Qualificação técnica é o caminho mais rápido para ingressar no setor industrial

Entre julho e setembro de 2017, a taxa de desemprego caiu 12,4%, de acordo com o IBGE. A queda é motivada pelo aumento do número de pessoas trabalhando por conta própria, mas a indústria também tem papel fundamental na retomada do trabalho formal. Segundo a Confederação Nacional das Indústrias (CNI), de janeiro a setembro de 2017, dos 208 mil postos de trabalhos formais, 81 mil foram da indústria da transformação. O número de contratações voltou a crescer nas fábricas e a qualificação técnica torna-se essencial para ingressar na indústria.

O Senai produziu uma lista com dez profissões que mais tiveram saldo positivo em cada escolaridade exigida: formação técnica, qualificação de até 200 horas, qualificação de mais de 200 horas e de nível superior. Técnicos de vendas especializadas, montadores de veículos automotores, técnicos em programação e técnicos em operação e monitoração de computadores são algumas das dez ocupações com qualificação técnica e maior contratação no mercado.
Continue lendo “Qualificação técnica é o caminho mais rápido para ingressar no setor industrial”

Abimaq realiza evento em Curitiba para comemorar 80 anos

João Marchesan participará das comemorações dos 80 anos da Abimaq, em Curitiba.

A Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos (Abimaq) dá continuidade, em Curitiba, nesta quarta-feira (8), a uma série de atividades comemorativas aos seus 80 anos de existência. Na oportunidade, serão apresentados os principais desafios enfrentados pela indústria nacional e como a Abimaq poderá colaborar para a competitividade do setor. O almoço reunindo empresários e autoridades será no Campus da Indústria/Fiep e estão confirmadas as presenças do presidente da Conselho de Administração da Abimaq, João Marchesan, bem como de sua diretoria.

A Abimaq tem uma série de iniciativas que, ao longo das suas oito décadas, contribuíram para desenvolver o setor e torná-lo mais robusto e competitivo. Dentro da indústria de transformação, este é o setor que mais exporta no Brasil. Impossível imaginar o mundo sem as máquinas, que geram riquezas, facilitam e prolongam a vida, abreviam tempo e diminuem distâncias e, principalmente, acompanham a constante necessidade de consumo, estimulando o setor a produzir cada vez mais. A produtividade e a competitividade de uma economia são conquistadas com as máquinas.

Continue lendo “Abimaq realiza evento em Curitiba para comemorar 80 anos”

Queda nas vendas de máquinas e equipamentos chega a 5,7% no acumulado do ano

A indústria trabalhou em setembro com 73,5% da capacidade instalada.

O setor de máquinas e equipamentos registrou nova queda na receita líquida das fabricantes brasileiras, piorando os resultados do acumulado do ano. Na comparação interanual, a queda foi de 5,7%. Até agosto o setor acumulava queda de 4,3% nas suas vendas, em setembro passou a acumular 4,5% de queda. Os dados foram divulgados, na tarde desta quarta-feira (25), pela Associação Brasileira de Máquinas e Equipamentos (Abimaq).

Em relação ao consumo aparente, a indústria de máquinas e equipamentos registrou um leve aumento de 1% na comparação com o mês anterior, em função do aumento das importações em 7%. Na comparação interanual, o crescimento foi de 16,8%, interrompendo uma série de 14 meses consecutivos de queda.

Continue lendo “Queda nas vendas de máquinas e equipamentos chega a 5,7% no acumulado do ano”

Programa de Qualidade da Madeira passa por atualização

Paulo Pupo, superintendente da Abimci

A Associação Brasileira da Indústria de Madeira Processada Mecanicamente (Abimci) promoveu uma atualização do Programa Nacional de Qualidade da Madeira (PNQM). Além da capacitação dos auditores, o trabalho passou pela inclusão de novos procedimentos que contemplam outros itens visando o aperfeiçoamento do Programa e, com isso, possibilitar a melhoria nos resultados de controle e rastreabilidade da produção e, consequentemente, dos negócios.

A ferramenta de gestão de qualidade fornece uma estrutura de padronização e controle do processo produtivo nas empresas, desde o recebimento da matéria-prima e insumos, até a embalagem e expedição do produto final. Agora, questões como manutenção preventiva de equipamentos, treinamento de competências, política de atendimento a reclamações de clientes e qualificação de fornecedores passam a integrar o PNQM. De acordo com a entidade, o processo de avaliação passa a ser mais completo e atinge outras áreas da empresa, não somente à produção em si.

Continue lendo “Programa de Qualidade da Madeira passa por atualização”

Produção de aço aumenta 9,1% nos primeiros nove meses do ano

A produção de aço bruto acumulada de janeiro até setembro de 2017 foi de 25,5 milhões de toneladas, o que equivale a uma elevação de 9,1% quando comparada com o ocorrido no mesmo período de 2016. A produção de laminados foi de 16,6 milhões de toneladas no mesmo período, um incremento de 4,7% frente ao acumulado nos nove primeiros meses de 2016.

Já as vendas internas somaram 12,6 milhões de toneladas no acumulado até setembro, o que representa um acréscimo de 0,2% em relação ao mesmo período acumulado de 2016. O consumo aparente nacional de produtos siderúrgicos foi de 14,4 milhões de toneladas de janeiro a setembro de 2017. Comparando com o mesmo período do ano anterior, o crescimento foi de 5,0%.

Continue lendo “Produção de aço aumenta 9,1% nos primeiros nove meses do ano”