Terminal de Contêineres de Paranaguá cresce 12% e atinge faturamento de R$ 284 milhões nos primeiros seis meses do ano

O Terminal de Contêineres de Paranaguá obteve receita de R$ 284 milhões no 1º semestre de 2017, contra R$ 253 milhões no mesmo período do ano passado, resultado que representa um crescimento de 12% no faturamento. No período, o Terminal movimentou aproximadamente 372 mil TEUs. Somente no 2º trimestre encerrado em 30 de junho, o crescimento foi de 1,8% no volume movimentado, atingindo 201 mil TEUs, crescimento acima ao do mercado. De acordo com Alexandre Rubio Teixeira Pinto, CFO da TCP, as importações de automotivos, bens de consumo e eletrônicos suportaram o crescimento do volume movimentado nesse último trimestre.

Outro destaque positivo do TCP no 1º semestre foi o volume de cargas refrigeradas movimentadas (carne, frango e suínos), que vem obtendo recursos consecutivos neste ano e atingiu 8.249 contêineres no mês de junho passado.

Continue lendo “Terminal de Contêineres de Paranaguá cresce 12% e atinge faturamento de R$ 284 milhões nos primeiros seis meses do ano”

Pela quarta vez consecutiva Perkins é reconhecida como uma das melhores empresas para trabalhar no Brasil

Luis Lemos, Maurício de Lima, Elisabeth Hass e Rodrigo Chibior.

Um dos institutos internacionais de pesquisa mais respeitado no Brasil, o Great Place to Work nomeou a Perkins como 10ª melhor empresa para trabalhar no Brasil na categoria multinacional média. O prêmio, que é definido através de uma pesquisa independente feita com os funcionários, foi divulgado e entregue na última segunda-feira (14), durante uma cerimônia que aconteceu no Espaço das Américas, em São Paulo (SP).

Estavam presentes no evento, Rodrigo Chibior, gerente de unidade; Elisabeth Hass, gerente de Recursos Humanos; Rita Truffi, gerente de Recursos Humanos da Human Services Division; Luis Lemos, engenheiro de manufatura; e Maurício de Lima, operador multifuncional. Os dois últimos foram escolhidos por meio de um sorteio em que os interessados em participar do evento deixaram seus nomes. “Este é o quarto ano consecutivo que fomos nomeados como uma das melhores empresas para trabalhar”, disse Rodrigo, bastante satisfeito. “Ser reconhecida continuamente como uma das líderes entre as companhias multinacionais para trabalhar no Brasil é uma grande honra e algo do qual todo o time da Perkins fica muito feliz em receber.”

Continue lendo “Pela quarta vez consecutiva Perkins é reconhecida como uma das melhores empresas para trabalhar no Brasil”

Taxa de desemprego cai de 13,7% para 13%

A taxa de desocupação, no Brasil, no 2º trimestre de 2017, foi estimada em 13,0%. Este indicador apresentou queda de 0,7 pp em relação ao trimestre anterior (13,7%). Quando comparada com o 2º trimestre de 2016 (11,3%), a taxa aumentou 1,7 ponto percentual. A região Nordeste permaneceu apresentando as maiores taxas de desocupação ao longo da série histórica (início em 2012), e no 2º trimestre de 2017 foi de 15,8%; enquanto a região Sul teve a menor, 8,4%.

Todas as grandes regiões, exceto Nordeste (estabilidade), apresentaram queda no indicador frente ao trimestre anterior. Entretanto, destacam-se as regiões Norte e Centro-Oeste, com queda na taxa de 1,7 pp e 1,4 pp respectivamente. Na comparação anual, as regiões Nordeste e Sudeste registraram as maiores elevações com aumentos de 2,6 e 1,9 pontos percentuais respectivamente.

Continue lendo “Taxa de desemprego cai de 13,7% para 13%”

Aumento no uso de celulares traz grandes alterações nos pagamentos comerciais

No mundo dos pagamentos comerciais, o celular tem alterado bastante este cenário. E isso pode ser demonstrado através de pesquisas recentes realizadas pelas empresas ACI Worldwide e Dunn & Company, que indicam que os comerciantes reconhecem essa mudança nas perspectivas de pagamentos. Por exemplo, 48% dos pesquisados já usam carteiras móveis e este número deve subir para 77% em 12 meses. Já 59% dos comerciantes observam os pagamentos nas lojas como fator importante de impacto para o setor varejista.

Neste sentido, os comerciantes têm se esforçado para responder a todas as mudanças e expectativas dos consumidores. Eles buscam criar uma experiência de compra que encoraje o consumidor a retornar procurando por mais. Por isso, provedores de serviços de pagamento e de tecnologia de vendas são fundamentais para suprir as necessidades dos comerciantes, oferecendo suporte tecnológico apropriado.

Continue lendo “Aumento no uso de celulares traz grandes alterações nos pagamentos comerciais”

Procura e venda de notebooks usados crescem 8% no primeiro semestre

Segundo dados levantados pela OLX, líder no mercado de compra e venda online no País, no primeiro semestre de 2017, os usuários realizaram mais de 1 milhão de buscas por notebooks na plataforma. Houve também um aumento de 8% nas vendas do produto em relação ao mesmo período de 2016, chegando a 213.758 unidades comercializadas.

Esses valores refletem uma tendência do mercado brasileiro, já que, segundo dados do IDC, essa é a primeira vez, desde 2012, que a categoria de computadores pessoais (notebooks e desktops) obteve um aumento considerável nas vendas, chegando ao índice de 5% no primeiro semestre de 2017, em comparação com o mesmo período do ano anterior.

Continue lendo “Procura e venda de notebooks usados crescem 8% no primeiro semestre”