Cai a quantidade de empresários brasileiros que planejam elevar os preços este ano

Novos resultados da pesquisa International Business Report (IBR) 2012 da Grant Thornton International mostram que 28% dos empresários brasileiros esperam elevar os preços nos próximos 12 meses, 16 pontos percentuais menos que o registrado no último trimestre. Ainda sim, o percentual está um pouco acima da média global de 22%. A pesquisa é feita com 11.500 empresas privadas em 40 economias. Países como Argentina (76%), Bósnia (68%), Peru (60%), áfrica do Sul (58%), Rússia (53%) e ándia (51%) são os que mais esperam aumento de preços. Na contramão, estão Japão (-39%), Suíça (-18%), Grécia (-16%) e Singapura (-14%).

Com a crise em Europa ainda sem saída próxima e o impacto nos mercados internacionais, a manutenção dos níveis de consumo tiveram um impacto no humor dos empresários que preferem ter uma atitude mais conservadora nos seus planejamentos de negócios sem praticar aumentos nesse momento.” diz Javier Martinez, responsável pelo IBR na América Latina.

No Brasil, além disso, 72% dos empresários esperam aumentar a receita nos próximos 12 meses, 56% acreditam na melhora da lucratividade e 58% apostam em mais investimento em novas instalações. Regionalmente, os países dos BRICs (Brasil, Rússia, ándia e China) e Nórdicos são os que mais pretendem elevar os preços (ambos com 37%), seguidos pela América Latina (34%).

Soma

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *