Empresas devem estar bem preparadas e com políticas definidas para enfrentar o maior volume de trocas de mercadorias neste final de ano

Os dois últimos meses do ano, por serem o período de maior volume de vendas nos comércios tradicional e eletrônico por conta da Black Friday e do Natal, tornam-se uma boa oportunidade para a aproximação entre o cliente e o lojista a fim de promover a fidelização. Este também é o período onde ocorre o maior volume de trocas de produtos. Neste sentido, os empresários devem desmistificar a ideia de que as políticas de troca e retorno são um entrave para o crescimento do seu negócio. Pelo contrário, mais do que cumprir as leis, as trocas abrem possibilidades de novas vendas, fortalecem a imagem de marca responsável, confiável e segura, melhorando o posicionamento frente à concorrência.

No caso específico do comércio eletrônico, com os consumidores cada vez mais exigentes, que buscam serviços de qualidade e prazos curtos, a agilidade e a eficiência nas entregas é hoje um dos maiores desafios. Por isso, para oferecer segurança aos clientes, é fundamental ter uma política de trocas e retornos bem definida, levando em consideração os três tipos de problemas mais comuns no que diz respeito às trocas, que se dão em primeiro lugar pela insatisfação do consumidor com o produto; em segundo lugar por defeito da mercadoria e em terceiro lugar pelo arrependimento da compra.

Continue lendo “Empresas devem estar bem preparadas e com políticas definidas para enfrentar o maior volume de trocas de mercadorias neste final de ano”

Como preparar a loja virtual para alavancar vendas no Natal

O Natal é uma das datas que mais movimentam o comércio eletrônico. Segundo estimativas da ABComm, a data deverá movimentar, este ano, cerca de R$8,4 bilhões – crescimento de 12% em relação ao mesmo período do ano anterior. De acordo com Breno Nogueira, Head da Loja Integrada (www.lojaintegrada.com.br), plataforma para criação de lojas virtuais mais popular do país com mais de 500 mil lojas criadas, a data é uma ótima oportunidade para aumentar o volume de vendas, assim como fidelizar clientes.

“Para pequenos e médios lojistas, oferecer condições especiais e produtos exclusivos são exemplos de ações que podem chamar a atenção dos consumidores”, explica. O especialista listou cinco passos para preparar as lojas virtuais para vender mais na data.

Continue lendo “Como preparar a loja virtual para alavancar vendas no Natal”

Pesquisa aponta que este será mais um Natal de lembrancinhas

O brasileiro está animado com a chegada das celebrações de final de ano, mas ainda tímido em relação aos gastos. De acordo com a pesquisa Varejo & Promoções Natal 2017, realizada entre os dias 31 de outubro e 1º de novembro, este será mais um ano de “lembrancinhas” no Natal. Para a maioria dos entrevistados, 52,6%, o valor máximo para a compra de um presente será de R$ 50. Em meio aos esforços para economizar, família e alimentação são prioridades. Entre os entrevistados, gastar presenteando a família é fundamental para 60%, já investir na elaboração de alimentos para a ceia de Natal é preferência para 58%.

O estudo ouviu 500 pessoas e foi realizado por meio de parceria entre as empresas Brazil Promotion, maior feira de marketing promocional e varejo da América Latina, Umbigo do Mundo, agência especializada em planejamento estratégico; e Mindminers, empresa de tecnologia especializada em soluções digitais de pesquisa. Entre os bens de consumo, estão na preferência de compra vestuário (65,2%), perfumaria e cosméticos (41,2%). Na sequência vêm brinquedos (35%), eletrônicos (32%). Os artigos comidas, bebidas e livros seguem empatados com 21,6%.

Continue lendo “Pesquisa aponta que este será mais um Natal de lembrancinhas”

Com atitudes simples de gestão é possível aumentar o ticket médio das lojas

O ticket médio dos clientes é um indicador sólido do rendimento de uma loja. Por isso, o objetivo de qualquer lojista é aumentar esse indicador o máximo possível. Por exemplo: se o total das compras de 300 clientes resultar no valor de R$ 150 mil, o ticket médio da loja será de R$ 500. Agora, se o ticket médio aumentar para a mesma quantidade de clientes, as vendas aumentarão também.

A verdade é que os lojistas em geral têm feito muitos esforços e gastado dinheiro para atrair os consumidores com reformas e decorações dispendiosas, que acabam pesando no orçamento. Porém, estes mesmos lojistas estão se esquecendo que atitudes simples de gestão podem agregar valor ao negócio, como as estratégias para aumentar o ticket médio.

Continue lendo “Com atitudes simples de gestão é possível aumentar o ticket médio das lojas”

Proprietários do maior restaurante de comida brasileira nos EUA dão dicas de como melhorar a comunicação entre sócios

Alex Alencar e Leo Charamba.

O grande volume de demandas do dia a dia, problemas econômicos que eventualmente surgem e ruídos na comunicação podem estremecer a relação entre sócios de um negocio. Entretanto, quando a falta de respeito e o ego tomam conta, as chances de todo um trabalho vir por água abaixo é grande. Para Alex Alencar, proprietário do Camila’s Restaurant, a comunicação com o seu sócio, Leo Charamba, é um exemplo de convivência com blindagem na parceria. “Eu e o Leo passamos muito tempo juntos, em diversos momentos, por isso, os nossos laços são ótimos e conseguimos conduzir a parceria tranquilamente o Camila’s juntos”, diz Alencar.

Os dois compraram o restaurante em 2013 quando o antigo dono lhes fez uma proposta, após analisar o bom trabalho que a dupla atuou no estabelecimento durante anos. “Como o Manoel (Briote) ficava no Brasil e só vinha aos EUA na época da alta temporada, quem praticamente comandava o Camila’s no restante do ano era o Leo e eu”, explica Alencar.

Continue lendo “Proprietários do maior restaurante de comida brasileira nos EUA dão dicas de como melhorar a comunicação entre sócios”