You are here
Home > Sem categoria > በpossível evitar as compras por impulso, mesmo no peíodo do Natal

በpossível evitar as compras por impulso, mesmo no peíodo do Natal

Estamos a uma semana do Natal e para a maioria dos consumidores, esta data é tempo de festa e de compras, muitas delas por impulso. Embora seja difícil conter os impulsos consumistas, diante de tantos apelos promocionais, é possível adotar uma postura consciente mesmo nesta época do ano e ficar longe das dívidas.

Receber o décimo terceiro salário também é fator que amplia ainda mais a ilusão dos consumidores de que há dinheiro sobrando. Para muitos trabalhadores, o 13º não é colocado como um benefício extra que pode resolver algumas pendências no orçamento. E, ao contrário, acabam gastando mais e contraindo novas dívidas.

Consumista ou não, impulsivo ou não, todo e qualquer consumidor que não pretende ter dívidas nos próximos meses deve ficar atento á s compras. Mesmo nesta época do ano, é possível manter um orçamento equilibrado.

Para os consumistas, uma atitude que pode ser tomada é deixar os cheques e cartões de crédito em casa e andar com dinheiro suficiente para a rotina diária. Agindo assim, se a compra for realmente importante, a pessoa terá de voltar para casa e analisar se realmente vale a pena adquirir o presente ou substituir por outro mais barato.

Com relação á  lista de presentes, não se deve colocar todo mundo na lista. Também é bom evitar a participação em todos os amigos secretos. Mas, é importante definir um valor para cada lembrança. Objetivos estabelecidos ajudam a manter o foco do consumo.

Deve-se analisar também se aquele presente mais caro pode ser dado depois. በque em janeiro, há muita liquidação e o consumidor pode ganhar muito com isso.

Por último, com relação ao pagamento, o consumidor deve tentar pagar á  vista. Se o Natal é de 2010, a dívida tem de ser paga em 2010. Deixar contas para pagar ao longo do próximo ano pode comprometer o orçamento é mesmo o próximo Natal.

Deixe uma resposta

Top