American Tower do Brasil lança primeiro Centro de Experiência de Internet das Coisas do país

A American Tower do Brasil apresenta no país o IoT Open Labs, o primeiro Centro de Experiência e Desenvolvimento de Internet das Coisas (IoT), em parceria com a Everynet e a BandTec Digital School. O IoT Open Labs faz parte da estratégia da companhia em ampliar a sua atuação como um dos principais players de compartilhamento de infraestrutura no setor de telecomunicações no Brasil, exploram áreas que viabilizarão o crescimento mais rápido das soluções para Internet das Coisas.

A proposta do IoT Open Labs é ser um local onde empresas parceiras, clientes, desenvolvedores e estudantes poderão experimentar, interagir, testar e entender fim a fim as aplicações para Internet das Coisas funcionando em uma rede real. Várias aplicações estarão expostas e disponíveis na área de demonstração (“showcase”). “Vemos um potencial significativo de crescimento no país e acreditamos que podemos continuar a desempenhar um papel fundamental como parceiros na implementação de infraestrutura de telecomunicações. O Brasil é uma peça chave da estratégia global da ATC e um mercado crucial na América Latina”, destaca Flavio Cardoso, diretor geral da American Tower no Brasil.

Continue lendo “American Tower do Brasil lança primeiro Centro de Experiência de Internet das Coisas do país”

Com baixa maturidade, executivos brasileiros confiam mais em seus recursos de análises de dados

Ricardo Santana: A governança de máquinas deve ser o elemento central das organizações para casar o poder e o risco.

O relatório “Guardiões da confiança” (Guardians of Trust, em inglês) apontou que poucos executivos brasileiros (15%) não confiam nos recursos de análises de dados utilizados. Os dados são mais relevantes se comparados com Estados Unidos e Reino Unido, que apresentam baixa probabilidade de confiar nos recursos de D&A, alcançando 42% e 43%, respectivamente.

“Essa variação é ocasionada pelos diferentes estágios de transformação digital de cada país. Empresas nos EUA e UK estão mais orientadas a utilizar dados em decisões estratégicas com algoritmos avançados de redes neurais. Considerando a baixa maturidade digital da maioria das empresas brasileiras, a confiança é maior nos dados”, analisa o sócio da área da análise de dados da KPMG no Brasil, Ricardo Santana.

Continue lendo “Com baixa maturidade, executivos brasileiros confiam mais em seus recursos de análises de dados”

Do mercado financeiro ao mundo das startups: empreendedores criam tecnologia que facilita a gestão de reembolsos de viagens corporativas

A rotina de quem trabalha no mercado financeiro pode ser bastante estressante e tensa. Dados da Previdência Social mostram que, no último ano, no Brasil, mais de 199 mil empregados foram afastados dos seus cargos por motivos de saúde, sendo que os atuantes no mercado financeiro lideram esse ranking.

Quando se trabalha em uma consultoria financeira, essa rotina pode se tornar ainda mais tensa. Além da preocupação com a saúde financeira dos seus clientes, esses profissionais precisam também se organizar com as visitas aos clientes, gerenciando todo o processo de reembolso de despesas como alimentação, hospedagem, entre outros gastos. Vivendo neste cenário quase que diariamente, os empreendedores Bruno Pain e Thiago Campaz, que trabalharam por mais de cinco anos como consultores financeiros no setor de Agronegócios, se uniram para criar uma solução mais tecnológica, simples e menos burocrática para otimizar o processo de reembolso de viagens corporativas.

Continue lendo “Do mercado financeiro ao mundo das startups: empreendedores criam tecnologia que facilita a gestão de reembolsos de viagens corporativas”

Wi-Fi ou cabo de rede: o que é mais rápido e seguro?

O constante avanço tecnológico faz com que as pessoas sejam cada vez mais conectadas, e uma das consequências dessa conectividade constante é percebida nas comunicações. Os usuários se acostumaram ao hábito da instantaneidade para obter informações ou se comunicar. Nesse contexto, a ESET, empresa líder em detecção proativa de ameaças, analisa os diferentes métodos de conexão à internet e mensura nível de segurança e velocidade deles.

As opções para conectar-se à Internet são principalmente duas: a primeira é sem fio através de Wi-Fi, a segunda por meio de um cabo de rede, comumente conhecido como Ethernet. Nesse contexto, a ESET analisou as duas opções para identificar suas diferenças:

Continue lendo “Wi-Fi ou cabo de rede: o que é mais rápido e seguro?”

Empresa brasileira evita quase R$ 1 bilhão de fraudes no comércio eletrônico no ano passado

Tom Canabarro, co-fundador da Konduto.

Ao longo de 2017, a Konduto, empresa brasileira que desenvolveu um sistema inovador para analisar o risco de transações online, evitou quase R$ 1 bilhão em fraudes no e-commerce brasileiro. A companhia registrou um aumento exponencial em diversos indicadores durante o ano, processando mais de 42 milhões de pedidos, o que resultou em um crescimento de 200% no faturamento anual.

Em quatro anos de operação no Brasil e em países do mercado latino-americano como México, Argentina e Colômbia, a empresa apresenta números animadores. Em apenas 12 meses, a Konduto dobrou o total de compras analisadas, saltando de 3 milhões para 6 milhões. Este aumento se deu graças à conquista de novos e importantes clientes, tanto do setor de e-commerce como empresas de meios de pagamento. Além disso, a companhia triplicou o número de funcionários, passando de 11 para 30 pessoas.

Continue lendo “Empresa brasileira evita quase R$ 1 bilhão de fraudes no comércio eletrônico no ano passado”