Empresas brasileiras reconhecem que o software é importante para o crescimento econômico

Marcel Bakker, presidente da CA Technologies.

O aprimoramento do desenvolvimento de software por meio da construção de uma Moderna Fábrica de Software é o cerne do sucesso empresarial na economia digital. Esta é a principal conclusão da pesquisa comissionada pela CA Technologies com mais de 1.200 líderes de TI em todo o mundo. O levantamento inédito aponta que 100% dos gestores brasileiros entrevistados reconhecem que o software é essencial para o crescimento da economia e 99% deles acreditam nessa importância para o crescimento em novos mercados Neste contexto, 95% afirmam que o software permitirá entregar uma melhor experiência para seus clientes nos próximos dois anos.

Se por um lado a pesquisa mostra que as empresas brasileiras estão antenadas com as tendências de transformação digital, ela também revela as dificuldades encontradas para a implementação de novos processos de desenvolvimento de software e mudança de cultura corporativa: 69% dos entrevistados afirmam que suas equipes de software precisam mudar drasticamente para responder aos desafios da economia digital.

Continue lendo “Empresas brasileiras reconhecem que o software é importante para o crescimento econômico”

80% dos executivos não têm controle sobre a segurança das senhas em suas organizações

Você já pensou no quanto é importante ter controle de segurança nas senhas? É muito comum que os executivos das empresas tenham dificuldade para ter controle com relação a segurança junto a área de TI. Uma pesquisa da LastPass, desenvolvedora do gerenciador de senhas mais popular do mundo e principal solução de gerenciamento de identidades e acesso da LogMeIn, junto com a Ovum, mostra que as senhas fracas continuam sendo um dos principais fatores de vulnerabilidade. Muitas empresas mantêm o foco na implementação de tecnologias baseadas em políticas, e não em usuários, para solucionar o problema. Mais da metade dos entrevistados disse que dependem apenas dos funcionários para monitorar seus próprios comportamentos relacionados a senhas, deixando assim as empresas em risco.

De acordo com Gustavo Boyde, Head of Marketing da LogMeIn, o fato lança uma questão sobre a falta de conexão entre as políticas de TI e comportamento humano. “Senhas fracas e compartilhadas costumam ser um problema e uma falha humana por que as pessoas muitas vezes não têm ideia da importância da segurança no mundo digital”, enfatiza Boyde.

Continue lendo “80% dos executivos não têm controle sobre a segurança das senhas em suas organizações”

Aplicativos de economia colaborativa são alternativas para quem precisa lucrar mais

Final de ano chegando e o dinheiro diminuindo. Não são apenas as despesas com as festas, presentes e viagens marcadas que fazem as contas saltarem. É momento de pagar o IPVA, IPTU e outras taxas anuais. Nem sempre o 13º é o suficiente e muitas pessoas não contam com esse salário extra, mas hoje a tecnologia se tornou uma aliada para quem precisa aumentar a renda no final do ano e ainda não sabe como. Confira abaixo aplicativos de economia colaborativa que se tornaram opções para ganhar mais:

DogHero

Para quem é apaixonado por cachorro, tem um espaço bacana em casa e não pretende viajar, a DogHero, aplicativo que conecta tutores de pets a anfitriões, é uma ótima opção. Para se tornar um anfitrião e hospedar os cães de quem vai viajar, é preciso se cadastrar no site ou aplicativo da plataforma. Os aprovados passam por treinamento e definem o valor da hospedagem por noite, que varia, em média, entre R$ 30 e R$ 60.

Continue lendo “Aplicativos de economia colaborativa são alternativas para quem precisa lucrar mais”

Lei de responsabilidade das estatais abre nova área de negócios para empresas de TI

Desde o final de 2016, com a regulamentação da lei 13.303, mais conhecida como “Lei de Governança das Estatais”, diversas empresas públicas e mistas têm buscado apoio nas empresas privadas para adequar as suas estruturas de gestão, negócios e de tecnologia da informação às demandas da legislação. Entre essas estatais estão companhias importantes como Infraero, Eletrobras, Petrobras, Banco do Brasil, Amazul, entre outras.

Em seu primeiro “Café com TI”, a Assespro-SP (Associação das Empresas Brasileiras de Tecnologia da Informação – Regional São Paulo) levou ao debate este importante tema e sua relevância para empresas de Tecnologia da Informação interessadas em buscar oportunidades de negócio junto a esse mercado. Pela nova legislação, as empresas estatais e mistas precisam se adequar até junho de 2018 às novas políticas, procedimentos e melhores práticas de governança corporativa presentes na legislação. A aplicação integral da lei vale para todas as EPs E SEMs federais, estaduais e municipais, incluindo subsidiárias, com receita bruta superior a 90 milhões. As de arrecadação inferior possuem menos exigências legais, mas não estão desobrigadas do cumprimento da Lei.

Continue lendo “Lei de responsabilidade das estatais abre nova área de negócios para empresas de TI”

Santander lança pulseira e adesivo para pagamento por aproximação

O Santander disponibiliza, a partir desta sexta-feira (17), dois dispositivos de pagamento por aproximação para clientes que têm cartão do Banco com bandeira Mastercard. Correntistas e não correntistas poderão adquirir uma pulseira ou um adesivo com tecnologia NFC (Near Field Communication) que permitem a realização de transações de débito ou crédito sem o uso físico do plástico.

Para realizar operações nos estabelecimentos comerciais, os clientes aproximam sua pulseira ou adesivo a uma maquininha de cartão (POS) que aceite a tecnologia NFC. Se o valor da operação for inferior a R$ 50,00, o cliente não precisará digitar sua senha. Desta forma, o Santander proporciona rapidez na conclusão da operação, sem deixar de lado a segurança dos negócios.
Continue lendo “Santander lança pulseira e adesivo para pagamento por aproximação”