You are here
Home > Sem categoria > Desembolsos do Cartão BNDES no Paraná crescem 81%

Desembolsos do Cartão BNDES no Paraná crescem 81%

O volume de recursos desembolsados no Paraná pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) através do Cartão BNDES entre janeiro e setembro de 2011 foi 81% superior ao volume desembolsado no mesmo peíodo de 2010. De acordo com levantamento divulgado pelo banco, os usuários do cartão captaram R$ 481 milhões nos primeiros nove meses de 2011 contra R$ 263 milhões no ano passado. O volume de operações com o cartão BNDES também aumentou neste peíodo passando de 21.801, em 2010, para 37.114 este ano, uma variação de 70%. Outras linhas de crédito do banco também tiveram aumentos significativos no Paraná. O número de operações do BNDES Automático aumentou 23% em relação ao ano passado, da mesma forma o Finame marcou alta de 33% no peíodo.

Segundo o consultor técnico da Federação das Indústrias do Estado do Paraná (Fiep) na área de captação e fomento, Eduardo Kossovski, estes resultados são reflexo da atuação de entidades como a Fiep, que trabalham para difundir estas ferramentas de crédito entre os empresários do Estado. Para efeito de comparação, na média nacional, o volume total de recursos desembolsados pelo BNDES entre janeiro e setembro caiu – 28% em relação a 2010. No Paraná, esta variação foi de apenas – 2%.

Dentre as ações empreendidas pela Fiep para facilitar o acesso das empresas á s linha de financiamento do banco, estão os seminários de crédito promovidos pela federação em diversas regiões do Estado. Nestas reuniões são apresentadas aos empresários as melhores opções de crédito do mercado e as formas de acessá-las. Este ano já foram realizados seminários nas cidades de Irati, Guarapuava, União da Vitória, Pato Branco, Francisco Beltrão, Dois Vizinhos, Toledo, Cascavel, Foz do Iguaçu, Nova Esperança, Astorga e Campo Mourão. Nas próximas semanas serão realizados seminários em Curitiba, Ponta Grossa e São José Pinhais.

Quando avaliado o porte das empresas beneficiadas, nota-se alta nos desembolsos para as micro e pequenas empresas do Paraná de 12%. Ao longo dos três primeiros trimestres de 2011 setor industrial captou R$ 1,8 bilhão junto ao BNDES, ficando atrás somente do setor de infraestrutura, que captou no peíodo R$ 2,8 bilhões.

Deixe uma resposta

Top