Nem dólar baixo segura as exportações do agronegócio

A queda do dólar em relação ao real não está tirando a força das vendas paranaenses destinadas ao exterior. No terceiro trimestre de 2007, por exemplo, as exportações do agronegócio paranaense aumentaram 27% em relação a igual peíodo de 2006, totalizando US$ 5,76 bilhões. O Paraná manteve sua posição de terceiro estado maior exportador do agronegócio brasileiro (13,4%), ficando atrás apenas de São Paulo e Rio Grande do Sul.

O agronegócio respondeu no peíodo janeiro-setembro de 2007 por 64% do total exportado, participação superior á  observada em igual peíodo de 2006 (61%).

Dasa tem receita recorde

A Dasa (Diagnósticos da América S.A) registrou crescimento de quase 30% em suas receitas brutas no terceiro trimestre do ano, que somaram R$ 254,5 milhões.

O laboratório de análises clínicas, que se transformou numa empresa de capital aberto, com ações na Bovespa, chegou ao Paraná em 1996, prestando serviços para o Hospital Vita. Em 2003, adquiriu a Curitiba Santa Casa. Posteriormente comprou o laboratório Frischmann Aisengart e Alvaro. Em São José dos Pinhais, a Dasa inaugurou recentemente o Núcleo Técnico-Operacional, que é o maior empreendimento do ênero no Sul do Brasil, com 2,5 mil m² de área construída.

Empresa paranaense está entre as maiores de TI

Mais uma vez a paranaense Sigma Dataserv Informática S/A figura entre as maiores empresas de TI do Brasil. Este ano, a empresa com sede em Curitiba, conquistou a 186ª posição no ranking das 200 Maiores Empresas do Anuário Informática Hoje 2007, a mais respeitada publicação da área.

A escolha das maiores do ano em TI envolve uma série de critérios, como a receita líquida em dólares, o crescimento real das vendas, a rentabilidade do patrimônio e até mesmo a rentabilidade por funcionário.

Reconhecimento

Estar entre as 200 Maiores Empresas do Anuário Informática Hoje 2007, significa para o presidente da Sigma Dataserv, Guy Manuel, o reconhecimento de mais de três décadas de um trabalho sério e comprometido, o que configura solidez e experiência para atender a um cliente cada vez mais exigente, até porque o universo para classificação das maiores em TI é muito grande.  

A Sigma foi a primeira empresa do Paraná que constou no anuário e também que foi eleita a melhor no seu segmento, em 1992.

Um mercado em ebulição

O mercado de Tecnologia da Informação vem atravessando por grandes desafios, ameaças e oportunidades como nunca se viu antes. Para o presidente da Sigma, Guy Manuel, as pessoas querem soluções cada vez mais simples baseadas em tecnologias mais sofisticadas.

Um bom exemplo é o interruptor de energia. Temos que criar soluções simples como apertar um botão para acender a luz e ao mesmo tempo tão sofisticadas quanto toda a rede de geração e transmissão de energia elétrica. Essa é a nossa visão”, destaca o empresário.