Brasil gasta US$ 252 milhões com a importação de sapatos de janeiro a junho

De janeiro a junho deste ano, o Brasil comprou 7,4 milhões de pares de cabedais (parte superior do calçado), gerando um incremento de 35% sobre o mesmo peíodo do ano passado. O pagamento por esta mercadoria registrou elevação de 110%, com os importadores pagando US$ 34 milhões. Já a entrada de calçados prontos apresentou incremento apenas 1% sobre o volume e de 16% sobre o pagamento. De janeiro a junho deste ano, o Brasil comprou 19,3 milhões de pares de cabedais, representando US$ 252 milhões.

De janeiro a junho deste ano, o pagamento pelas importações de calçados prontos apresentou elevação de 16% em comparação com o mesmo peíodo do ano passado. O Brasil despendeu pelas importações US$ 252 milhões ao comprar 19,3 milhões de pares de calçados.

O Vietná ficou em primeiro lugar entre os fornecedores, com US$ 132,7 milhões, mas ficou em segundo no volume físico, com 7 milhões de pares. No peíodo, os vietnamitas tiveram uma participação de 53% sobre o total pago pelo Brasil pelas importações e de 36% sobre o volume.

No volume físico, a China ficou com a maior participação, com 39%, ao enviar 7,5 milhões de pares, pelos quais recebeu US$ 35,3 milhões. Os chineses tiveram um acréscimo de 11% sobre o volume exportado em comparação com janeiro a maio de 2011, mas apresentaram queda de 8% sobre o pagamento.
A Indonésia ficou em segundo lugar no recebimento de divisas e em terceiro no volume de pares enviados ao Brasil. Aquele país recebeu US$ 54,5 milhões pelo embarque de 2,7 milhões de pares.

Soma

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *