You are here
Home > Sem categoria > Setor de energia prevê megawatt por hora custando R$ 150 até o final do mês

Setor de energia prevê megawatt por hora custando R$ 150 até o final do mês

A baixa quantidade de água registrada no primeiro semestre de 2012, nos principais reservatórios, tem provocado reações no setor energético no Brasil. De acordo com a Safira Energia, uma das principais comercializadoras e gestora de energia elétrica no país, entre janeiro e julho deste ano, foram armazenados 2885 milímetros de chuvas, contra 3450 do mesmo peíodo em 2011. Isso fez com que o preço do megawatt por hora contratado subisse consideravelmente e ultrapasse a marca de R$ 150, valor que deverá se manter até o final de agosto.

A alta já vinha sendo detectada pelo mercado nos últimos meses, de acordo com análise feita pelo o diretor da comercializadora, Mikio Kawai Jr. Durante as quatro semanas do mês de julho, o PLD (Preço de Liquidação de Diferença) registrou média de R$ 91,24, marcando uma oscilação de 172% se comparado a outros ativos, como o índice Ibovespa, que no mesmo peíodo variou 23%. Em comparação ao ano passado, o preço da energia oscilou150%nos seis primeiros meses, contra 300% em 2012.

“A tendência é que a volatilidade permaneça alta, principalmente, porque o segundo semestre é um peíodo predominantemente seco e os preços só devem voltar a cair próximo ao final de novembro, quando aumenta o índice de chuvas”, explica Mikio Kawai Jr.

Deixe uma resposta

Top