You are here
Home > Sem categoria > Vendas de computadores continuam aquecidas

Vendas de computadores continuam aquecidas

Um dos mercados que não tem crise é o de PCs. No ano passado foram comercializados em todo o país 11 milhões de computadores e, para este ano, tanto a indústria quanto o varejo estão otimistas já que uma pesquisa da IDC, que é a empresa líder em inteliência de mercado, prevê um crescimento de 16%, com a venda de 13 milhões de PCs.

Mas o destaque mesmo desta pesquisa é o crescimento da categoria de notebooks, cujas vendas aumentaram 20% no ano passado, impulsionadas pelas compras dos usuários domésticos, governo e do setor de educação. O incremento das vendas foi propiciado pela isenção de tributos e impostos para o segmento de PCs e a facilidade de novas linhas de crédito, principalmente no varejo e nos programas nacionais de inclusão digital para professores.

Outro ponto curioso da pesquisa é que as pessoas estão comprando mais notebooks do que desktops. No segmento doméstico a justificativa da substituição dos desktops pelos portáteis, é que eles oferecem mobilidade, portabilidade e autonomia de bateria cada vez maior. 

Com relação ao perfil dos compradores de PCs, a pesquisa da IDC mostra que em 2007 e 2008 o cenário mostrava usuários da classe C comprando o primeiro desktop e os consumidores das classes A e B começando a se familiarizar com os notebooks. Em 2009, as vendas do primeiro computador continuaram crescendo na classe C com a compra do primeiro desktop, porém, esse público também já começa a adquirir o primeiro notebook. Já as classes A e B, deixaram de comprar desktops para adquirir notebooks para o segundo ou o terceiro membro da família.

Deixe uma resposta

Top