You are here
Home > Economia > Bolsa tem o pior pregão em dois meses e dólar volta a subir

Bolsa tem o pior pregão em dois meses e dólar volta a subir

No pior pregão dos últimos dois meses, o Ibovespa encerrou o pregão desta quarta-feira (10) com baixa de 2,8% em 83.679 pontos. A queda da Bolsa foi atribuída a fala do candidato à Presidência, Jair Bolsonaro, e a derrocada em Wall Street.

O dólar comercial voltou a subir, encerando o dia cotado a R$ 3,7635, com alta de 1,2% em relação ao dia anterior.
Em entrevista ao Jornal da Band, Bolsonaro disse que caso seja eleito no segundo turno vai diminuir impostos. Ele também garantiu que Paulo Guedes, seu assessor econômico, disse ser viável criar mais empregos, desburocratizar impostos e leis e reduzir a inflação. Segundo o candidato do PSL, é possível resolver problemas ao nomear as pessoas certas para os locais certos, citando como exemplo o Banco Central.

“Você não pode falar em aumentar impostos. Ninguém hoje em dia quer empregar ninguém, ninguém quer investir. O cara quer investir no Brasil pra produzir o que, pra vender pra quem? Nós chegamos a esse ponto” afirmou Bolsonaro.

O candidato também falou em entrevista que a reforma política não depende apenas do presidente, mas principalmente do Congresso Nacional. Bolsonaro voltou a falar ainda em fundir os Ministérios da Agricultura e Meio Ambiente.

Sobre a redução penal, o militar reforçou que pretende colocar o projeto em discussão na Câmara para diminuir a maioridade penal para 17 ou 16 anos. Reafirmou também sua proposta de liberar a posse de armas para os brasileiros.

“A posse de arma de fogo deve ser um direito do cidadão de bem, quem quiser ter uma arma dentro de sua casa, dentro da sua fazenda, com alguns critérios tem que ter esse direito. A arma de fogo mais que defender sua vida, defende sua liberdade”.

O candidato do PSL criticou o número de estatais que dão prejuízo e sugeriu privatiza-las ou extingui-las. No caso da energia elétrica, disse que é preciso mudar a indicação e o cenário político para rever privatização da Eletrobras “para não entregar para os chineses”.

Mirian Gasparin
Mirian Gasparin, natural de Curitiba, é formada em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo pela Universidade Federal do Paraná e pós-graduada em Finanças Corporativas pela Universidade Federal do Paraná. Profissional com experiência de 44 anos na área de jornalismo, sendo 42 somente na área econômica, com trabalhos pela Rádio Cultura de Curitiba, Jornal Indústria & Comércio e Jornal Gazeta do Povo. Também foi assessora de imprensa das Secretarias de Estado da Fazenda, da Indústria, Comércio e Desenvolvimento Econômico e da Comunicação Social. Desde abril de 2006 é colunista de Negócios da Rádio BandNews Curitiba e escreveu para a revista Soluções do Sebrae/PR. Também é professora titular nos cursos de Jornalismo e Ciências Contábeis da Universidade Tuiuti do Paraná. Ministra cursos para empresários e executivos de empresas paranaenses, de São Paulo e Rio de Janeiro sobre Comunicação e Língua Portuguesa e faz palestras sobre Investimentos. Em julho de 2007 veio um novo desafio profissional, com o blog de Economia no Portal Jornale. Em abril de 2013 passou a ter um blog de Economia no portal Jornal e Notícias. E a partir de maio de 2014, quando completou 40 anos de jornalismo, lançou seu blog independente. Nestes 11 anos de blog, mais de 20 mil matérias foram postadas. Ao longo de sua carreira recebeu 18 prêmios, com destaque para Prêmio Fecomércio de Jornalismo (1º lugar Internet em 2017 e 2016);Prêmio Sistema Fiep de Jornalismo (1º lugar Internet – 2014 e 3º lugar Internet – 2015); Melhor Jornalista de Economia do Paraná concedido pelo Conselho Regional de Economia do Paraná (agosto de 2010); Prêmio Associação Comercial do Paraná de Jornalismo de Economia (outubro de 2010), Destaque do Jornalismo Econômico do Paraná -Shopping Novo Batel (março de 2011). Em dezembro de 2009 ganhou o prêmio Destaque em Radiodifusão nos Melhores do Ano do jornal Diário Popular. Demais prêmios: Prêmio Ceag de Jornalismo, Centro de Apoio à Pequena e Média Empresa do Paraná, atual Sebrae (1987), Prêmio Cidade de Curitiba na categoria Jornalismo Econômico da Câmara Municipal de Curitiba (1990), Prêmio Qualidade Paraná, da International, Exporters Services (1991), Prêmio Abril de Jornalismo, Editora Abril (1992), Prêmio destaque de Jornalismo Econômico, Fiat Allis (1993), Prêmio Mercosul e o Paraná, Federação das Indústrias do Estado do Paraná (1995), As mulheres pioneiras no jornalismo do Paraná, Conselho Estadual da Mulher do Paraná (1996), Mulher de Destaque, Câmara Municipal de Curitiba (1999), Reconhecimento profissional, Sindicato dos Engenheiros do Estado do Paraná (2005), Reconhecimento profissional, Rotary Club de Curitiba Gralha Azul (2005). Faz parte da publicação “Jornalistas Brasileiros – Quem é quem no Jornalismo de Economia”, livro organizado por Eduardo Ribeiro e Engel Paschoal que traz os maiores nomes do Jornalismo Econômico brasileiro.
http://www.miriangasparin.com.br

Deixe uma resposta

Top