You are here
Home > Sem categoria > Vendas do comércio caem pelo segundo mês consecutivo

Vendas do comércio caem pelo segundo mês consecutivo

O movimento dos consumidores nas lojas em todo o país recuou caiu 0,3% no segundo mês do ano, já descontadas as influências sazonais. Foi o segundo recuo mensal deste indicador dado que a queda em janeiro/12 havia sido de 2,0%, segundo o Indicador Serasa Experian de Atividade do Comércio divulgado nesta sexta-feira (2). Na comparação com o mesmo mês do ano passado, houve crescimento de 5,1% do movimento do varejo em fevereiro deste ano. Contudo, esta foi a menor taxa de crescimento anual desde agosto de 2009. Já no acumulado do primeiro bimestre do ano, a atividade do comércio acumula alta de 5,8% em relação aos primeiros dois meses de 2011.

Segundo os economistas da Serasa Experian, o fraco desempenho do varejo neste início de ano é um sinal de que, devido á  alta da inadimplência verificada ao longo de todo o ano de 2011, os consumidores estão aproveitando seus ganhos de renda (recebimento do 13º salário, aumento do salário-mínimo, dissídios etc.) para quitar suas dívidas em atraso em vez de ampliar seus níveis de consumo.

Dos seis segmentos do varejo pesquisados pela Serasa Experian, quatro acusaram recuo em seu movimento no mês de fevereiro. A maior queda ficou por conta do segmento de combustíveis e lubrificantes, com variação de -4,1% em relação ao mês imediatamente anterior. Em seguida o segmento de veículos, motos e peças também recuou 1,6% em fevereiro de 2012. Na direção contrária houve alta de 1,7% no segmento de supermercados, hipermercados, alimentos e bebidas, recuperando-se do declínio de 0,3% exibido em janeiro, e pelo segmento de tecidos, vestuário, calçados e acessórios (alta de 1,6%), promovendo liquidações de época para a renovação da coleção.

Deixe um comentário

Top