10 dicas para o site da sua empresa se diferenciar no mercado - Mirian Gasparin
You are here
Home > Negócios > 10 dicas para o site da sua empresa se diferenciar no mercado

10 dicas para o site da sua empresa se diferenciar no mercado

Presença online é indispensável para um negócio bem-sucedido. Com o aumento da procura por produtos e serviços na internet, um site bem estruturado pode ser decisivo na prospecção de novos clientes (prospects) e nas vendas. É o caso da Ademilar Consórcio de Investimento Imobiliário. Para a diretora-superintendente da empresa, a presença online passa credibilidade e confiança no negócio. “Reformulamos 100% do nosso site. O objetivo é apresentar aos prospects todas as informações sobre o consórcio de imóveis, como as possibilidades de uso do crédito. Destacamos isto, por exemplo, no menu lateral da home”, explica.

Para fortalecer o posicionamento da sua empresa no mercado e garantir um site atrativo e funcional, o professor do curso de Publicidade e Propaganda e de Sistemas de Informação da Universidade Positivo, Renato Buiatti, aponta dez dicas. Confira:

1) Adote um visual clean: A página inicial do site deve conter espaços em branco intercalados com fotos, imagens e informações, de forma amigável, sem comprometer o design. Uma página muito limpa não é recomendada, assim como o excesso de ícones e de informações pode deixar o cenário poluído. É preciso encontrar um equilíbrio. Lembre-se que uma imagem fala mais do que mil palavras. Em seu novo site, a Ademilar optou por uma interface amigável para a captação de leads (prospects).

2) Programe um site responsivo: Segundo pesquisa desenvolvida pelo Comitê Gestor da Internet no Brasil, a conexão à internet somente pelo celular se tornou a forma mais comum de navegar na web no País. Diante dessa realidade, as empresas precisam desenvolver um site responsivo – que se adapte ao tamanho das telas, seja de computador, tablet ou celular – para facilitar a navegação e atingir todos os públicos. No novo site da Ademilar foi adotado o conceito mobile first, com menu enxuto, possibilitando uma navegação prática, sobretudo em dispositivos móveis.

3) Facilite o contato com o seu produto/serviço: Uma das principais utilidades de um site é fornecer contatos e endereços da empresa para o cliente caso ele queira fazer a compra do produto ou a contratação do serviço pessoalmente. Por isso, é importante que essas informações estejam sempre visíveis. Na aba “Onde Encontrar” do site da Ademilar, o usuário se informa sobre a localização das unidades de negócio da empresa, que também disponibiliza um simulador de consórcio de imóveis. As informações fornecidas são repassadas a um dos 450 consultores de vendas da empresa, que fará o contato com o cliente sem que ele precise se deslocar até um ponto de venda para ter informações sobre a modalidade.

4) Facilite a utilização do site: Muitas plataformas pedem que o usuário se cadastre para ter acesso a todas as funções do site. Nesses casos, o cadastro pode ser facilitado por meio das redes sociais. A Ademilar utilizou o recurso de User Experience, a partir do qual os usuários podem conectar contas das mídias sociais como Facebook e LinkedIn para fazer a simulação de consórcio de forma prática e ágil.

5) Invista em recursos tecnológicos: Alguns recursos tecnológicos podem facilitar a navegação do cliente pelo site. Um exemplo são os chat bots, que fazem um primeiro atendimento sem necessariamente existir uma pessoa operando. No novo site, a Ademilar utilizou o recurso de geolocalização na aba “Onde Encontrar”. Dessa forma, a plataforma aponta automaticamente qual a unidade de negócio mais próxima, sem a necessidade de se fazer essa pesquisa.

6) Reserve uma área para funcionários: Incluir um espaço para colaboradores da empresa dentro do site garante o acesso à intranet por qualquer dispositivo. Esta funcionalidade já existia no site da Ademilar e foi mantida na nova versão.

7) Organize seu conteúdo: O que é o produto/serviço, como encontrar, quem somos, notícias. Um site pode conter muitas informações, por isso é importante organizá-las por ordem de importância ou juntá-las em um mesmo tópico para otimizar o espaço. Invista nas abas, para segmentar o conteúdo e mostrar ao usuário apenas o que ele realmente quer ver.

8) Construa textos com as técnicas de SEO: Ao construir títulos e textos para o site, é interessante utilizar as técnicas de SEO, que são um conjunto de estratégias com o objetivo de melhorar o posicionamento do site da empresa nos sites de busca, de forma natural (orgânica), sem pagar por isso. Se a plataforma estiver no topo das buscas, ela irá alcançar mais pessoas, gerando mais visitas.

9) Insira as “perguntas frequentes”: Se o produto ou o serviço é inovador, é comum que surjam muitas dúvidas no cliente. A seção “perguntas frequentes” inseridas no site pode resolver os questionamentos do usuário rapidamente, o que facilita a venda e a empresa que percebe isso sai na frente no relacionamento com um possível cliente. Como na versão anterior, a opção continua presente no site da Ademilar.

10) Leve o cliente até as redes sociais: A presença on-line de uma empresa também deve estar nas redes sociais, porém, os prospects e clientes podem não encontrá-las sozinho. Para facilitar esse acesso, o site deve contar com hiperlinks para redirecionar o usuário. Na home do novo site da Ademilar é possível encontrar atalhos para blog da empresa, Instagram, Facebook, Pinterest, YouTube e LinkedIn.

Mirian Gasparin
Mirian Gasparin, natural de Curitiba, é formada em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo pela Universidade Federal do Paraná e pós-graduada em Finanças Corporativas pela Universidade Federal do Paraná. Profissional com experiência de 44 anos na área de jornalismo, sendo 42 somente na área econômica, com trabalhos pela Rádio Cultura de Curitiba, Jornal Indústria & Comércio e Jornal Gazeta do Povo. Também foi assessora de imprensa das Secretarias de Estado da Fazenda, da Indústria, Comércio e Desenvolvimento Econômico e da Comunicação Social. Desde abril de 2006 é colunista de Negócios da Rádio BandNews Curitiba e escreveu para a revista Soluções do Sebrae/PR. Também é professora titular nos cursos de Jornalismo e Ciências Contábeis da Universidade Tuiuti do Paraná. Ministra cursos para empresários e executivos de empresas paranaenses, de São Paulo e Rio de Janeiro sobre Comunicação e Língua Portuguesa e faz palestras sobre Investimentos. Em julho de 2007 veio um novo desafio profissional, com o blog de Economia no Portal Jornale. Em abril de 2013 passou a ter um blog de Economia no portal Jornal e Notícias. E a partir de maio de 2014, quando completou 40 anos de jornalismo, lançou seu blog independente. Nestes 11 anos de blog, mais de 20 mil matérias foram postadas. Ao longo de sua carreira recebeu 18 prêmios, com destaque para Prêmio Fecomércio de Jornalismo (1º lugar Internet em 2017 e 2016);Prêmio Sistema Fiep de Jornalismo (1º lugar Internet – 2014 e 3º lugar Internet – 2015); Melhor Jornalista de Economia do Paraná concedido pelo Conselho Regional de Economia do Paraná (agosto de 2010); Prêmio Associação Comercial do Paraná de Jornalismo de Economia (outubro de 2010), Destaque do Jornalismo Econômico do Paraná -Shopping Novo Batel (março de 2011). Em dezembro de 2009 ganhou o prêmio Destaque em Radiodifusão nos Melhores do Ano do jornal Diário Popular. Demais prêmios: Prêmio Ceag de Jornalismo, Centro de Apoio à Pequena e Média Empresa do Paraná, atual Sebrae (1987), Prêmio Cidade de Curitiba na categoria Jornalismo Econômico da Câmara Municipal de Curitiba (1990), Prêmio Qualidade Paraná, da International, Exporters Services (1991), Prêmio Abril de Jornalismo, Editora Abril (1992), Prêmio destaque de Jornalismo Econômico, Fiat Allis (1993), Prêmio Mercosul e o Paraná, Federação das Indústrias do Estado do Paraná (1995), As mulheres pioneiras no jornalismo do Paraná, Conselho Estadual da Mulher do Paraná (1996), Mulher de Destaque, Câmara Municipal de Curitiba (1999), Reconhecimento profissional, Sindicato dos Engenheiros do Estado do Paraná (2005), Reconhecimento profissional, Rotary Club de Curitiba Gralha Azul (2005). Faz parte da publicação “Jornalistas Brasileiros – Quem é quem no Jornalismo de Economia”, livro organizado por Eduardo Ribeiro e Engel Paschoal que traz os maiores nomes do Jornalismo Econômico brasileiro.
http://www.miriangasparin.com.br

Deixe uma resposta

Top