Sorria, você está sendo transformado

Laércio Cosentino.

A tecnologia está ditando uma nova maneira de se fazer negócios, desbancando indústrias antigas e mudando setores inteiros de mercado. É a transformação digital, que atinge todas as empresas, de todos os setores. Para mim, o que motivou essa revolução, impulsionada pela tecnologia, foi antes de tudo o desejo das pessoas de compartilharem informações de forma colaborativa e conectada.

A sociedade decidiu se conectar e esse comportamento mudou como as pessoas passaram a consumir serviços e produtos, com a possibilidade de fazer isso de qualquer lugar, em qualquer hora. Esse movimento foi o gatilho para o mercado corporativo, que, agora, precisa se adaptar e não pode mais focar só no seu core business, mas também na decisão sobre com qual tecnologia vai entregar o seu produto ou serviço.

Continue lendo “Sorria, você está sendo transformado”

Transforme sua carreira em trampolim de conhecimento

Silvia Patriani.

Segundo pesquisa da Associação Brasileira de Treinamento e Desenvolvimento (ABTD), atualmente 87% das empresas de médio e grande portes do país contratam palestrantes. Há cerca de quinze anos encontrávamos no mercado uma dezena de palestrantes consagrados. A concorrência era pequena, mas o foco também não estava para esse segmento.

As empresas investiam em treinamentos formais como cursos de pós-graduação e MBA para seus colaboradores. Com a recessão, esses gastos tornaram-se inviáveis e, com as palestras, as empresas encontraram uma alternativa de tocar em assuntos pertinentes ao seu posicionamento com um investimento pontual.

Continue lendo “Transforme sua carreira em trampolim de conhecimento”

Escolha de tecnologias adequadas é fundamental para a transformação digital das empresas

Alexandre Azevedo.

Especialistas em aviação dizem que um Boeing 787 Dreamliner produz 1 terabyte de dados em cada voo. Veja bem, esse é apenas um simples exemplo da imensa quantidade de informação que circula ao redor da sua empresa. Agora, acrescente a isso a previsão de que até 2020 o mundo terá 50 bilhões de dispositivos conectados à internet. É, de fato, muita coisa! Como aproveitar esse colossal volume de dados e transformá-lo em negócios para sua companhia? A resposta passa por adaptar e preparar sua organização para o processo de transformação digital que já está em curso e a pleno vapor.

A transformação digital impacta nossas vidas de diferentes maneiras e ocorre em todas as esferas da sociedade. Por conta disso, é mandatório que empresas de diferentes setores e portes acompanhem esse movimento. Além disso, é importante ressaltar que a transformação digital não se trata apenas da adoção de novas tecnologias, embora este seja um vetor primordial. Trata-se de uma mudança na visão do negócio, que se apoia no uso de recursos tecnológicos.

Continue lendo “Escolha de tecnologias adequadas é fundamental para a transformação digital das empresas”

“Informalidade” ou passar fome? A decisão está na sua atitude

Mohamed Gorayeb.

Certo dia estava assistindo a um telejornal e me deparei com uma notícia sobre desemprego, em que recentes pesquisas do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), apontava que mais de treze milhões de pessoas, ou seja, uma quantidade maior do que a quantidade de pessoas que moram no estado de São Paulo, estão fora do mercado de trabalho.

O mesmo estudo traz um dado positivo. A taxa de desemprego, desde o começo de 2016 apresentou uma queda, desde o ponto mais alto, 13,7%, no primeiro trimestre, para os atuais 12,8%. Entretanto, a frase “melhora que vem mais na quantidade do que na qualidade, porque o crescimento é principalmente das pessoas que trabalham por conta própria ou na informalidade”, me tocou profundamente, e de forma negativa. Porque trabalhar desta forma é visto com tanta descriminação? Eu comecei exatamente assim, e hoje sou o maior nome da perfumaria do Brasil e este ano, lancei-me no mercado internacional. O que seria de mim, hoje, com uma carteira assina?

Algumas vezes, não seguir certos conceitos ou ir na contramão do que é aceito, pode trazer resultados surpreendentes e fazer com que a sua vida, e foi o que aconteceu comigo. Há muitos anos, eu estive em situação muito complicada. A minha família estava com dez meses de aluguel atrasado e luz cortada. Sobrevivíamos com uma “ligação alternativa que provia o fornecimento de energia”.

Continue lendo ““Informalidade” ou passar fome? A decisão está na sua atitude”

Brasil: saída da recessão e entrada na estagnação

Gilmar Mendes Lourenço.

O crescimento de 0,2% do produto interno bruto (PIB) brasileiro, no segundo trimestre de 2016, em relação aos três meses imediatamente anteriores, e de 0,3%, em comparação com o mesmo período de 2016, calculado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), serve para decretar, do ponto de vista estatístico, a eliminação, mesmo que temporária, da recessão que atingiu a economia do País por três anos ininterruptos.

A base de cotejo adequada para efeito de avaliação de ingresso e saída de estágios de contração dos níveis de atividade é o trimestre correspondente do ano antecedente. Por essa ordem de apreciação, a expansão esteve ancorada setorialmente na agropecuária (14,9%) e no comércio (0,9%).

Continue lendo “Brasil: saída da recessão e entrada na estagnação”