You are here
Home > Empreendedorismo > Atividades extracurriculares auxiliam no dia a dia dos funcionários

Atividades extracurriculares auxiliam no dia a dia dos funcionários

Atividades extracurriculares são cada vez mais importantes na hora de contratar um profissional. Muitas vezes, os hobbies dizem muito sobre a personalidade e perfil profissional de cada um. O gosto por esportes extremos, por exemplo, demonstra disciplina e potencial para enfrentar desafios e superar limites.

Esse é o caso do diretor de negócios do GetNinjas, maior plataforma de contratação de serviços do Brasil, Bernardo Srulzon, que é piloto de planador. Bernardo é uma pessoa que sabe lidar com a pressão, não tem medo de desafios, de correr riscos e tem domínio para guiar situações difíceis. Segundo ele, essa experiência é vital para auxiliar no trabalho.. “Em muitas situações diárias busco aplicar meus ensinamentos com base no que aprendo com a pilotagem de planador. Muitas vezes, a calma e o domínio para pilotar me ajudam a lidar com situações difíceis e a pensar de forma mais clara”, diz Bernardo.

Na mesma linha de Bernardo, Flávia Leone é analista de departamento pessoal da startup de serviços e também faz aulas de circo. “As atividades circenses são desafiadoras e exigem superação a cada novo processo de evolução”, conta Leone. “Esses aprendizados me trouxeram habilidades em várias situações, já que em startups tudo muda muito rapidamente e é preciso se adaptar a essas mudanças.”

“Buscamos sempre perguntar sobre hobbies e conhecer que tipo de atividade e projeto a pessoa está envolvida. Praticar ou não alguma atividade extracurricular não é necessariamente um fator decisivo para a escolha de um candidato, mas saber o que ele gosta de fazer, nos diz muito sobre o traço comportamental do mesmo, e isso pode nos auxiliar a entender melhor onde e como este candidato se enquadraria nos perfis da empresa”, ressalta Ana Carolina Chuckman, coordenadora de RH do GetNinjas.

Da falha também é possível trazer aprendizados para a nova empresa. Pedro Naiff, hoje designer do GetNinjas, aprendeu com sua startup falida uma nova forma de lidar com as dificuldades atuais. “O aprendizado com a falha é importantíssimo para o negócio, há diversos empreendedores que tiveram empresas falidas e hoje não cometem mais os mesmo erros em seus novos empreendimentos”, diz Pedro. Por conta da crise que o País vive hoje, saber como lidar com uma situação como essa pode ajudar.

Mirian Gasparin
Mirian Gasparin, natural de Curitiba, é formada em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo pela Universidade Federal do Paraná e pós-graduada em Finanças Corporativas pela Universidade Federal do Paraná. Profissional com experiência de 44 anos na área de jornalismo, sendo 42 somente na área econômica, com trabalhos pela Rádio Cultura de Curitiba, Jornal Indústria & Comércio e Jornal Gazeta do Povo. Também foi assessora de imprensa das Secretarias de Estado da Fazenda, da Indústria, Comércio e Desenvolvimento Econômico e da Comunicação Social. Desde abril de 2006 é colunista de Negócios da Rádio BandNews Curitiba e escreveu para a revista Soluções do Sebrae/PR. Também é professora titular nos cursos de Jornalismo e Ciências Contábeis da Universidade Tuiuti do Paraná. Ministra cursos para empresários e executivos de empresas paranaenses, de São Paulo e Rio de Janeiro sobre Comunicação e Língua Portuguesa e faz palestras sobre Investimentos. Em julho de 2007 veio um novo desafio profissional, com o blog de Economia no Portal Jornale. Em abril de 2013 passou a ter um blog de Economia no portal Jornal e Notícias. E a partir de maio de 2014, quando completou 40 anos de jornalismo, lançou seu blog independente. Nestes 11 anos de blog, mais de 20 mil matérias foram postadas. Ao longo de sua carreira recebeu 18 prêmios, com destaque para Prêmio Fecomércio de Jornalismo (1º lugar Internet em 2017 e 2016);Prêmio Sistema Fiep de Jornalismo (1º lugar Internet – 2014 e 3º lugar Internet – 2015); Melhor Jornalista de Economia do Paraná concedido pelo Conselho Regional de Economia do Paraná (agosto de 2010); Prêmio Associação Comercial do Paraná de Jornalismo de Economia (outubro de 2010), Destaque do Jornalismo Econômico do Paraná -Shopping Novo Batel (março de 2011). Em dezembro de 2009 ganhou o prêmio Destaque em Radiodifusão nos Melhores do Ano do jornal Diário Popular. Demais prêmios: Prêmio Ceag de Jornalismo, Centro de Apoio à Pequena e Média Empresa do Paraná, atual Sebrae (1987), Prêmio Cidade de Curitiba na categoria Jornalismo Econômico da Câmara Municipal de Curitiba (1990), Prêmio Qualidade Paraná, da International, Exporters Services (1991), Prêmio Abril de Jornalismo, Editora Abril (1992), Prêmio destaque de Jornalismo Econômico, Fiat Allis (1993), Prêmio Mercosul e o Paraná, Federação das Indústrias do Estado do Paraná (1995), As mulheres pioneiras no jornalismo do Paraná, Conselho Estadual da Mulher do Paraná (1996), Mulher de Destaque, Câmara Municipal de Curitiba (1999), Reconhecimento profissional, Sindicato dos Engenheiros do Estado do Paraná (2005), Reconhecimento profissional, Rotary Club de Curitiba Gralha Azul (2005). Faz parte da publicação “Jornalistas Brasileiros – Quem é quem no Jornalismo de Economia”, livro organizado por Eduardo Ribeiro e Engel Paschoal que traz os maiores nomes do Jornalismo Econômico brasileiro.
http://www.miriangasparin.com.br

Deixe uma resposta

Top