Brasil deve ganhar 1,5 milhão de domicílios este ano

Durante este ano, o país deve ganhar mais 1,5 milhão de novos domicílios, que irão se somar á s 67,6 milhões de unidades residenciais que existiam até dezembro de 2010, de acordo com o IBOPE Inteliência. De acordo com o estudo, as regiões que apresentaram maior crescimento médio anual foram Norte (3,24%) e Centro-Oeste (2,9%). O Nordeste cresceu 2,5% e a região Sul, 2%. O Sudeste, por sua vez, cresceu 1,8%.

Embora o número total de imóveis residenciais tenha crescido 24% na última década, o número de unidades vagas permaneceu praticamente estável, pois em 2000 eram 6,03 milhões e, em 2010, 6,10 milhões, um aumento de apenas 0,11%.Isso acontece porque o número de imóveis alugados cresceu a uma taxa média anual de 5% entre 2000 e 2010 e, atualmente, representam 18% do número total de imóveis.

Outro dado do estudo que merece destaque é a taxa de crescimento do número de apartamentos, que é superior ao de casas em todas as regiões do país. Apesar disso, as casas ainda representam 89% do total de unidades habitacionais ocupadas.

O índice de verticalização no Brasil, isto é, o percentual de imóveis do tipo apartamento sobre o total de imóveis ocupados é de 11%. A região mais verticalizada é a Sudeste, com um índice de 14%. Dentre as cidades com maior índice de verticalização, Santos (SP) lidera com 63%, seguida por Balneário Camboriú (SC), com 57%, e Porto Alegre (RS), com 47%.

Em relação ao aluguel, as cidades com maior percentual de imóveis alugados estão no Mato Grosso. Lucas do Rio Verde e Nova Mutum estão no topo da lista com 45% e 42%, respectivamente.
Já as cidades que apresentam maior taxa de crescimento anual de imóveis são Luis Eduardo Magalháes (BA), com 14,6%, Rio das Ostras (RJ), com 12,7%, e Nova Ubiratá (MT), com 12,6%.

Confira as cidades com maior número de vertificalização:

Estado

Cidade

% de Apartamentos

SP

Santos

63%

SC

Balneário Camboriú

57%

RS

Porto Alegre

47%

ES

Vitória

43%

J

Niterói

42%

SC

Florianópolis

38%

SP

São Caetano

38%

RJ

Rio de Janeiro

38%

SC

São José

34%

MG

Belo Horizonte

33%

Soma

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *