You are here
Home > Sem categoria > Preço da energia elétrica tem queda acentuada em janeiro

Preço da energia elétrica tem queda acentuada em janeiro

No mês de janeiro, o preço da energia elétrica convencional para entrega a curto prazo no mercado brasileiro teve forte queda de 35,20%. No peíodo, o preço mais alto registrado foi de R$ 68,23 MWh, em 03 de janeiro, enquanto que o mais baixo foi de R$ 39,66 MWh, no dia 12 de janeiro.  Em contrapartida, o ándice Brix fechou o mês de janeiro a R$ 20,03 MWh com desvalorização de 9,57%  em relação á  cotação de 31 de dezembro. O patamar máximo do índice no mês foi de R$ 23,76 MWh, no dia 03 de janeiro, e o mínimo de R$ 16,51 MWh, em 10 de janeiro. O PLD médio mensal publicado pela Cá¢mara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE) para o submercado SE/CO, que em dezembro foi de R$ 44,47 MWh, recuou para R$ 23,14 MWh até ó dia 31 de janeiro.

Segundo explicação do CEO da Brix, Marcelo Mello, em janeiro, houve um grande volume de chuvas nas principais bacias do Sudeste, quantidade bem acima do esperado, e isso influenciou fortemente no preço da energia. Neste cenário, o ándice Brix representou quase 50% do preço total da energia. Isso demonstra o quanto o índice é um componente importante na formação do preço da energia e como ele pode ser determinante na estratégia de compra ou venda de energia no mercado livre”, destaca o executivo.

O preço de energia elétrica convencional spot se tornou transparente por conta da publicação do índice Brix, que captura diariamente o valor do prêmio praticado nas negociações entre os agentes do Ambiente de Contratação Livre (ACL) no submercado Sudeste (SE)/Centro-Oeste (CO).

O preço da energia elétrica de curto prazo é determinado pelo somatório dos valores do prêmio praticado no mercado, evidenciado pelo ándice Brix, e do Preço de Liquidação das Diferenças (PLD), divulgado semanalmente pela CCEE.

Deixe uma resposta

Top