Setor de laticínios amarga perda de R$ 180 milhões por dia com a greve dos caminhoneiros

A Viva Lácteos (Associação Brasileira de Laticínios) alerta para a gravidade do impacto econômico para o setor de laticínios proveniente da paralisação dos caminhoneiros no Brasil, iniciada nesta semana. Diante do cenário atual, mais de 51 milhões de litros de leite por dia não estão sendo coletados no Brasil. O impacto financeiro desta paralisação já contabiliza R$ 180 milhões/dia para todo o Brasil.

Sem capacidade de armazenamento, e contando com a retirada de leite a cada 48 horas, produtores rurais e indústrias já contabilizam prejuízos. Além do leite, o desabastecimento de insumos, combustível, embalagens, dentre outros, já provoca a paralisação da produção em fábricas em todo Brasil.

Continue lendo “Setor de laticínios amarga perda de R$ 180 milhões por dia com a greve dos caminhoneiros”

Executivos que viajam para fora do país podem ser multados pela Receita Federal

Na contratação de serviços no exterior, a Receita Federal não fiscaliza somente empresas. Com o SISCOSERV – Sistema Integrado de Comércio Exterior de Serviços, Intangíveis e Outras Operações que Produzam Variações no Patrimônio – a regulamentação também se aplica à pessoa física. Qualquer aquisição de serviços no exterior que ultrapassem o valor de 30 mil dólares gasto no mês precisa ser informada. O sistema não se resume a um simples registro, trata-se de uma ferramenta de cruzamento de dados para a Receita Federal, e o não envio destas informações pode acarretar em altas multas.

De acordo com Marcia Hashimoto, diretora executiva da Infolabor Consultoria, quem gasta mais que isso, normalmente, são executivos em viagens ao exterior e, conforme determina a legislação, despesas com hospedagem, refeição e locomoção são considerados gastos pessoais e se enquadram na obrigatoriedade do SISCOSERV, devendo ser registrados no CPF da pessoa física. Porém, muitos destes executivos acreditam que, devido a empresa arcar com todos os custos, as notas e cobranças serão emitidas pelo CNPJ da companhia.

Continue lendo “Executivos que viajam para fora do país podem ser multados pela Receita Federal”

Presidente da Renault do Brasil fala em evento da ADVB de sua trajetória na montadora

Luiz Fernando Pedrucci.

Com muita motivação e desenvoltura, o atual presidente da Renault do Brasil, Luiz Fernando Pedrucci, contou sua trajetória profissional e a história da montadora, que completa 20 anos da construção da fábrica no Brasil em 2018. A palestra aconteceu em Curitiba, no Estrela ADVB, evento promovido pela Associação dos Dirigentes de Vendas e Marketing do Brasil – Seção Paraná (ADVB-PR).

Para o presidente da entidade, Eduardo Jaime Martins, a atuação da Renault no Estado gera inúmeros benefícios: “Quando você tem vontade política, visão de futuro e investimento da iniciativa privada, pode transformar uma realidade de mercado e as características de uma região. E foi isso que a Renault fez com o Paraná nesses anos de atuação. Ficamos honrados em receber o presidente da montadora”, disse Martins.

Continue lendo “Presidente da Renault do Brasil fala em evento da ADVB de sua trajetória na montadora”

Em Curitiba, Leandro Karnal diz que a crise é um momento de oportunidade

Leandro Karnal.

O professor e historiador, doutor em História Social, Leandro Karnal, esteve nesta quarta-feira (23), em Curitiba, onde proferiu a palestra “No Brasil de Hoje: o poder e as regras para criar, planejar, realizar e colher”, na qual discorreu sobre as questões estruturais, como a ética e a moral do brasileiro, levando em consideração o atual cenário político e econômico. O evento que aconteceu nas dependências do Teatro Positivo foi promovido pela Associação Comercial do Paraná (ACP) e Banco Bradesco e contou com a da presença do presidente do Bradesco, Octávio de Lazari Junior, e do economista-chefe, Fernando Honorato Barbosa.

Karnal falou da crise como sendo um momento de oportunidades: “O melhor vai sobreviver, o melhor é aquele que mais se prepara para se adaptar às necessidades, ressaltando o único segredo do sucesso é o trabalho: acorde cedo e trabalhe”. Na mesma linha, o professor assegurou que “você é sócio majoritário do projeto da sua vida. Ser sócio majoritário não significa poder controlar tudo, funcionários, fornecedores, clientes, mas a responsabilidade é muito maior do que creem os deterministas”.
Continue lendo “Em Curitiba, Leandro Karnal diz que a crise é um momento de oportunidade”

Caixa lucra R$ 3,2 bilhões no primeiro trimestre

A Caixa atingiu lucro líquido de R$ 3,2 bilhões no primeiro trimestre de 2018, avanço de 114,5% em relação ao mesmo período de 2017. O aumento do lucro foi gerado, principalmente, pelo avanço de 21,9% no resultado bruto da intermediação financeira, pelo crescimento nas receitas com prestação de serviços e pelo forte recuo nas despesas administrativas.

O resultado operacional alcançou R$ 4,4 bilhões, evolução de 132,5% em relação ao apurado no primeiro trimestre de 2017, proveniente dos esforços para aumento do relacionamento com clientes e do rigoroso controle das despesas administrativas, que geraram maior eficiência operacional.

Continue lendo “Caixa lucra R$ 3,2 bilhões no primeiro trimestre”