You are here
Home > Sem categoria > Coopercentral Aurora fatura R$ 3,8 bilhões em 2011

Coopercentral Aurora fatura R$ 3,8 bilhões em 2011

Forte presença no mercado interno (onde obtém 84,5% de suas receitas) e um incremento de 24% na receita operacional bruta (que atingiu 3,8 bilhões de reais) são os destaques do desempenho da Coopercentral – Aurora Alimentos –  em 2011, cujos resultados foram apresentados á  imprensa nesta terça-feira (31). O resultado líquido positivo (sobras, no jargão do cooperativismo) foi de R$ 138,9 milhões, ou 3,95% da receita líquida.

Ao  expor  esses resultados, o presidente Mário Lanznaster (foto) , Neivor Canton (vice-presidente) e Marcos Antônio Zordan (diretor de agropecuária) enfatizaram que para atingir esses números foram implementadas ações, como a reestruturação de áreas de atuação do mercado e o fortalecimento de políticas comerciais.

Convergiram para esses esforços o rigoroso controle do planejamento comercial, alinhado ao processo de atendimento logístico operacional eficaz e uma produção de qualidade, referenciada em 76 lançamentos e no mix com mais de 800 produtos alimentícios. Entre os lançamentos de 2011, batatas fritas congeladas, pratos prontos, empanados de frango, hambúrguer, cortes salgados suínos, cortes de frango, peito de Blesser recheado (frango), leites UHT, leite em pó, queijos, bebidas lácteas e requeijão. O presidente enfatizou que o mercado interno teve importá¢ncia fundamental na composição dos resultados da Coopercentral Aurora, sustentado pela maior oferta de crédito, maior taxa de emprego e melhor distribuição de renda.

As vendas no mercado interno contribuíram com 84,59% da receita total e atingiram 3 bilhões 290 milhões de reais, com uma evolução de 22,8% em relação ao ano anterior.  As vendas de carnes suínas representaram 1 bilhão 919 milhões de reais; de carnes de aves 743 milhões; de lácteos 414 milhões; de rações suínas 54,5 milhões; de massas 30,7 milhões e de reprodutores 11,8 milhões de reais; além de outros produtos, como rações de aves, pintos, ovos, matrizes e derivados vegetais etc.

As vendas no mercado externo corresponderam a 15,41% da receita global e totalizaram 599,4 milhões de reais, registrando expansão de 30,5%. O volume de produtos vendidos no exterior cresceu 18,3% para 122.389 toneladas. As vendas de carnes suínas ao exterior representaram 221 milhões de reais (42.408 toneladas) e, de carne de aves, 377,8 milhões de reais (79.889 toneladas).

Deixe um comentário

Top