Transporte aéreo de cargas apresenta recuperação e cresce 4,1% em abril

A Associação Internacional de Transporte Aéreo (IATA – International Air Transport Association) divulgou os resultados dos mercados globais de carga aérea que mostram aumento na demanda, medida em quilômetros por toneladas de carga (FTKs), de 4,1% em abril de 2018, em comparação ao mesmo período do ano anterior, uma alta em relação ao índice de 1,8% da demanda anual registrada em março de 2018.

A capacidade de carga, medida em quilômetros por toneladas de carga disponíveis (AFTKs), subiu 5,1% em abril de 2018 na comparação ano a ano. Esta foi a segunda vez em 21 meses que o crescimento da capacidade superou o crescimento da demanda. Após uma queda acentuada em março de 2018, atingindo valor mínimo em 23 meses, o volume global de carga aérea teve uma leve recuperação em abril de 2018. O ritmo de crescimento da demanda, no entanto, permanece muito mais lento do que em grande parte de 2017.

Continue lendo “Transporte aéreo de cargas apresenta recuperação e cresce 4,1% em abril”

Associação Brasileira de Comércio Eletrônico se posiciona contrária à greve dos caminhoneiros que já causa aumento de custos logísticos

A Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm), entidade que representa as lojas virtuais do País, considera gravíssima a paralisação dos caminhoneiros, que já afetam milhares de consumidores que dependem do serviços de transportadoras para receber as compras de produtos realizadas pela internet. A entidade cobra a pronta normalização, com o fim imediato das paralisações.

A greve dos caminhoneiros, que teve início no último dia 21 de maio, está afetando o trânsito de diversas transportadoras. A ABComm já tomou conhecimento de diversos produtos parados em diferentes localidades do País. “Já temos relatos de diversas empresas de logística com objetos parados em diferentes locais do Brasil. Diversos atrasos na entrega de mercadorias já são registrados e há um forte aumento de custos logísticos com reprogramação dessas encomendas. Os prejuízos para o setor, para os consumidores e para o país são incalculáveis”, afirma Mauricio Salvador, presidente da ABComm.

Continue lendo “Associação Brasileira de Comércio Eletrônico se posiciona contrária à greve dos caminhoneiros que já causa aumento de custos logísticos”

Transporte aéreo de carga reduz ritmo com fim do ciclo de reabastecimento

A Associação Internacional de Transporte Aéreo (IATA – International Air Transport Association) divulgou os resultados dos mercados globais de carga aérea que mostram que a demanda, medida em quilômetros por toneladas de carga (FTKs), aumentou 1,7% em março de 2018 na comparação com o mesmo período do ano passado. Em relação a fevereiro deste ano, este resultado significa uma queda de 5,0%, o menor aumento em 22 meses.

A capacidade de carga, medida em quilômetros por toneladas de carga disponíveis (AFTKs), teve aumento menor de 4,4% versus 6,3% em fevereiro. Contudo, esta foi a primeira vez em 20 meses que o aumento na capacidade anual ficou acima da demanda. A forte desaceleração no crescimento deve-se principalmente ao fim do ciclo de reabastecimento, durante o qual as empresas aumentaram seu estoque para atender à alta demanda. O comércio global também apresenta um ritmo menor.

Continue lendo “Transporte aéreo de carga reduz ritmo com fim do ciclo de reabastecimento”

Fluxo de veículos nas rodovias pedagiadas cai 1,1% em fevereiro

O índice ABCR de atividade relativo a fevereiro de 2018 contraiu 1,1% no comparativo com o mês imediatamente anterior, conforme os dados dessazonalizados. O índice que mede o fluxo pedagiado de veículos nas estradas é construído pela Associação Brasileira de Concessionárias de Rodovias – ABCR juntamente com a Tendências Consultoria Integrada.

Ainda na comparação mensal dessazonalizada, o índice de fluxo pedagiado de veículos leves apresentou variação de magnitude igual ao volume total, de -1,1%, enquanto o de pesados registrou contração de 1,0% em relação a janeiro. “A redução no mês do índice total foi proporcionada tanto pela contração do fluxo de veículos leves quanto de pesados, após todos os indicadores terem se mantido praticamente estáveis no mês anterior”, explica Thiago Xavier, analista da Tendências Consultoria. “Por outro lado, ao examinarmos o desempenho dos indicadores considerando um horizonte temporal mais longo, todos os índices seguem apresentando gradual tendência de ganhos. Tal dinâmica pode ser observada pelo crescimento acumulado nos últimos 12 meses do índice total, cuja variação é de 2,5%, maior nível desde outubro de 2014 (quando o índice totalizava alta de 2,9%)”, explica Thiago.

Continue lendo “Fluxo de veículos nas rodovias pedagiadas cai 1,1% em fevereiro”

Reajuste nos preços para entrega e frete dos Correios afeta compradores

Apesar de os reajustes nos preços para entrega de encomendas e fretes dos Correios ocorrerem anualmente seguindo os índices de inflação, a Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm) acredita que nova tabela poderá afetar os compradores brasileiros, pois apresenta algumas incompatibilidades com tal lógica. “Acreditamos que qualquer tipo de reajuste acima da inflação, possam sim ser considerados abusivos e devem ser defendidos pelas entidades de classe e também pelos próprios clientes, uma vez que toda e qualquer medida desse tipo acaba sendo repassada para os bolsos dos consumidores”, comenta Mauricio Salvador, presidente da ABComm. A expectativa da organização para o crescimento do e-commerce nacional até então era de 15% em relação ao desempenho de 2017, que fechou com um total de 203 milhões de pedidos.

No intuito de reduzir o impacto desse aumento, a associação abriu diálogo com seus associados e representantes, para identificar alguns pontos a serem discutidos com os porta-vozes da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos. Uma vez que os grandes players do e-commerce nacional têm tabelas diferenciadas, uma das propostas é que sejam negociadas de acordo com seu volume de entregas mensais, pois pode ocorrer de alguns deles terem distorções ainda maiores no reajuste.

Continue lendo “Reajuste nos preços para entrega e frete dos Correios afeta compradores”