Turismo de negócios injetou R$ 150 milhões na economia de Curitiba - Mirian Gasparin
You are here
Home > Economia > Turismo de negócios injetou R$ 150 milhões na economia de Curitiba

Turismo de negócios injetou R$ 150 milhões na economia de Curitiba

Com forte vocação para o turismo de negócio, Curitiba fechou 2018 com bons números no que diz respeito ao setor M.I.C.E, segundo balanço do Curitiba e Região Convention & Visitors Bureau (CCVB). Ao longo do ano, eventos sediados na cidade atraíram mais de 333 mil turistas e injetaram cerca de R$ 150 milhões na economia local.

No calendário da capital paranaense foram contabilizados, em 2018, 241 eventos. “Tivemos um ano conturbado no cenário político e econômico do país, mas mesmo com essas dificuldades Curitiba alcançou resultados positivos” comenta Adonai Aires de Arruda, executivo que esteve na presidência da entidade nos últimos dois anos.

Para 2019, a expectativa é de crescimento. Curitiba está entre os principais destinos para eventos de negócios na América Latina, segundo ranking da CWT Meetings & Events da empresa global de gestão de viagens Carlson Wagonlit Travel (CWT) que divulgou o relatório Meetings & Events Future Trends 2019. Entre as cidades brasileiras apontadas no levantamento estão: São Paulo em 1º lugar, Rio de Janeiro em 4º, e Curitiba em 9º, única em destaque na Região Sul.

Em 2018, o setor alcançou uma vitória positiva ao ver sancionada a Lei Complementar nº 107 que reduziu a alíquota de ISS de 5% para 2% para congressos, feiras e shows. Para Adonai, este é mais um fator que deve contribuir expressivamente para o crescimento do setor de eventos na capital. “As captações para 2019 e 2020 já devem ser alavancadas por essa mudança na lei. O cenário atual é bastante positivo e as perspectivas futuras também” comenta. Apenas pelo CCVB, 21 eventos já estão confirmados para os próximos dois anos, em Curitiba.

Além da atuação no que se refere à captação, a entidade atua fortemente no trabalho de geração de negócios e capacitação dos associados. Entre as diversas atividades promovidas em 2018, se destacam as Rodadas de Negócios, que atingiram o índice de 98% de satisfação, participação em feiras, famturs, entre outras. A entidade fechou o ano com 150 empresas associadas, 7,9% a mais do que em 2017.

A campanha “Eu apoio a Room Tax/Doação para o Turismo”, cuja renda é revertida para investimentos no destino Curitiba para o turismo de lazer e negócios e na sensibilização de agentes envolvidos diretamente ao segmento, o CCVB contabilizou incremento de 2,44% na arrecadação. Durante o ano, os treinamentos e capacitações promovidos pela entidade alcançaram mais de 100 profissionais.

Em janeiro deste ano, o CCVB deu posse ao novo Corpo Diretivo para a Gestão 2019/2020. Paulo Peretti Iglesias, do Alta Reggia Plaza Hotel, assumiu a presidência e o comando da entidade ao lado de Gislaine Queiroz Deger, da Única Recepção e Eventos (1ª Vice- Presidente) e Jonel Chede Filho, do Hotel Transamérica Prime Batel ( 2º Vice- Presidente). A equipe é composta ainda por Fernanda Rodrigues Pereira Skraba, da Mark Messe (Diretoria Financeira) e Alexane Bassetti Salles dos Santos, do Hotel Blumenau (Suplente), Adonai Aires de Arruda Filho, da BWT Operadora (Diretoria Administrativa) e Elias Rodrigues, do Four Points by Sheraton Curitiba (Suplente); Larissa de Lima Remonato, da Cadence Viagens e Eventos (Diretoria de Marketing) e Dioclésio da Silva Silveira da Marinella Eventos (Suplente).

De acordo com Paulo Iglesias, novo presidente da entidade, a nova gestão será marcada pela ampliação de visibilidade do CCVB e estreitamento de laços com o poder público. “Já temos um histórico de muita proximidade com órgãos estaduais e municipais, mas queremos que essas relações tenham desdobramentos ainda mais concretos” afirma Iglesias. “A atuação do CCVB tem sido determinante no turismo da cidade, tornar isso ainda mais visível para o mercado é um dos nossos objetivos a partir deste ano”, completa o executivo.

Mirian Gasparin
Mirian Gasparin, natural de Curitiba, é formada em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo pela Universidade Federal do Paraná e pós-graduada em Finanças Corporativas pela Universidade Federal do Paraná. Profissional com experiência de 44 anos na área de jornalismo, sendo 42 somente na área econômica, com trabalhos pela Rádio Cultura de Curitiba, Jornal Indústria & Comércio e Jornal Gazeta do Povo. Também foi assessora de imprensa das Secretarias de Estado da Fazenda, da Indústria, Comércio e Desenvolvimento Econômico e da Comunicação Social. Desde abril de 2006 é colunista de Negócios da Rádio BandNews Curitiba e escreveu para a revista Soluções do Sebrae/PR. Também é professora titular nos cursos de Jornalismo e Ciências Contábeis da Universidade Tuiuti do Paraná. Ministra cursos para empresários e executivos de empresas paranaenses, de São Paulo e Rio de Janeiro sobre Comunicação e Língua Portuguesa e faz palestras sobre Investimentos. Em julho de 2007 veio um novo desafio profissional, com o blog de Economia no Portal Jornale. Em abril de 2013 passou a ter um blog de Economia no portal Jornal e Notícias. E a partir de maio de 2014, quando completou 40 anos de jornalismo, lançou seu blog independente. Nestes 11 anos de blog, mais de 20 mil matérias foram postadas. Ao longo de sua carreira recebeu 18 prêmios, com destaque para Prêmio Fecomércio de Jornalismo (1º lugar Internet em 2017 e 2016);Prêmio Sistema Fiep de Jornalismo (1º lugar Internet – 2014 e 3º lugar Internet – 2015); Melhor Jornalista de Economia do Paraná concedido pelo Conselho Regional de Economia do Paraná (agosto de 2010); Prêmio Associação Comercial do Paraná de Jornalismo de Economia (outubro de 2010), Destaque do Jornalismo Econômico do Paraná -Shopping Novo Batel (março de 2011). Em dezembro de 2009 ganhou o prêmio Destaque em Radiodifusão nos Melhores do Ano do jornal Diário Popular. Demais prêmios: Prêmio Ceag de Jornalismo, Centro de Apoio à Pequena e Média Empresa do Paraná, atual Sebrae (1987), Prêmio Cidade de Curitiba na categoria Jornalismo Econômico da Câmara Municipal de Curitiba (1990), Prêmio Qualidade Paraná, da International, Exporters Services (1991), Prêmio Abril de Jornalismo, Editora Abril (1992), Prêmio destaque de Jornalismo Econômico, Fiat Allis (1993), Prêmio Mercosul e o Paraná, Federação das Indústrias do Estado do Paraná (1995), As mulheres pioneiras no jornalismo do Paraná, Conselho Estadual da Mulher do Paraná (1996), Mulher de Destaque, Câmara Municipal de Curitiba (1999), Reconhecimento profissional, Sindicato dos Engenheiros do Estado do Paraná (2005), Reconhecimento profissional, Rotary Club de Curitiba Gralha Azul (2005). Faz parte da publicação “Jornalistas Brasileiros – Quem é quem no Jornalismo de Economia”, livro organizado por Eduardo Ribeiro e Engel Paschoal que traz os maiores nomes do Jornalismo Econômico brasileiro.
http://www.miriangasparin.com.br

Deixe uma resposta

Top