Campanha reforça que o destino correto do isopor pós-consumo é a reciclagem

Protagonista de um ciclo produtivo e reverso totalmente sustentável, o EPS – material que é popularmente conhecido como isopor® – ainda carrega uma imagem negativa junto à opinião pública por não ser descartado corretamente por grande parte da população e gerar poluição visual. Com o objetivo de esclarecer e reforçar as características do EPS, que é um plástico 100% reciclável, extremamente versátil, tecnológico e leve – pois tem o ar como 98% da sua composição, a Termotécnica lançou neste mês de maio uma campanha de conscientização.

Inspirada em uma ação da Airpop® (marca europeia do EPS) que vem apresentando bons resultados, a iniciativa da Termotécnica pretende mostrar a inovação e a versatilidade do EPS, além dos diversos benefícios que seus produtos trazem ao cotidiano das pessoas, como isolamento térmico, proteção contra impactos e maior ergonomia. Tudo isso atrelado à mensagem da logística reversa e reciclagem do material. A campanha contempla desde atividades de relacionamento e conscientização com clientes, comunidade, fornecedores e colaboradores até a aplicação do selo nos catálogos e produtos Termotécnica.

Continue lendo “Campanha reforça que o destino correto do isopor pós-consumo é a reciclagem”

Tecnologia de uso doméstico diminui em 90% o descarte do resíduo alimentar

SmartCara leva conveniência às pessoas que desejam reciclar o lixo doméstico.

Atualmente, o Brasil produz quase 80 milhões de toneladas de resíduos sólidos por ano, sendo que mais de 50% desse montante é lixo orgânico, o que gera problemas para a saúde pública e para a qualidade de vida das famílias. Quando não descartado corretamente, acontece a liberação de chorume, gases de efeito estufa, e nas residências, o odor incomoda e pode atrair insetos e até transmitir doenças. Uma das soluções encontradas pela empresa coreana SmartCara foi a criação de uma tecnologia que acelera em 50 vezes o processo de compostagem, transformando os resíduos alimentares em adubo.

De uso doméstico, a proposta do aparelho que contou com dez anos de pesquisa, é que famílias tenham um recipiente para depositar os restos de comida que serão aquecidos, desidratados e triturados, resultando em um farelo sem odor e com um volume menor. Esse material pode ser usado como adubo para jardineiras e hortas cultivadas dentro de casa.

Continue lendo “Tecnologia de uso doméstico diminui em 90% o descarte do resíduo alimentar”

Projetos ambientais recebem apoio financeiro até 31 de março

As iniciativas selecionadas são desenvolvidas em diversos biomas brasileiros e nos ecossistemas costeiro e marinho.

Faltam poucos dias para o encerramento das inscrições para o primeiro edital de 2018 do ‘Programa de Apoio a Ações de Conservação’, da Fundação Grupo Boticário de Proteção à Natureza. A instituição recebe projetos até o dia 31 de março pelo site, na seção ‘editais’.

As iniciativas devem se encaixar em uma das três linhas temáticas. A primeira é ‘Unidades de Conservação de Proteção Integral (continentais e marinhas) e Reservas Particulares do Patrimônio Natural (RPPNs)’, que deve contemplar a criação, ampliação e execução de atividades prioritárias de seus Planos de Manejo. A segunda linha, ‘Espécies Ameaçadas’, busca a execução de ações prioritárias dos Planos de Ação Nacional (PAN) para espécies e ecossistemas e definição de status de ameaça. Também são aceitas ações emergenciais para aquelas espécies que ainda não possuam PANs ou que visem enquadrar uma espécie em listas oficiais de ameaças. A terceira linha é ‘Ambientes Marinhos’ e engloba estudos, ações e ferramentas para proteção e redução da pressão sobre a biodiversidade marinha.

Continue lendo “Projetos ambientais recebem apoio financeiro até 31 de março”

Empreendimento em Curitiba usa água de reuso até em eco lava car e gera economia de até R$ 24 mil por ano

Oito caixas de reaproveitamento da água chuva com capacidade total de 52,5 mil litros, para lavar e regar próximo de 1,5 mil m² de calçadas e jardim, sendo 1 mil m² de área verde, além de 5 mil m² de área de vagas de garagem (dimensão próxima ao estacionamento de um shopping center). Mais do que o atendimento a uma exigência legal (Lei Municipal 10.785/2003, regulamentada pelo decreto 293/2006), no Barigui Woodland Park Residence, empreendimento concluído da VistaCorp Empreendimentos Imobiliários e da Valente Incorporações próximo ao Parque Barigui, em Curitiba, a existência de um sistema de captação da água da chuva significa um novo comportamento de consumo para os 177 moradores.

O presidente da VistaCorp Empreendimentos, Luiz Francisco Viana Jr., explica que apesar da restrição de custos para implantação do sistema ideal no empreendimento, concebido para comercialização de apartamentos no padrão standard (com preço de R$ 250.001,00 a R$ 400 mil), buscou-se nos projetos hidráulicos e estruturais a adoção de soluções inteligentes para tornar o condomínio mais eficiente e sustentável, o que representa uma economia de até R$ 24 mil ao ano em água e esgoto, com base no custo mínimo do m³ cobrado pela Sanepar.
Continue lendo “Empreendimento em Curitiba usa água de reuso até em eco lava car e gera economia de até R$ 24 mil por ano”

InPAR e Fiep recebem missão internacional de resíduos

O Instituto Paranaense de Reciclagem (InPAR) e a Federação das Indústrias do Estado do Paraná (Fiep) receberam nesta quinta-feira (1°), em Curitiba, a comitiva da Missão Internacional Portugal-Brasil Águas & Resíduos. A reunião foi realizada durante a manhã, no Campus da Indústria da Fiep. O grupo chegou ao Brasil no dia 27 de janeiro, passou por Niterói, Rio de Janeiro (RJ) e São Paulo (SP), e permanece até 3 de fevereiro em Curitiba (PR), onde participa de reuniões temáticas bilaterais entre as entidades e empresas envolvidas na iniciativa. O objetivo é dar continuidade às articulações institucionais e de cooperação técnica nas áreas de meio ambiente, saneamento e gestão de resíduos sólidos já iniciadas.

Para o presidente do InPAR, Rommel Barion, o encontro é importante para estreitar as relações com Portugal no setor de resíduos sólidos. “Eles são uma referência para o Brasil, embora as realidades portuguesa e europeia sejam diferentes da nossa. Em dezembro, estivemos em uma missão em Portugal e agora daremos continuidade, queremos desenvolver projetos tendo em vista uma visão sistêmica da logística reversa no contexto brasileiro”, diz.

Continue lendo “InPAR e Fiep recebem missão internacional de resíduos”