Opções de negócios para o segundo semestre. Confira

O primeiro semestre de 2018 está quase terminando e para quem pretende empreender, os últimos seis meses do ano são considerados um bom período para abrir um negócio próprio. Para quem está pensando em abrir uma empresa, o Sebrae divulgou recentemente um estudo que aponta que os setores de alimentação, saúde e serviços pessoais são considerados os mais promissores para este ano para micro e pequenas empresas ou mesmo microempreendedores individuais. A lista de negócios foi feita com base nos segmentos que apresentaram maior taxa de abertura e expansão nos últimos anos.

No caso de alimentos e bebidas, são várias as opções de negócios para futuros empreendedores, entre as quais podemos destacar as lanchonetes, bares, restaurantes, casas de chá ou sucos, comércio de alimentos, fornecimento de marmitas, carrinho de cachorro quente ou de pipoca e fabricação de produtos de padaria e confeitaria.

Continue lendo “Opções de negócios para o segundo semestre. Confira”

O poder da sala de aula para o fomento do empreendedorismo

Ricardo Silva largou a carreira de 17 anos no mundo corporativo para mergulhar de cabeça no sonho de abrir o próprio negócio. Em 2013, abriu a IDF Quality, oficina especializada em pintura e reparo automotivo. Três anos depois, tinha o caixa zerado, dívidas e uma sociedade desfeita. Foi no Empretec que encontrou a solução para reerguer a empresa, comprovando o fator catalisador da educação na preparação de empresários e alavancar empreendimentos. “Deveria ter buscando informações antes de ter começado o meu negócio, há cinco anos. O curso foi fundamental e um divisor de águas”, reflete Ricardo.

Assim como o Ricardo, diversos empresários buscam iniciativas voltadas para o empreendedorismo no Brasil. O Empretec é uma delas, o curso tem duração de seis dias e consiste em uma metodologia da Organização das Nações Unidas – ONU voltada para o desenvolvimento de características de comportamento empreendedor e para a identificação de novas oportunidades de negócios. Está presente em 40 países e no Brasil é realizado exclusivamente pelo Sebrae. Em 2018, o Empretec completa 30 anos no mundo e 25 no Brasil. Nesse período, já capacitou, aproximadamente, 258 mil pessoas, no mundo, foram 400 mil, sendo que, anualmente, recebe 10 mil participantes pelos 27 estados do país.

Continue lendo “O poder da sala de aula para o fomento do empreendedorismo”

Mesmo em tempos de invasão digital, empresas de distribuição de panfletos continuam apresentando lucro

Os panfletos, que são um mecanismo simples para tornar conhecida uma loja, uma empresa, vendas de produtos serviços, eventos ou qualquer atividade, não deixaram de existir, mesmo em tempos de invasão digital e de crescimento acelerado da internet e das redes sociais. Por conta dessa característica, muitos empreendedores estão optando por montar uma empresa de distribuição de panfletos e obtendo lucros com essa atividade.

Os panfletos são mais utilizados por micro e pequenas empresas que não possuem suporte financeiro para bancar as publicidades tradicionais nos grandes meios de comunicação de massa. Por esse motivo, os microempresários que querem tornar seus negócios conhecidos do grande público utilizam os panfletos, que custam bem mais barato e dão resultados.

Continue lendo “Mesmo em tempos de invasão digital, empresas de distribuição de panfletos continuam apresentando lucro”

Loja de suplementos é uma boa opção para entrar no mundo dos negócios, pois exige baixo investimento

Com a onda de ter um corpo em forma, montar uma loja de suplementos pode ser uma boa opção para se entrar no mundo dos negócios e ganhar dinheiro. É que as pessoas estão buscando cada vez mais melhorar a saúde e os suplementos são considerados ideais para dar uma força à natureza. Alguns deles, inclusive, são até recomendados pelos médicos ou nutricionistas como uma forma de ajudar o corpo a queimar gordura ou ganhar massa.

Os suplementos alimentares não são proibidos para venda em comércio, mas devem conter o selo da Anvisa e do Conselho Nacional de Saúde. Para abrir uma loja de suplementos, o empreendedor deve fazer o registro na Junta Comercial e na Receita Federal. Como serão vendidos produtos para consumo humano, é preciso também ter uma licença especial da prefeitura da cidade e um selo de autorização da Vigilância Sanitária.

Continue lendo “Loja de suplementos é uma boa opção para entrar no mundo dos negócios, pois exige baixo investimento”

CEO da MaxMilhas dá dicas para jovens que querem começar um negócio próprio

Max Oliveira, CEO da MaxMilhas.

Após conquistar grandes resultados dentro do mercado de turismo com a MaxMilhas, plataforma que vende passagens aéreas com descontos de até 80%, o CEO e fundador da empresa, Max Oliveira, pode se considerar um empreendedor que já passou pelos principais desafios e dúvidas ao criar e desenvolver uma empresa.

Com mais de 1,2 milhão de passagens emitidas e considerada o maior case de bootstrapping do País (quando a empresa é criada e se desenvolve sem investimento externo), a startup revolucionou o mercado de turismo. Ao emitir passagens aéreas com milhas de quem deseja vender, a plataforma oferece preços diferenciados dos praticados no mercado, criando mais oportunidades de negócio e economia nesse segmento.

Continue lendo “CEO da MaxMilhas dá dicas para jovens que querem começar um negócio próprio”