orientar quem ainda não sabe que carreira seguir. “Sabemos que o mundo da tecnologia é novo para muita gente, e por isso, abrimos nossas portas para ajudar quem deseja entrar nessa área”, pontua Andrea. Por fim, a especialista aponta que em sua maioria, os alunos da Digital House são profissionais iniciando ou fazendo a transição para uma carreira no digital, pois vêm encontrando no setor a possibilidade de uma carreira promissora.

mirian
Sobre a Mirian Gasparin Mirian Gasparin, natural de Curitiba, é formada em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo pela Universidade Federal do Paraná e pós-graduada em Finanças Corporativas pela Universidade Federal do Paraná. Profissional com experiência de 44 anos na área de jornalismo, sendo 42 somente na área econômica, com trabalhos pela Rádio Cultura de Curitiba, Jornal Indústria & Comércio e Jornal Gazeta do Povo. Também foi assessora de imprensa das Secretarias de Estado da Fazenda, da Indústria, Comércio e Desenvolvimento Econômico e da Comunicação Social. Desde abril de 2006 é colunista de Negócios da Rádio BandNews Curitiba e escreveu para a revista Soluções do Sebrae/PR. Também é professora titular nos cursos de Jornalismo e Ciências Contábeis da Universidade Tuiuti do Paraná. Ministra cursos para empresários e executivos de empresas paranaenses, de São Paulo e Rio de Janeiro sobre Comunicação e Língua Portuguesa e faz palestras sobre Investimentos. Em julho de 2007 veio um novo desafio profissional, com o blog de Economia no Portal Jornale. Em abril de 2013 passou a ter um blog de Economia no portal Jornal e Notícias. E a partir de maio de 2014, quando completou 40 anos de jornalismo, lançou seu blog independente. Nestes 11 anos de blog, mais de 20 mil matérias foram postadas. Ao longo de sua carreira recebeu 18 prêmios, com destaque para Prêmio Fecomércio de Jornalismo (1º lugar Internet em 2017 e 2016);Prêmio Sistema Fiep de Jornalismo (1º lugar Internet – 2014 e 3º lugar Internet – 2015); Melhor Jornalista de Economia do Paraná concedido pelo Conselho Regional de Economia do Paraná (agosto de 2010); Prêmio Associação Comercial do Paraná de Jornalismo de Economia (outubro de 2010), Destaque do Jornalismo Econômico do Paraná -Shopping Novo Batel (março de 2011). Em dezembro de 2009 ganhou o prêmio Destaque em Radiodifusão nos Melhores do Ano do jornal Diário Popular. Demais prêmios: Prêmio Ceag de Jornalismo, Centro de Apoio à Pequena e Média Empresa do Paraná, atual Sebrae (1987), Prêmio Cidade de Curitiba na categoria Jornalismo Econômico da Câmara Municipal de Curitiba (1990), Prêmio Qualidade Paraná, da International, Exporters Services (1991), Prêmio Abril de Jornalismo, Editora Abril (1992), Prêmio destaque de Jornalismo Econômico, Fiat Allis (1993), Prêmio Mercosul e o Paraná, Federação das Indústrias do Estado do Paraná (1995), As mulheres pioneiras no jornalismo do Paraná, Conselho Estadual da Mulher do Paraná (1996), Mulher de Destaque, Câmara Municipal de Curitiba (1999), Reconhecimento profissional, Sindicato dos Engenheiros do Estado do Paraná (2005), Reconhecimento profissional, Rotary Club de Curitiba Gralha Azul (2005). Faz parte da publicação “Jornalistas Brasileiros – Quem é quem no Jornalismo de Economia”, livro organizado por Eduardo Ribeiro e Engel Paschoal que traz os maiores nomes do Jornalismo Econômico brasileiro.
http://www.miriangasparin.com.br

Deixe uma resposta

Top