Gestão interfere na longevidade das empresas familiares

A maneira como uma empresa é gerenciada interfere diretamente em seus resultados e, principalmente, em sua presença e longevidade no mercado. Em empresas familiares, a gestão tem papel fundamental para o bom desempenho dos negócios. Prova disso é que a profissionalização contínua das atividades e de seus membros pode assegurar à família empreendedora a tão sonhada longevidade empresarial, mesmo diante dos desafios e incertezas presentes nessa trajetória.

Segundo a advogada Monique Souza Pereira, sócia do escritório Souza Pereira Advogados, de Curitiba, é preciso traçar regras claras de gestão, governança e sucessão, em todos os estágios de vida da empresa, evitando que a inércia do fundador em momentos cruciais promova o declínio do seu negócio. “No início, grande parte das empresas começam suas atividades por meio de ideias, colocadas em prática por seus idealizadores. Nessa fase, observamos que seus proprietários estão no centro de todas as funções, e com essa centralização as estruturas organizacionais são informais sem nenhum tipo de planejamento”, analisa Monique.

Continue lendo “Gestão interfere na longevidade das empresas familiares”

Base econômica e liberdade legal são os pontos da liderança feminina

Alice Schuch, despertando a mulher para o mundo dos negócios.

Alice Schuch lança neste mês outra obra. Esta, com a coautoria da doutora e pesquisadora do universo feminino, sobre a liderança feminina. Uma das abordagens é o despertar da mulher para o mundo dos negócios. “Se além de apenas olhar vitrines, decidimos exercitar a nossa liderança, ademais de selecionar pessoas, negócios e ambientes úteis e funcionais ao nosso intento é fundamental termos em mãos a chave que nos garanta dois pontos: base econômica e liberdade legal”, explica.

“Devemos estar sempre ´de olho´ nesses dois pontos. A base econômica é o trabalho, o lugar onde ganho meu sustento, aquela renda contínua, a pequena mina que me proporciona a segurança cotidiana. A liberdade legal é a atenção constante que a mulher líder deve observar para que o seu modo de fazer business seja correto, pois agir contrariamente à lei determina constante insegurança, medo e real perigo”, completa.

Continue lendo “Base econômica e liberdade legal são os pontos da liderança feminina”

Multilog compra Elog Sudeste por R$ 90 milhões

Presidente da Multilog, Djalma Vilela.

A Multilog – empresa catarinense de Logística, Armazenagem e Transporte – anuncia a aquisição da Elog Sudeste. O contrato, assinado nesta terça-feira (12), em São Paulo (SP), e seguido de comunicação de Fato Relevante pela EcoRodovias, está sujeito à aprovação dos órgãos reguladores. O investimento será de R$ 90 milhões. A transação contou com a assessoria financeira da Hunter Capital e assessoria jurídica do Escritório Mundie Advogados.

Com a integração das unidades da Elog Sudeste, a Multilog, que tem sede em Itajaí (SC), amplia de 14 para 19 unidades de negócio, totaliza 1,5 milhão de m2 de área alfandegada e amplia de 850 para 1.500 o número de empregos diretos. O faturamento anual, que em 2017 chegará a R$ 350 milhões, tem previsão de crescer 50%, alcançando em 2018, os R$ 500 milhões, meta até então prevista para 2020.

Continue lendo “Multilog compra Elog Sudeste por R$ 90 milhões”

Diante de um cenário que muda dia a dia, empresas precisam criar áreas de inovação e pesquisa para prever e antecipar soluções

Nunca se falou tanto sobre a importância da inovação nas empresas como neste ano. Afinal de contas, a inovação permite que a empresa obtenha expressiva vantagem competitiva, principalmente quando se fala em tecnologia. Mas, diante de um cenário, em que tudo está mudando de forma rápida e intensa, é preciso que as empresas, independente do seu tamanho ou área de atuação, estejam preparadas para melhor atender às necessidades de seus clientes de uma forma eficiente.

Neste sentido, é importante criar áreas de inovação e pesquisa para prever e antecipar soluções para as necessidades. Um bom exemplo disso é a empresa Uber, criada em uma tarde de neve, em Paris, no ano de 2008, quando Travis Kalanick e Garrett Camp enfrentavam dificuldades para pegar um táxi. Foi então que surgiu a ideia de chamar um carro pelo celular apertando apenas um botão.

Continue lendo “Diante de um cenário que muda dia a dia, empresas precisam criar áreas de inovação e pesquisa para prever e antecipar soluções”

Procura por locação residencial aumenta 30% em Curitiba

As imobiliárias integrantes da Rede Imóveis já perceberam um aumento superior a 30% na procura por imóveis residenciais para locação. “Estamos entrando na principal época para essas locações, então muitas pessoas já estão buscando as melhores oportunidades”, explica Leticia Moritz, coordenadora de locação da Rede Imóveis, que é uma associação que reúne as 13 imobiliárias mais tradicionais de Curitiba que juntas detém 33% deste mercado na capital.

Segundo Leticia, o período de férias escolares somado ao chegada de uma nova leva de universitários — vindos de diversos estado do país –, traz esse movimento sazonal ao setor de locações. “Estamos entrando no período do ano no qual há o maior número de mudanças, ou seja, quando as famílias aproveitam para trocar de imóvel, seja para morar mais próximo da escola dos filhos ou do trabalho; é também quando chegam novos universitários e, até mesmo, quando muitos daqueles estudantes que concluíram os cursos deixam Curitiba para voltar para suas cidades de origem”, explica.

Continue lendo “Procura por locação residencial aumenta 30% em Curitiba”