Investir em imóveis garante renda para aposentadoria

Cristiane Ferreira Kilter Lira.

Vamos pensar juntos em aposentadoria? Talvez mentalmente você responda que não, que esse momento está muito distante, é muito jovem e que ainda terá muito tempo para pensar nisso.

E que tal pensar sobre férias, viagens, festas, diversão e sobre gastar um tempinho com a família e os amigos? Está ficando mais interessante, não é? Esse cenário é o que nós imaginamos e buscamos todos os dias: uma vida repleta de alegrias e quase sem preocupação. Mas para tornar esse cenário uma constante, há um longo caminho a ser percorrido. É preciso planejamento, uma palavra muitas vezes distante e desconhecida do vocabulário brasileiro.

Mas como se planejar para isso? Continue lendo “Investir em imóveis garante renda para aposentadoria”

A Operação Lava-Jato e o caminho do compliance

Yuri Sahione.

Após quatro anos de Operação Lava-Jato e demais operações correlatas, ainda não conseguimos apontar uma data para o seu fim. No entanto, já é possível extrair dos fatos algumas lições daquela que é a maior operação criminal de todos os tempos. Como fato, temos que ao lado da constatação da corrupção político-partidária – que não era surpresa para ninguém, exceto pelas cifras alcançadas – a exposição das corporações como agentes propagadores do crime demonstrou um lado escuro do ambiente de negócios brasileiro.

A Lava-Jato tentou de uma forma ou de outra, ressalvadas as críticas, provar que o crime não compensa para gerentes, diretores, conselheiros de administração e acionistas controladores. Para as pessoas jurídicas, a Lava-Jato mostrou que um longo caminho em busca do aprimoramento dos controles internos há de ser percorrido, sempre considerando a máxima detectar, prevenir e remediar.

Continue lendo “A Operação Lava-Jato e o caminho do compliance”

Qual a melhor opção no financiamento do imóvel?

Daniele Akamines.

Teremos este mês reunião do Copom com nova previsão de redução da taxa SELIC, que já se encontra no mínimo histórico de 6,5%. Esse movimento, juntamente com o anúncio recente da Caixa, da queda dos juros do crédito imobiliário, fez com que as taxas caíssem em todos os bancos, chegando em alguns deles a ficar inferior ao juros do Programa Minha Casa Minha Vida. Com isso o consumidor precisa pesquisar e analisar bem para escolher a melhor alternativa para o seu caso.

Compradores que estão à procura do imóvel para comprar, devem olhar com cautela as condições antes de definir onde irá fazer o seu financiamento. Cabe lembrar que nem sempre a taxa mais baixa é a melhor opção, visto que quando contratamos um financiamento imobiliário, além do juros, devemos observar os seguros obrigatórios (MIP – Morte e Invalidez Permanente e o DFI – Danos Físicos do Imóvel), sistema de amortização utilizado (SAC ou Tabela Price), além do pacote de serviço necessário para garantir a redução da taxa.

Continue lendo “Qual a melhor opção no financiamento do imóvel?”

A visão 360º deve ir muito além do cliente

Cynthia Bianco.

Tenho percebido que as empresas têm investido recursos e esforços para obter a tal visão 360º do cliente, porém elas não têm dedicado a mesma energia para ter uma visão 360º de seu próprio negócio. Obviamente conhecer quem é seu público é mandatório, mas engana-se quem pensa que isso é o suficiente. Pelo contrário, voltar-se para os clientes e para o seu desempenho, isoladamente, e não para o da empresa como um todo, pode ser desastroso. Estou falando daquele famoso olhar associado ao self-service, que traz informações separadas, parciais, que estão longe de representar uma visão única da verdade.

Muitas empresas continuam cometendo o mesmo erro do passado, ou seja, utilizar ferramentas de analytics não integradas ao ambiente corporativo, criando desta forma silos de informações. Ter uma visão individual e dar autonomia ao usuário é importante, tanto quanto conhecer quem é seu público. Mas é preciso também contar com uma estrutura capaz de conectar essas pontas em âmbito corporativo; que seja retroalimentável e que permita que as informações estratégicas sejam acessadas de qualquer lugar, inclusive através de dispositivos móveis. Objetivos dificilmente alcançados sem a governança.

Continue lendo “A visão 360º deve ir muito além do cliente”

Residências mais acessíveis

Caroline Cavalheiro.

O último Censo Demográfico do IBGE mostrou que mais de 45 milhões de pessoas convivem com algum tipo de deficiência. Portanto, empatia e consciência social são necessidades urgentes quando se trata de construção residencial. O ideal é que as novas construções adotem itens de acessibilidade ainda na fase de projeto, envolvendo as áreas de arquitetura, civil, elétrica, eletrônica, mecânica e hidráulica.

As construtoras precisam respeitar a norma 9050 da ABNT, que estabelece diretrizes e critérios básicos para a promoção da acessibilidade, mediante a supressão de barreiras e de obstáculos nas vias e espaços públicos, no mobiliário urbano, na construção e reforma de edifícios e nos meios de transporte e de comunicação.

Continue lendo “Residências mais acessíveis”