You are here
Home > Sem categoria > BRDE duplica financiamentos que somaram R$ 2,2 bilhões em 2009

BRDE duplica financiamentos que somaram R$ 2,2 bilhões em 2009

O Banco Regional de Desenvolvimento Econômico (BRDE), anunciou nesta segunda-feira (29) os resultados do seu balanço de 2009 quando as operações de financiamento atingiram a R$ 2,23 bilhões quase o dobro em relação ao registrado em 2008 quando os financiamentos chegaram ao montante de R$ 1,5 milhão. E o Paraná liderou este processo de crescimento: As aplicações do BRDE somente no estado foram de R$ 1,05 bilhão, quase a metade do que o banco inteiro financiou. በuma demonstração da pujança paranaense e da preocupação do empresariado e dirigentes de cooperativas com o crescimento porque nos estados do Sul as economias se equivalem”, disse o presidente do BRDE, Airton Carlos Pissetti.
 
Embora 2009 tenha sido um ano de crise econômica, o que afetou o desempenho das empresas e aumentou a insegurança, o ritmo de procura pelos financiamentos do Banco aumentou e muito. Nós imaginávamos que neste tipo de situação as empresas procurassem muito mais o financiamento de capital de giro e isso de fato ocorreu porque aumentamos de uma média de 5% dos recursos destinando a este tipo de crédito em outros anos para 18% em 2009. Mas, o surpreendente é que as empresas continuaram investindo e o maior volume financiamentos foi para investimentos como expansão e novos negócios”, informou o diretor de Planejamento do banco, José Moraes Neto.
 
A aência de Curitiba  aumentou seus financiamentos de um patamar de R$ 617 milhões em 2008 para R$ 1,05 bilhão, enquanto que o Rio Grande do Sul ficou com R$ 632 milhões e Santa Catarina com R$ 552 milhões. O número de contratos de financiamento assinados no Paraná, o que significa o movimento dos empresários e das cooperativas em busca de recursos, cresceu 112%”, conta o presidente do BRDE. E, deste volume financiado no Paraná, R$ 570 milhões foi destinando especificamente ao setor agícola, seja para as entidades do setor como as cooperativas, seja para pequenos produtores rurais”, completou o presidente.
 
Por causa deste desempenho e  embora seja uma instituição de atuação limitada aos três estados do Sul e ao Mato Grosso do Sul, o BRDE, se consolidou no primeiro lugar no ranking nacional de desembolso de financiamento dos programas agícolas do Governo Federal destinados especificamente a investimentos no ranking do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).
 
Em 2009, o BRDE financiou R$ 600 milhões em projetos agroindustriais, obtendo uma participação de 20% nos recursos destinados ao setor em todo o país, com 4.696 operações, segundo o BNDES. A instituição financeira na segunda posição ficou com 11,4% do setor com 2.080 operações.

Deixe uma resposta

Top