Embraer entrega 181 jatos em 2018 - Mirian Gasparin
You are here
Home > Negócios > Embraer entrega 181 jatos em 2018

Embraer entrega 181 jatos em 2018

A Embraer (NYSE; ERJ; B3; BOVESPA; EMBR3) entregou um total de 181 jatos em 2018, dos quais 90 foram jatos comerciais e 91 foram jatos executivos (sendo 64 leves e 27 grandes). O volume de entregas para a aviação comercial ficou dentro da estimativa de 85 a 95 jatos comerciais, enquanto a aviação executiva ficou abaixo da previsão de 105 a 125, como divulgado pela companhia em recente encontro com investidores e analistas na Bolsa de Valores de Nova York (NYSE). No quarto trimestre de 2018, a Embraer entregou 33 jatos comerciais e 36 jatos executivos (24 leves e 12 grandes). Em 31 de dezembro, a carteira de pedidos firmes a entregar totalizava USD 16,3 bilhões. Veja os detalhes abaixo:

Durante o quarto trimestre, a Embraer confirmou a venda de jatos comerciais seguindo os acordos estabelecidos no Farnborough Airshow, em julho de 2018. A Republic Airways, maior operadora do mundo de E-Jets, assinou um contrato firme de 100 jatos E175. O contrato também inclui o direito de compra de 100 jatos E175 adicionais, com direito de conversão para o E175-E2, elevando o potencial do pedido para até 200 E-Jets.

A Azul Linhas Aéreas Brasileiras confirmou igualmente o pedido firme de 21 jatos E195-E2 previamente revelado. Esse contrato é uma adição aos 30 jatos E195-E2 pedidos em 2015 pela companhia, resultando em uma encomenda total de 51 jatos E2. A Azul é a operadora de lançamento do E195-E2 e receberá sua primeira aeronave em 2019.

Finalizando os contratos acordados no airshow, a Embraer assinou um pedido firme de três jatos E190 com a Nordic Aviation Capital (NAC), a líder global de leasing de aeronaves regionais, e revelou que a Binter Canarias, da Espanha, receberá seu primeiro jato E195-E2 no segundo semestre de 2019, tornando-se o primeiro cliente europeu do maior modelo da família dos E-Jets E2. A companhia confirmou a encomenda de três jatos E195-E2. O contrato inclui também o direito de compra a dois jatos adicionais do mesmo modelo.

A Embraer anunciou no último trimestre que a American Airlines Inc. assinou um pedido firme de 15 jatos E175, com a configuração de 76 assentos. Também foi anunciado um contrato com o Governo do Kiribati, juntamente com sua linha aérea nacional, Air Kiribati, de dois pedidos firmes do jato E190-E2 e direito de compra de outros dois jatos do mesmo modelo. Recentemente, a Embraer revelou o pedido firme adicional de nove jatos E175 feito pela SkyWest, que foi incluído na carteira de encomendas do último trimestre. Desde 2013, a SkyWest comprou um total de 158 jatos E-175 (incluindo esses nove) para expandir a sua existente frota de aeronaves Embraer.

Em relação ao mercado de aviação executiva, a Embraer lançou no quarto trimestre os novos modelos de jatos executivos Praetor 500 e Praetor 600, oferecendo autonomia de voo sem precedentes para as categorias midsize e super-midsize. A certificação e entrada em serviço do Praetor 600 é esperada para o segundo trimestre de 2019, seguido do Praetor 500 no terceiro trimestre.

A Embraer Defesa & Segurança celebrou um importante marco ao receber o Certificado de Tipo para o avião de transporte multimissão KC-390 da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC). A companhia também concluiu com sucesso os testes de desembarque de tropas, evacuação pelas escotilhas e evacuação pelas portas dianteiras e traseiras do avião em ensaios apoiados pela Força Aérea Brasileira (FAB) e do Exército Brasileiro.

No quarto trimestre, a área de Serviços e Suporte anunciou diversos contratos com companhias ao redor do mundo. A Air Peace, companhia aérea privada líder da Nigéria, assinou um contrato de prestação de serviços e suporte à frota de seis jatos ERJ 145. A Trans States Airlines confirmou a assinatura de um contrato de adesão ao Programa de Planejamento Colaborativo de Estoques da Embraer (ECIP, na sigla em inglês), uma solução de fornecimento de partes. Além disso, a Embraer assinou um acordo com a Western Air, das Bahamas, com duração de vários anos para um Programa Pool de Peças de reposição e manutenção para apoiar sua frota de jatos ERJ 145.

Mirian Gasparin
Mirian Gasparin, natural de Curitiba, é formada em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo pela Universidade Federal do Paraná e pós-graduada em Finanças Corporativas pela Universidade Federal do Paraná. Profissional com experiência de 44 anos na área de jornalismo, sendo 42 somente na área econômica, com trabalhos pela Rádio Cultura de Curitiba, Jornal Indústria & Comércio e Jornal Gazeta do Povo. Também foi assessora de imprensa das Secretarias de Estado da Fazenda, da Indústria, Comércio e Desenvolvimento Econômico e da Comunicação Social. Desde abril de 2006 é colunista de Negócios da Rádio BandNews Curitiba e escreveu para a revista Soluções do Sebrae/PR. Também é professora titular nos cursos de Jornalismo e Ciências Contábeis da Universidade Tuiuti do Paraná. Ministra cursos para empresários e executivos de empresas paranaenses, de São Paulo e Rio de Janeiro sobre Comunicação e Língua Portuguesa e faz palestras sobre Investimentos. Em julho de 2007 veio um novo desafio profissional, com o blog de Economia no Portal Jornale. Em abril de 2013 passou a ter um blog de Economia no portal Jornal e Notícias. E a partir de maio de 2014, quando completou 40 anos de jornalismo, lançou seu blog independente. Nestes 11 anos de blog, mais de 20 mil matérias foram postadas. Ao longo de sua carreira recebeu 18 prêmios, com destaque para Prêmio Fecomércio de Jornalismo (1º lugar Internet em 2017 e 2016);Prêmio Sistema Fiep de Jornalismo (1º lugar Internet – 2014 e 3º lugar Internet – 2015); Melhor Jornalista de Economia do Paraná concedido pelo Conselho Regional de Economia do Paraná (agosto de 2010); Prêmio Associação Comercial do Paraná de Jornalismo de Economia (outubro de 2010), Destaque do Jornalismo Econômico do Paraná -Shopping Novo Batel (março de 2011). Em dezembro de 2009 ganhou o prêmio Destaque em Radiodifusão nos Melhores do Ano do jornal Diário Popular. Demais prêmios: Prêmio Ceag de Jornalismo, Centro de Apoio à Pequena e Média Empresa do Paraná, atual Sebrae (1987), Prêmio Cidade de Curitiba na categoria Jornalismo Econômico da Câmara Municipal de Curitiba (1990), Prêmio Qualidade Paraná, da International, Exporters Services (1991), Prêmio Abril de Jornalismo, Editora Abril (1992), Prêmio destaque de Jornalismo Econômico, Fiat Allis (1993), Prêmio Mercosul e o Paraná, Federação das Indústrias do Estado do Paraná (1995), As mulheres pioneiras no jornalismo do Paraná, Conselho Estadual da Mulher do Paraná (1996), Mulher de Destaque, Câmara Municipal de Curitiba (1999), Reconhecimento profissional, Sindicato dos Engenheiros do Estado do Paraná (2005), Reconhecimento profissional, Rotary Club de Curitiba Gralha Azul (2005). Faz parte da publicação “Jornalistas Brasileiros – Quem é quem no Jornalismo de Economia”, livro organizado por Eduardo Ribeiro e Engel Paschoal que traz os maiores nomes do Jornalismo Econômico brasileiro.
http://www.miriangasparin.com.br

Deixe uma resposta

Top