You are here
Home > Economia > Líderes do varejo brasileiro discutem prevenção de perdas nas empresas

Líderes do varejo brasileiro discutem prevenção de perdas nas empresas

Um painel de discussão econômica com alguns dos principais líderes do varejo, seguido por um encontro técnico com executivos de grandes redes do mercado e a apresentação da pesquisa de perdas de maior segmentação já desenvolvida no país são os destaques, no dia 19 de setembro, na programação do 1º Fórum Abrappe de Prevenção de Perdas. O evento, que ocorre a partir das 13h30 no auditório da Totvs, na zona norte de São Paulo, marca ainda a cerimônia de posse da diretoria e o lançamento da Associação Brasileira de Prevenção de Perdas (Abrappe).

A Abrappe é uma organização independente formada por representantes de mais de 500 empresas de todos os segmentos do varejo nacional. “Nosso objetivo será sempre o de contribuir com a redução das perdas e o aumento da rentabilidade do varejo e da indústria no Brasil. Os profissionais e o departamento de prevenção de perdas devem ser estratégicos em qualquer empresa. Queremos, com a associação, propagar esse conceito, pois anualmente bilhões de reais do varejo vão diretamente com o ralo”, argumenta Carlos Eduardo Santos, presidente da Abrappe.
A constituição da Abrappe foi definida em setembro de 2017 durante encontro entre dez profissionais de prevenção de perdas em São Paulo. Além da presença na capital paulista, sedes regionais integram a associação por meio das unidades da Comissão de Prevenção de Perdas, Auditoria e Gerenciamento de Riscos (CPAR). Marisa, Sonda, Riachuelo, Dia e Livraria Cultura estão entre as companhias que já sediaram os encontros da CPAR desde o ano passado.

Painel de discussões e pesquisa – Para o painel de Líderes do Varejo estão confirmadas as participações de Ubirajara Pasquotto (presidente da Cybelar), André Peixoto (CEO da Leader), Rodrigo Caselli (CEO do Grupo Avenida), Mauro Mariz Gonçalves (diretor de Gente da Riachuelo), Paulo César Lopes (diretor da Unibrasil e ACATS) e Paulo Ricardo Oliveira (presidente da Farmais). Já no painel Executivos de Prevenção de Perdas estarão presentes Erlon de Jesus Lisboa (gerente executivo de Auditoria Interna, Riscos, Prevenção de Perdas e Assuntos Regulatórios na Drogaria São Paulo), Lenivaldo Barros (gerente de Prevenção de Perdas/Auditoria Operacional das Lojas Riachuelo), Cristiana Araújo (diretora Risco Corporativo da Drogaria Araújo), Jérome Mairet (diretor de Riscos e Perdas do Carrefour no Brasil) e Marcelo Soares (diretor de Prevenção de Perdas do Makro Atacadista).

O grande destaque do fórum, no entanto, será a apresentação da pesquisa sobre perdas com maior participação de segmentos do varejo já desenvolvida no país. Sob a coordenação de Carlos Eduardo Santos, o estudo fez o levantamento em 11 segmentos – atacarejo, calçados, construção/lar, drogarias, eletro/móveis, esportes, livrarias/papelarias, magazines, moda, perfumaria e supermercados (até então, pesquisas avaliaram apenas oito) – que contabilizaram, em 2017, perda média de 1,29% do faturamento total do varejo restrito de R$ 1,51 trilhão de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Segundo o presidente da Abrappe, prevenir perdas é um grande desafio para as redes varejistas e mesmo as indústrias. “Em alguns segmentos, a margem líquida é de 2%. Nesse contexto, perdas de 1,29% são muito significativas para a lucratividade de qualquer negócio. Por isso nossa ideia é discutirmos o assunto de forma mais profunda e abrangente, trocando experiências e, principalmente, disseminando a cultura da prevenção, já amplamente destacada na Europa e Estados Unidos”, diz Santos.

Mirian Gasparin
Mirian Gasparin, natural de Curitiba, é formada em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo pela Universidade Federal do Paraná e pós-graduada em Finanças Corporativas pela Universidade Federal do Paraná. Profissional com experiência de 44 anos na área de jornalismo, sendo 42 somente na área econômica, com trabalhos pela Rádio Cultura de Curitiba, Jornal Indústria & Comércio e Jornal Gazeta do Povo. Também foi assessora de imprensa das Secretarias de Estado da Fazenda, da Indústria, Comércio e Desenvolvimento Econômico e da Comunicação Social. Desde abril de 2006 é colunista de Negócios da Rádio BandNews Curitiba e escreveu para a revista Soluções do Sebrae/PR. Também é professora titular nos cursos de Jornalismo e Ciências Contábeis da Universidade Tuiuti do Paraná. Ministra cursos para empresários e executivos de empresas paranaenses, de São Paulo e Rio de Janeiro sobre Comunicação e Língua Portuguesa e faz palestras sobre Investimentos. Em julho de 2007 veio um novo desafio profissional, com o blog de Economia no Portal Jornale. Em abril de 2013 passou a ter um blog de Economia no portal Jornal e Notícias. E a partir de maio de 2014, quando completou 40 anos de jornalismo, lançou seu blog independente. Nestes 11 anos de blog, mais de 20 mil matérias foram postadas. Ao longo de sua carreira recebeu 18 prêmios, com destaque para Prêmio Fecomércio de Jornalismo (1º lugar Internet em 2017 e 2016);Prêmio Sistema Fiep de Jornalismo (1º lugar Internet – 2014 e 3º lugar Internet – 2015); Melhor Jornalista de Economia do Paraná concedido pelo Conselho Regional de Economia do Paraná (agosto de 2010); Prêmio Associação Comercial do Paraná de Jornalismo de Economia (outubro de 2010), Destaque do Jornalismo Econômico do Paraná -Shopping Novo Batel (março de 2011). Em dezembro de 2009 ganhou o prêmio Destaque em Radiodifusão nos Melhores do Ano do jornal Diário Popular. Demais prêmios: Prêmio Ceag de Jornalismo, Centro de Apoio à Pequena e Média Empresa do Paraná, atual Sebrae (1987), Prêmio Cidade de Curitiba na categoria Jornalismo Econômico da Câmara Municipal de Curitiba (1990), Prêmio Qualidade Paraná, da International, Exporters Services (1991), Prêmio Abril de Jornalismo, Editora Abril (1992), Prêmio destaque de Jornalismo Econômico, Fiat Allis (1993), Prêmio Mercosul e o Paraná, Federação das Indústrias do Estado do Paraná (1995), As mulheres pioneiras no jornalismo do Paraná, Conselho Estadual da Mulher do Paraná (1996), Mulher de Destaque, Câmara Municipal de Curitiba (1999), Reconhecimento profissional, Sindicato dos Engenheiros do Estado do Paraná (2005), Reconhecimento profissional, Rotary Club de Curitiba Gralha Azul (2005). Faz parte da publicação “Jornalistas Brasileiros – Quem é quem no Jornalismo de Economia”, livro organizado por Eduardo Ribeiro e Engel Paschoal que traz os maiores nomes do Jornalismo Econômico brasileiro.
http://www.miriangasparin.com.br

Deixe uma resposta

Top